166.23

“Qual era o clube do regime?” – React de Historiador do Futebol Espanhol ao vídeo do Real Madrid

Equipe Ludopédio 22 de abril de 2023

Desde fevereiro de 2023, o FC Barcelona está envolvido em denúncias de que o clube teria contratado os serviços do ex-árbitro de futebol e ex-vice-presidente do comitê de arbitragem da Espanha (o Comité Técnico de Árbitros – CTA), José María Enriquez Negreira. O clube teria desembolsado mais de 7 milhões de euros, durante 2001 a 2018. As investigações apuram, entre outras coisas, se o clube catalão teria sido beneficiado pela arbitragem. O caso foi levado à Agencia Tributaria de España (equivalente ao ministério público aqui do Brasil), e diante da repercussão do caso, o Real Madrid entrou como parte interessada no processo.

Na última segunda-feira, dia 17 de abril, o presidente Joan Laporta rebateu as denúncias envolvendo o FC Barcelona, em uma coletiva de imprensa fazendo críticas ao Real Madrid por ter entrado como parte interessada no processo. Ao final da coletiva, o presidente do clube catalão afirmou que o Real Madrid foi “Um clube que todos sabemos que foi historicamente favorecido pela arbitragem e ainda é. Um clube que foi considerado o clube do regime [franquista].”.

Diante da acusação de Laporta, o Real Madrid produziu um vídeo-resposta, cheio de revisionismo histórico, para tentar ligar o passado do FC Barcelona com a ditadura de Francisco Franco. Por sorte, o Ludopédio conta com um especialista na história do futebol espanhol, o historiador Victor L. Figols, que destrinchou o vídeo do Real Madrid, explicando cada ponto.

Confira o vídeo abaixo:

Veja também
COPA, Copa Além da. “O presidente do Real Madrid morto pelo franquismo: Antonio Ortega Gutierrez”. Ludopédio, São Paulo, v. 157, n. 11, 2022.
Barça y Real Madrid en el franquismo, ¿quién fue el equipo del régimen?
Barcelona ou Real Madrid: qual foi o ‘time da ditadura’?
El FC Barcelona condecoró tres veces a Franco
Real Madrid o Barcelona, ¿cuál fue el equipo del régimen? 

Bibliografia sobre a História do Futebol Espanhol
BARNILS, Ramon. et al. Història crítica del Futbol Club Barcelona (1899-1999). Barcelona: Editorial Empúries, 1999.

CALLEJA, Eduardo González. “El Real Madrid, ¿’Equipo del Régimen’? Fútbol y política durante el Franquismo“. Esporte e Sociedade. Niterói, n. 14, 2010.

DUCH, Jordi Salvador. Futbol, metàfora d’una guerra freda: Un estudi antropològic del Barça. 2004. 406 f. Tese (Doutorado em Antropologia) – Departament d’Antropologia, Filosofia i Treball social/Universitat Rovira i Virgili, Tarragona, 2004.

FIGOLS, Victor de Leonardo. “Barça, més que un club – dimensões sociopolíticas do futebol clube Barcelona”. Revista Tempo Brasileiro, jan-mar. – nº184 -2011- Rio de Janeiro, Tempo Brasileiro, ed. p.363-372.

FIGOLS, Victor de Leonardo. “O estádio como espaço de afirmação do nacionalismo catalão”. Projeto História (PUCSP), v. 49, p. 1-32, 2014.

FIGOLS, Victor de Leonardo. As transformações do campo esportivo espanhol: A globalização do futebol e o FC Barcelona entre 1975-2000. 2022. 217 f. Tese (Doutorado em História) – Setor de Ciências Humanas, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2022.

FIGOLS, Victor de Leonardo. Barça, més que un club: o FC Barcelona durante o Franquismo (1968-1969). 2013. 63 f. Monografia (Bacharelado/Licenciatura em História) – Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Paulo, Guarulhos, 2013.

FIGOLS, Victor de Leonardo. FC Barcelona: entre o global e o regional (1988-1999). 2016. 135 f. Dissertação (Mestrado em História) – Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Paulo, Guarulhos, 2016.

GÓMEZ, Daniel. La Patria del Gol – Fútbol y Política en el Estado Español. Irun: Editorial Alberdania-Astiro, 2007.

LUQUE, Xavier G. & FINISTRES, Jordi. El Barça Segrestat – set anys intervingut pel franquisme (1939-1946). Barcelona: Ara Llibres, 2014.

LLOPIS-GOIG, Ramón. Spanish Football and Social Change. Basingstoke: Palgrave Macmillan, 2015.
MANDIS, Steven G. The Real Madrid way: How values created the most successful team on the planet. BenBella Books, Inc.: Dalas, 2016.

QUIROGA, Alejandro. Football and National Identities in Spain: The Strange Death of Don Quixote. Global Culture and Sport Series, Palgrave Macmillan: Londres, 2013.

QUIROGA, Alejandro. Goles y banderas – Fútbol e identidades nacionales en España. Madrid: Marcial Pons Historia, 20014.

RIQUER, Borja de. Historia de España: La Dictadura de Franco. Barcelona: Crítica-Marcial Pons, 2010. Vol.9.

RUIZ, Antonio José. Fútbol. Pan y circo: la metáfora patriótico-deportiva de España. Madrid: Editorial Fragua, 2010

SANTACANA, Carles (dir.). Barça, 110 anys fent história. Barcelona: Angle Editorial, 2010.

SANTACANA, Carles. El Barça y el Franquismo – Crónica de unos años decisivos Cataluña (1968-1978). Ediciones Apóstrofe, 2006.

SEGUROLA, Santiago (ed.). Fútbol y pasiones políticas. Barcelona: Debate, 1999.

SHAW, Duncan. Futebol y Franquismo. Madrid: Alianza Editorial, 1987.

SHOBE, Hunter. “Place, identity and football: Catalonia, Catalanisme and Football Club Barcelona, 1899-1975”. National Identities, Vol. 10, No. 3, September 2008.

SOLÉ I SABATÉ, Josep M. & FINISTRES, Jordi. El Barça en guerra (1936-1939). Barcelona: Angle Editora, 2006.

VILLALOBOS SALAS, Cristóbal. Fútbol y Fascismo. Madrid: Altamarea Ediciones, 2021.

VIÑAS, Carles. “Spain”. In: DE WAELE, Jean-Michel; GIBRIL, Suzan; GLORIOZOVA, Ekaterina; SPAAIJ, Ramón (Eds.). The Palgrave International Handbook of Football and Politics. Palgrave Macmillan, 2018, p. 127-137.

Seja um dos 14 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA

Equipe Ludopédio

Nosso objetivo é criar uma rede de informações, de pesquisadores e de interessados no tema futebol. A ideia de constituir esse espaço surgiu da necessidade e ausência de um centro para reunir informações, textos e pesquisas sobre futebol!

Como citar

LUDOPéDIO, Equipe. “Qual era o clube do regime?” – React de Historiador do Futebol Espanhol ao vídeo do Real Madrid. Ludopédio, São Paulo, v. 166, n. 23, 2023.
Leia também:
  • 180.13

    Europa “profunda”: hooligans, ultras, fascistas e antifascistas diante da Eurocopa

    Fabio Perina
  • 180.11

    Notas futebolísticas do golpe (ou Quando a ditadura paralisou um Rio-São Paulo)

    Victor de Leonardo Figols
  • 180.8

    Si midiéramos la eficiencia en la Liga, el campeón hubiera sido el Girona, con Madrid y Barça a la zaga

    Julio del Corral Cuervo