Chamada de artigos: Futebol e política no mundo lusófono

Data início: 27/05/7600Data de encerramento: 31/12/1969Local: FuLiA / UFMG: revista sobre Futebol, Linguagem, Artes e outros Esportes

FULIA MINEIRAO grena Wagner Silva 13062011

CHAMADA v. 2, n. 2: submissão até 31 de janeiro de 2018

Futebol e política no mundo lusófono

Organizadores: Elcio Cornelsen (Faculdade de Letras – UFMG, Brasil); Marcel Vejmelka (Faculdade de Tradução, Linguística e Estudos Culturais – Universidade de Mainz, Alemanha)

Futebol e política estão associados de maneira estreita e profunda desde o surgimento dessa modalidade esportiva, hoje mundialmente popular. Ao enfocar o mundo lusófono marcado por intenso entusiasmo pelo futebol, surgem idéias muito interessantes sobre as linhas de desenvolvimento histórico de suas nações, sociedades e culturas. No universo atual do futebol, também se refletem crises sociais e políticas, bem como cisões do presente.

O futebol sempre foi e ainda é uma questão política num sentido positivo e negativo; a profissionalização do esporte nas primeiras décadas do século XX fez com que certas barreiras de classe e de “raça” se rompessem; regimes autoritários, com grande frequência, não medem esforços em instrumentalizar e ideologizar esse esporte preferido das massas, seja como “ópio do povo”, seja em forma de seleções nacionais carregadas de sentido ufanista. Ao mesmo tempo, o futebol sempre foi um instrumento de protesto e de resistência política, e até mesmo objeto de reflexão político-filosófica sobre o chamado “futebol de direita e de esquerda”.

Tomada em sentido mais amplo, a política também permeia o futebol e suas culturas, e pode ser investigada com base em discussões históricas e atuais. Exemplos disso seriam certos aspectos como a “política” de transferência de clubes no futebol globalizado, a transformação de “heróis” tradicionais em “ídolos” globais, bem como o conflito entre torcedores tradicionais e a crescente comercialização do jogo.

Serão bem-vindas contribuições que reflitam sobre a relação entre o futebol e a política no mundo lusófono a partir de uma perspectiva específica, bem como inter ou transdisciplinar. Além do diálogo entre abordagens culturalistas, linguísticas e sociais, através da totalidade das contribuições, o dossiê “Futebol e Política no mundo lusófono” tem por meta também possibilitar um olhar comparativo para o futebol em suas diversas dimensões nacionais e regionais da Lusofonia.

Veja também:
    • 23 de maio de 2024

      Palestra com Aira Bonfim – Futebol feminino no Brasil

      • 23 de maio de 2024

        164ª Reunião do Memofut

        • 20 de maio de 2024

          RIFA DE LIVROS de futebol para ajudar o Rio Grande do Sul