134.42

Após vexame barcelonista, a UCL tem semifinais entre franceses e alemães

Equipe Ludopédio 18 de agosto de 2020

Depois de uma longa e necessária paralisação, a UEFA Champions League voltou a ser disputada neste mês de agosto. Após a conclusão das oitavas-de-final (07 e 08 de agosto), a mais estrelada competição de clubes do mundo trouxe momentos traumáticos e surpreendentes para a história do futebol europeu.

Bayern de Munique x Barcelona, Lyon x Manchester City, RB Leipzig x Atlético de Madrid e PSG x Atalanta se enfrentaram em partida única na capital portuguesa, Lisboa. Lamentavelmente, nenhum torcedor pode assistir nas arquibancadas os confrontos históricos que decidiram as vagas para as semis da Champions.

Més que una derrota & Mais um gol da Alemanha

Para o torcedor do Barcelona, o ano de 2020, já marcado na história por uma pandemia, também será lembrado por uma tragédia desportiva. Com os fortes rumores de uma possível saída de Lionel Messi para a Internazionale, a humilhante derrota do Barça por 8 a 2 pode ter sido sua última vez na Champions vestindo a camisa 10 do Barcelona.

O time da Baviera que despertou a lembrança do 7 a 1 da Copa de 2014 e mobilizou a infinita indústria de memes nas redes sociais. Apesar de a vitória do Bayern confirmar os prognósticos dos analistas, ninguém esperava uma goleada desse calibre. Para além do sofrimento barcelonista e deleite dos demais torcedores, o que o Bayern de Munique indiscutivelmente trouxe para a UCL é a sua candidatura como favorito e a reafirmação da solidez do futebol alemão. Afinal, os bávaros enfrentarão na semifinal outro alemão, RB Leipzig, que também derrotou um adversário espanhol, o Atlético de Madrid.

Organização, Talento e o Imponderável levam os franceses à semifinal histórica

Foto: Reprodução

As semifinais da UEFA Champions League não terão times italianos, espanhóis ou ingleses desde a edição de 1991. Em parte, isso é resultado das performances surpreendentes de Paris Saint-German e Olympique Lyonnais. A classificação do time de Neymar e Mpappé contra o Atalanta por 2 a 1 não pode ser considerada uma zebra. No entanto, o fraco desempenho do time e a virada que só saiu aos 90’ e 93’ revelou a instabilidade da equipe parisiense que depende e muito da individualidade dos seus craques.

O tão esperado encontro dos ‘novos ricos’ do futebol europeu PSG e Manchester City vai ficar para uma próxima vez. O Lyon surpreendeu e venceu o time de Pep Guardiola por 3 a 1. O treinador Rudi Garcia, campeão francês pelo Lille em 2011, mostrou como organizar um time de forma que ele pudesse neutralizar o estilo dominante de jogo do time inglês.

O City pareceu o de sempre. 71% de posse de bola, 673 passes trocados (quase o triplo do Lyon) e apenas 7 finalizações a gol (apenas uma a mais que o Lyon). Compactado e explorando bolas longas, o time francês teve a paciência e a eficiência necessária para confirmar sua vitória. Seria este mais um episódio de disputa entre o futebol bonito e o futebol pragmático? Muitas análises foram feitas, mas é certo que este gol perdido do Sterling será lembrado por muito tempo…

Foto: Reprodução

A chegada de Juninho Pernambucano ao comando do futebol do Lyon tem sido apontada como um divisor de águas na temporada da equipe. Mas é inegável que um possível enfrentamento entre franceses rivais na semifinal da UCL possa entrar nessa equação como elemento motivador.

Pentacampeão favorito e os famintos em busca da taça inédita

Além do massacre de Lisboa sobre o time de Lionel Messi, o Bayern de Munique traz para a disputa da semifinal o histórico de 10 decisões disputadas (com 50% de aproveitamento), o que o torna o terceiro time com mais participações em finais na Champions.

O retrospecto não entra em campo, mas a história mostra que o Bayern “não pipoca” nessa fase da competição, como diz a gíria do futebol. A expectativa entre os germânicos por uma possível final alemão dividem os torcedores. RB Leipzig tem sido um dos times mais odiados pelos torcedores rivais por não representar as tradições do futebol local. Se caso for, o Bayern poderá enfrentar um adversário bem conhecido. Em 10 partidas pela Bundes Liga, o Bayern acumula 5 vitórias, 4 empates e somente uma derrota para o time da marca de energéticos. A partida do dia 19/08 contra o Lyon definirá o último finalista.

Na outra chave, a expectativa por uma final francesa parece agradar mais os torcedores do Lyon e PSG. Apontar um favorito talvez seja a aposta mais arriscada. Na prancheta, ao ver os times escalados para a partida desta terça, 18/08, os parisienses são certamente superiores ao Leipzig. Diferente do City que apresenta uma regularidade maior no jeito de jogar, o PSG continua oscilando. Como conjunto, o Leipzig parece mais sólido, enquanto o PSG tem o talento de Neymar e cia. Resta saber se Lyon poderá surpreender o grande favorito Bayern. O xadrez desta partida ainda guarda incertezas, especialmente por trazer ingredientes da rivalidade nacional em campo.

Recado Importante

Embora você já saiba que o Ludopédio sempre se manifestou de forma contrária ao retorno do futebol, é preciso estabelecer uma diferença importante entre a realidade europeia e a brasileira. Por respeitar as orientações da Organização Mundial de Saúde, os países, as federações e os clubes europeus puderam se reestruturar para a realização destas partidas em segurança. Enquanto a Europa se prepara para uma transição segura para a flexibilização do isolamento social, o Brasil alcança novos recordes trágicos.


Seja um dos 25 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA

Equipe Ludopédio

Nosso objetivo é criar uma rede de informações, de pesquisadores e de interessados no tema futebol. A ideia de constituir esse espaço surgiu da necessidade e ausência de um centro para reunir informações, textos e pesquisas sobre futebol!

Como citar

LUDOPéDIO, Equipe. Após vexame barcelonista, a UCL tem semifinais entre franceses e alemães. Ludopédio, São Paulo, v. 134, n. 42, 2020.
Leia também: