Biblioteca

Seja um dos 22 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Tese

A bola no “pé do morro”

O futebol como campo de possibilidades de lazer no Morro do Papagaio em Belo Horizonte – MG
Ano

2021

Faculdade/Universidade

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Universidade Federal de Minas Gerais

Tema

Tese

Área de concentração

Doutorado em Lazer

Páginas

202

Arquivos

Resumo

Essa pesquisa teve como objetivo central analisar a presença do futebol na comunidade do Morro do Papagaio, em Belo Horizonte, bem como assimilar de quais formas essa prática se manifesta como uma alternativa de atividade de lazer e sociabilidade para moradores do aglomerado e frequentadores do Parque Jornalista Eduardo Couri. Como objetivos auxiliares o estudo buscou compreender o futebol comunitário como elemento catalisador de outras atividades e vivências de lazer no parque, entender a organização de jogos e torneios e sua relação com a comunidade, analisar o funcionamento dos clubes de futebol amador presentes no aglomerado e identificar os usos que são feitos no parque de modo geral. Para tanto, o trabalho lançou mão de métodos afeitos às pesquisas etnográficas, como a observação participante e os subsequentes registros no caderno de campo (MAGNANI, 1997), entrevistas, registros de imagens e de diálogos com os moradores da comunidade. Os dados obtidos foram organizados previamente para posterior análise. A interpretação das informações se deu à luz da proposta de descrição densa (GEERTZ, 1989). Para isso, as pistas para essa interpretação, dadas pelos “nativos” foram seguidas e utilizadas para a análise. No momento da análise dos dados foram elencadas categorias de organização e interpretação do material, sendo: a relação comunidade/futebol, sociabilidade e lazer no parque, pertencimento comunitário/clubístico e usos e apropriações que são feitos no Parque Jornalista Eduardo Couri. Os principais resultados que a pesquisa atingiu, revelam como a comunidade do Morro do Papagaio se organiza e de certa forma garante que o lazer seja vivenciado pelas pessoas do local. Para isso, o futebol comunitário se mostrou um importante aliado. A existência e a organização de equipes de futebol na comunidade, os torneios e festivais que acontecem no parque são largamente utilizados pela população como uma forma de acessar momentos de lazer e fruição. A relação entre a comunidade e o futebol comunitário se mostrou bastante intensa, no caso da equipe do Prointer fica ainda mais perceptível essa questão, e fez com que o clube fosse entendido como uma expressão de pertencimento à comunidade, um pertencimento comunitário. Além disso, a investigação permitiu, a partir da realidade encontrada no Prointer, fazer uma reflexão mais ampla acerca do futebol de mulheres no Brasil. Em relação aos usos do parque que são feitos, para além dos campos de futebol, a pesquisa mostrou que existe uma espécie de barreira social entre os diferentes grupos que usam o equipamento público. Essa diferenciação na apropriação, se refere tanto aos locais que eles acessam, quanto às atividades escolhidas por esses grupos, para o lazer dentro do parque. Acerca do papel do poder público no fomento do lazer para a população, entendo que há uma falta de sensibilidade e competência por parte deste ente administrativo, em compreender as demandas da comunidade e assim propôr políticas públicas que contemplem essas expectativas.

Palavras-chave: Futebol. Futebol comunitário. Lazer. Equipamento urbano.

Resumen

El objetivo principal de esta investigación fue analizar la presencia del fútbol en la comunidad de Morro do Papagaio, en Belo Horizonte, así como asimilar las formas en que esta práctica se manifiesta como una actividad alternativa de ocio y sociabilidad para los vecinos del aglomerado y visitantes del Parque Jornalista Eduardo Couri. Como objetivos auxiliares, el estudio buscó entender el fútbol comunitario como catalizador de otras actividades y experiencias de ocio en el parque, comprender la organización de juegos y torneos y su relación con la comunidad, analizar el funcionamiento de los clubes de fútbol amateur presentes y identificar los usos que se hacen en el parque en general. Para ello, el trabajo hizo uso de métodos utilizados para la investigación etnográfica, como la observación participante y registros posteriores en el cuaderno de campo (MAGNANI, 1997), entrevistas, registros de imágenes y diálogos con residentes de la comunidad. Los datos obtenidos se organizaron previamente para su posterior análisis. La interpretación de la información se realizó a la luz de la propuesta de una descripción densa (GEERTZ, 1989). Para ello, se siguieron y utilizaron para el análisis las pistas para esta interpretación, dadas por los “nativos”. En el momento del análisis de los datos se enumeraron las categorías de organización e interpretación del material, a saber: la relación comunidad / fútbol, sociabilidad y ocio en el parque, membresía comunidad / club y usos y apropiaciones que se realizan en el Parque Jornalista Eduardo Couri. Los principales resultados obtenidos por la investigación revelan cómo la comunidad de Morro do Papagaio se organiza y de alguna manera asegura que la gente local viva el ocio. Para ello, el fútbol comunitario resultó ser un aliado importante. La existencia y organización de equipos de fútbol en la comunidad, los torneos y festivales que se realizan en el parque son ampliamente utilizados por la población como vía para acceder a momentos de esparcimiento y disfrute. La relación entre la comunidad y el fútbol comunitario resultó ser bastante intensa, en el caso del equipo Prointer, este tema es aún más notorio, e hizo entender al club como una expresión de pertenencia a la comunidad, una pertenencia a la comunidad. Además, la investigación permitió, a partir de la realidad encontrada en Prointer, hacer una reflexión más amplia sobre el fútbol femenino en Brasil. En cuanto a los usos del parque que se realizan, además de las canchas de fútbol, la investigación mostró que existe una especie de barrera social entre los diferentes grupos que utilizan las instalaciones públicas. Tanto en lo que respecta a los lugares a los que acceden, como en lo que respecta a las actividades elegidas por estos diferentes colectivos, para el ocio dentro del parque. En cuanto al rol de las autoridades públicas en la promoción del esparcimiento de la población, entiendo que existe una falta de claridad por parte de esta entidad administrativa, en la comprensión de las demandas de la comunidad y así proponer políticas públicas que atiendan estas expectativas.

Palabras-clave: Fútbol. Fútbol comunitario. Ocio. Equipamiento urbano.

Abstract

The main objective of this research was to analyze the presence of football in the community of Morro do Papagaio, in Belo Horizonte, as well as to assimilate the ways in which this practice manifests itself as an alternative leisure activity and sociability for residents of the cluster and visitors to Parque Jornalista Eduardo Couri. As auxiliary objectives, the study sought to understand community football as a catalyst for other activities and leisure experiences in the park, understand the organization of matches and tournaments and its relationship with the community, analyze the functioning of amateur football clubs present in the cluster and identify the uses that are made in the park in general. For this purpose, the work made use of methods used to ethnographic research, such as participant observation and subsequent records in the field notebook (MAGNANI, 1997), interviews, image records and dialogues with community residents. The data obtained were previously organized for further analysis. The interpretation of the information took place in the light of the proposal of a dense description (GEERTZ, 1989). For this, the tips for this interpretation, given by the “natives” were followed and used for the analysis. At the time of data analysis, categories of organization and interpretation of the material were listed, namely: the community/football relationship, sociability and leisure in the park, community/club membership and uses and appropriations that are made in the Parque Jornalista Eduardo Couri. The main results obtained by the survey reveal how the Morro do Papagaio community organizes itself and in a way ensures that leisure is experienced by local people. For this, community football proved to be an important ally. The existence and organization of football teams in the community, tournaments and festivals that take place in the park are widely used by the population as a way to access moments of leisure and enjoyment. The relationship between the community and community football proved to be quite intense, in the case of the Prointer team, this issue is even more noticeable, and made the club to be understood as an expression of belonging to the community, a community belonging. Furthermore, the investigation allowed, based on the reality found in Prointer, to make a broader reflection on women’s football in Brazil. Regarding the uses of the park that are made, in addition to the soccer fields, the research showed that there is a kind of social barrier between the different groups that use public equipment. Both, with regard to the places they access, and in relation to the activities chosen by these different groups, for leisure within the park. Regarding the role of public authorities in promoting leisure for the population, I understand that there is a lack of clarity on the part of this administrative entity, in understanding the demands of the community and thus proposing public policies that address these expectations.

Keywords: Football. Community football. Leisure. Urban equipment.

Sumário

1 INTRODUÇÃO: FAVELIZAÇÃO, DIREITOS SOCIAIS, FUTEBOL E LAZER, 17
1.1 Objetivo geral, 22
1.2 Objetivos específicos, 22
1.3 Justificativas que embasaram a realização do estudo, 23
1.4 Metodologia, 24
1.4.1 Cuidados éticos, 32
1.5 Estrutura do texto, 33

2 RECONHECENDO O TERRENO: O HISTÓRICO DA COMUNIDADE E DO PARQUE, 36
2.1 O Morro do Papagaio (Aglomerado Santa Lúcia): primeiras casas e construções, 38
2.2 Fazendinha: a casa mais antiga de Belo Horizonte, 42
2.3 Construção da Barragem Santa Lúcia e do Parque Jornalista Eduardo Couri, 44
2.4 Momento atual e dados sociodemográficos da comunidade e do Parque, 47
2.5 Ações privadas e políticas públicas de lazer na comunidade e no Parque, 50
2.6 Lazer e uso espontâneo do Parque, 56

3 O LAZER E O FUTEBOL NO PARQUE E NA COMUNIDADE, 60
3.1 O terrão: coração do Parque Jornalista Eduardo Couri, 64
3.2 Os “futebóis” comunitários no Parque, 71
3.3 O horário nobre no campo novo: a pelada dos veteranos, 77

4 PROINTER, 83
4.1 O Prointer e o pertencimento comunitário, 84
4.2 O Prointer e os desafios de um futebol diletante, 94

5 ASSOCIAÇÃO ESPORTIVA DA BARRAGEM SANTA LÚCIA,104
5.1 História da Associação, relações e atribuições “fora das quatro linhas”, 106
5.2 Ações dentro e fora de campo: festivais, torneios e resenhas, 112

6 PARA ALÉM DA BOLA ROLANDO: OUTROS USOS E APROPRIAÇÕES DO PARQUE E AÇÕES DA COMUNIDADE, 117
6.1 Uma barreira (in)visível: as diferentes formas de apropriação do Parque pelo “pessoal do Morro” e os “bacanas do asfalto”, 118
6.2 Por nós, para nós: outras manifestações culturais desenvolvidas pela e para a comunidade, 126
6.2.1 Casa do Beco, 129
6.2.2 Eu Amo Minha Quebrada, 132
6.2.3 Futebol de Rua, 134

7 CONSIDERAÇÕES FINAIS, 138
REFERÊNCIAS, 142
SITES CONSULTADOS, 150
APÊNDICE A BANCO DE IMAGENS, 152
APÊNDICE B TCLE ENTREVISTA PESQUISA, 170
APÊNDICE C TERMO DE ANUENCIA ASSOCIAÇÃO, 171
APÊNDICE D TERMO DE ANUÊNCIA PROINTER, 172
APÊNDICE E TRANSCRIÇÕES DAS ENTREVISTAS, 173
ANEXO A MAPA PARQUE JORNALISTA EDUARDO COURI, 194
ANEXO B DOCUMENTAÇÃO DE APROVAÇÃO JUNTO AO COEP/UFMG, 195

Referência

ABRANTES, Felipe Vinícius de Paula. A bola no “pé do morro”: O futebol como campo de possibilidades de lazer no Morro do Papagaio em Belo Horizonte – MG. 2021. 202 f. Tese (Doutorado em Lazer) - Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2021.
Cadastre-se para receber novidades