Biblioteca

Seja um dos 14 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Dissertação

A experiência vivida por atletas de categorias de base

a cultura esportiva sob a ótica fenomenológica
Ano

2018

Faculdade/Universidade

Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Tema

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Ciências

Páginas

63

Arquivos

Resumo

Nesta pesquisa o esporte é abordado como prática cultural capaz de mobilizar a subjetivação dos seus praticantes. Desta forma, jovens atletas considerando suas experiências vividas, principalmente no esporte, se orientam existencialmente, ou seja, eles se valem das experiências no esporte para tomar decisões que nortearão o decorrer de sua vida. A partir disso, o presente estudo almeja explorar o horizonte de experiências vivenciadas por esportistas adolescentes buscando a compreensão de como eles passam por momentos decisivos, sendo inteira e publicamente envolvidos por suas atividades esportivas. Ou seja, o propósito deste estudo é identificar e compreender o horizonte de experiências vividas contextualizadas na prática esportiva de jovens atletas pertencentes a categorias de base de quatro modalidades esportivas (futebol, basquete, atletismo e tênis). Adota-se, para isso, uma atitude investigativa que contemple essa temática enquanto processo cultural, buscando ir além dos conceitos e fatores já pré-estabelecidos. Com efeito, o método fenomenológico na perspectiva clássica atinge, como resultado, um caráter descritivo-estrutural, em decorrência de um processo rigoroso de coleta e análise dos dados. Esse processo perpassa por procedimentos conhecidos como Entrevista Fenomenológica e Cruzamento Intencional. Estes consistem em um percurso que tem, em um primeiro momento, a intenção de apreender a experiência singular de cada sujeito, por relato guiado, em primeira pessoa; em seguida, contrastar estes relatos experienciais numa análise que explicite os elementos intencionais que estruturem a experiência vivida em questão. Por conseguinte, foram efetuadas e transcritas 24 entrevistas, com atletas pertencentes a categorias de base das modalidades citadas. Os resultados apontam para alguns aspectos predominantes entre os praticantes destas modalidades, como a constante tensão eminente da negociação que circunscreve o cotidiano destes jovens atletas por trafegar entre compromissos, treinamentos e lazer.

Abstract

This research treats sports as a cultural practice that mobilizes the subjectivation of its practitioners. In this way, young athletes considering their experiences, mainly in sports, are existentially oriented, which means that they use sports experiences to make decisions that will guide the course of their life. From this, the present study aims to explore experiences experienced by adolescent athletes, with the view to understand how they go through decisive moments, being fully and publicly involved by their sports activities. In other words, the purpose of this study is to identify and understand lived experiences contextualized in the sports practice of young athletes from youth academy of four modalities (soccer, basketball, athletics and tennis). For this, an investigative attitude that contemplates this theme as a cultural process is adopted, seeking to go beyond pre-established concepts and factors. The phenomenological method in its classical perspective reaches, as a result, a descriptive-structural character, due to a rigorous process of data collection and analysis. This process is structured by procedures
known as Phenomenological Interview and Intentional Crossing. The course has, at first, the intention to apprehend the unique experience of each subject, by guided report; then, in a second moment, it intends to contrast these experiential accounts in an analysis that explains the intentional elements that structure the lived experience in question. Therefore, 24 interviews were conducted with athletes belonging to the youth academy of the mentioned modalities. The results show some predominant aspects, such as the constant eminent tension of the negotiation that circumscribes the daily life of these young athletes by traveling between commitments, training and leisure.

Sumário

INTRODUÇÃO, 12

1. Referencial teórico, 13
1.1. A psicologia do esporte: definições e articulações, 14
1.2. Cultura esportiva: o esporte moderno e as modalidades Tênis, Basquetebol, Atletismo e Futebol, 16
1.3. Da concepção de carreira à transição da carreira esportiva, 26
1.4. As categorias de base, 33

2. Relevância do tema, 39

3. Objetivo, 41

4. Método, 41
4.1. A fenomenologia, 41

5. Resultados, 58
5.1. Especificidades das modalidades, 58
5.2. As unidades de sentido, 64

6. Discussão, 79

7. Considerações finais, 95

Referências, 98

Referência

SALOMãO, Rodrigo Lourenço. A experiência vivida por atletas de categorias de base: a cultura esportiva sob a ótica fenomenológica. 2018. 63 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2018.