Biblioteca

Seja um dos 25 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Dissertação

A crise da cidade em jogo

o futebol na contramão em ruas da Penha
Ano

2011

Faculdade/Universidade

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo

Tema

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Geografia

Páginas

169

Resumo

Através do futebol de rua jogado no bairro da Penha em São Paulo, esta pesquisa tentou compreender a crise da cidade e do lúdico no processo de urbanização da sociedade. O entendimento desta problemática foi abordado em duas etapas, a primeira destinou-se à reinterpretação da história do futebol brasileiro dando ênfase ao futebol improvisado, costumeiramente denominado “pelada”. Na segunda etapa, foi analisada a psicogeografia da infância e do uso da rua na cidade. O que exigiu o estudo do cotidiano na metrópole atrelado ao fim da vida de bairro e ao predomínio do automóvel sobre a rua.

Palavras-chaves: urbanização, futebol de rua, lúdico, cotidiano, Bairro da Penha, infância, periferia.

Abstract

It was through the street football played in the Penha district, São Paulo, that this research attempted to understand the crisis of the city and the ludic in the urbanization of society. The comprehension of this problematic was adressed in two stages, the first one intended to reinterpret the history of brazilian football with emphasis on improvised football, frequently called “pelada”. In the second stage, the focus was the psychogeographic analysis of childhood and street use in the city. This required the study of everyday life in the metropolis linked to the end of neighborhood life and the car supremacy on the streets.

Keywords: urbanization, street football, ludic, quotidian, neighborhood of Penha, childhood, suburb.

Sumário

Apresentação, 6

Introdução, 9

PARTE I – O futebol contra o jogo, 13
A “sucção da subida”, a prontidão e o futebol tornando-se brasileiro, 14
O esforço histórico de negação da pelada ,30
O futebol das elites, 42
O futebol como negócio, 46
O fim das trocinhas, 53
O futebol de rua, 62
Os futebóis de rua, variações das variações: modalidades e “regras”, 70
Competir não é jogar: tempo livre, o futebol de rua, o lúdico e o negócio contra o ócio, 83

PARTE II – O que sobrou da cidade? 93
O tempo, as crianças e as ruas, 94
A infância subjugada, 106
Cotidiano e urbanização, 115
Bairro e periferia, 125
A rua do automóvel, 144

Bibliografia
, 153

Anexos
, 160

Referência

GONçALVES, Glauco Roberto. A crise da cidade em jogo: o futebol na contramão em ruas da Penha. 2011. 169 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.
Cadastre-se para receber novidades