.

Jorge Jesus: que é feito de você?

Equipe Ludopédio 25 de setembro de 2020

O treinador campeão em título do Brasileirão e da Libertadores desapareceu totalmente da mídia nacional. Nova época, novo cenário. Para os torcedores rubro-negros não vale a pena chorar pelo passado. Mas para os mais interessados pelo futebol internacional, certamente que vale a pena dar uma olhada sobre o que o novo mito do Flamengo está fazendo nesse seu regresso a casa.

Muita expectativa

O presidente das Águias, Luís Filipe Vieira, apostou tudo no regresso de Jesus. O Benfica terá eleições em breve e Vieira aposta em seu técnico de sucesso para se manter no cargo. Muitos torcedores não perdoam a traição de Jesus, que trocou o Benfica pelo rival Sporting em 2015. Mas até o momento a torcida está na expectativa. A forma como os encarnados terminaram a última temporada esportiva deixou sabor amargo. Com o regresso de Jesus, as bancas de apostas em futebol online voltaram a dar boas probabilidades de vitórias ao time da capital portuguesa.

Liga dos Campeões: o carro abandonou antes mesmo da largada

É célebre, em Portugal, a comparação que Jesus fez do Benfica com uma Ferrari. Foi uma comparação feita mais que uma vez, incluindo depois de sair do clube para treinar o Sporting. Em uma ocasião, o técnico alfinetou seu rival e sucessor no comando das Águias, Rui Vitória, dizendo que “quando conduzes um Ferrari tens de ter andamento para ele”. Jesus pretendia afirmar, desse jeito, que não basta ter uma grande equipe, mas é preciso também saber como tirar partido dela.

Um dos objetivos declarados do regresso de Jorge Jesus a Portugal e ao Benfica era a recuperação do prestígio europeu do time. Duas vezes vencedor da Copa dos Clubes Campões Europeus na década de 60 (competição antecessora da atual “Champions”), o Benfica participa regularmente da competição mas tem dificuldade em ir além da fase de grupos.

Acontece que sua estreia na Champions foi a pior possível. Comparando com uma Ferrari, fez lembrar o Grande Prêmio da França de 1996, quando Michael Schumacher, em sua primeira temporada na equipe italiana, desistiu na volta de aquecimento com falha mecânica. O Benfica precisava passar um play-off contra o PAOK de Salônica (Grécia) antes de acessar a fase de grupos e a competição propriamente dita. Mas perdeu por 2-1. Com a importância que tem a Champions no planeamento financeiro dos times europeus, toda a época ficou comprometida.

Jorge Jesus. Foto: Alexandre Vidal / Flamengo / Fotos Públicas

A resposta de Jesus no Português

Jesus não perdeu tempo e deu a melhor resposta logo no jogo seguinte, na abertura do Português. O Benfica venceu o time do Famalicão por 5-1. Em destaque estiveram duas novas contratações: o alemão Luca Waldschmidt e o uruguaio Darwin Nuñez. Imediatamente as críticas acalmaram, com a torcida mais segura pelo fato de começar bem seu campeonato.

Mas todo o mundo sabe que o Português tem vindo a perder competitividade à nível europeu. O coeficiente de clubes da UEFA mostra o Português no 6.º lugar, o que é muitíssimo respeitável; é o melhor campeonato fora do chamado “Top Cinco”. Mas as equipes portuguesas vêm conseguindo cada vez menos resultados nas competições europeias. O mesmo pode ser dito de Rússia, Bélgica ou Ucrânia, as ligas que vêm logo em seguida. Mas a realidade é que vai ser muito difícil para Jesus alcançar o sucesso na Champions com o Benfica. Esse ano já é mesmo impossível.

Os flamenguistas não deverão contar com o regresso do técnico, mas o certo é que sua saída destruiu uma super-aliança, até agora sem grande benefício para nenhuma das partes.


Seja um dos 10 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA

Equipe Ludopédio

Nosso objetivo é criar uma rede de informações, de pesquisadores e de interessados no tema futebol. A ideia de constituir esse espaço surgiu da necessidade e ausência de um centro para reunir informações, textos e pesquisas sobre futebol!

Como citar

LUDOPéDIO, Equipe. Jorge Jesus: que é feito de você?. Ludopédio, São Paulo, , 2020.
Leia também: