Estresse-recuperação e atenção em atletas de futebol universitário

Biblioteca

Seja um dos 20 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Dissertação

A influência da viagem na qualidade do sono, estresse-recuperação e atenção em atletas de futebol universitário

Ano

2016

Faculdade/Universidade

Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Co-rientador

Pablo Valdez Ramirez

Tema

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Psicologia

Cidade

Natal

Páginas

176

Arquivos

Resumo

O sono é um processo essencial para propiciar a restauração corporal e o reequilíbrio homeostático dos atletas. Além de funções fisiológicas, seu papel também está claro em funções endócrinas, imunológicas e de desempenho cognitivo. No entanto, um eventual efeito da viagem pode alterar o padrão de sono de atletas, com implicações para o estresse-recuperação e atenção, bem como para a relação entre essas variáveis supracitadas. O objetivo foi analisar os índices de cronotipo, qualidade do sono, estresserecuperação e atenção, em atletas de futebol universitário de Natal-RN nos momentos – pré e pós-viagem – para competição. A amostra foi constituída por 16 atletas de futebol universitário, do sexo masculino, que responderam a questionários (Índice de Qualidade de Sono de Pittsburgh – IQSP; Avaliação de Cronotipo de Horne e Ostberg e RESTQSport) e realizaram a tarefa atencional de execução contínua (CPT). Uma alta pontuação (acima de 5 pontos) no IQSP, sugerindo uma qualidade de sono ruim nos dois momentos. Quando comparados os momentos pré e pós-viagem, de cada variável, foram encontradas diferenças significativas apenas nas escalas de Recuperação Geral e de Recuperação Específica. Foi encontrada uma moderada e inversa associação entre qualidade de sono e escores de cronotipo no momento pré-viagem. Já no momento pós-viagem, foi encontrada uma correlação moderada e inversamente proporcional entre a qualidade do sono e os percentuais de resposta correta da atenção seletiva, além de correlações moderadas e diretamente proporcionais entre o cronotipo e o percentual de respostas corretas do alerta fásico. Portanto, esses resultados contrariam nossas hipóteses, principalmente, de que os índices de estresse estariam mais elevados após viagem e o desempenho atencional prejudicado. Novos estudos, com amostras maiores e utilização de grupo controle são relevantes para tentar confirmar as evidências de um eventual efeito viagem.

Palavras-chave: sono; estresse-recuperação; atenção; futebol; viagem.

Abstract

Sleep is an essential process for providing the body restoration and homeostatic rebalancing of athletes. In addition to physiological functions, its role is also clear in endocrine and immune functions and cognitive performance equally. However, a possible effect of the trip can change the sleep patterns of athletes with implications on  stressrecovery and attention, as well as the relationship between these variables. The purpose was to analyze the travel effect in sleep quality, stress-recovery and attention in college football athletes. The sample consisted of 16 athletes from college football, males, who responded to questionnaires (Pittsburgh Sleep Quality Index – PSQI; Chronotype Assessment Horne and Ostberg and RESTQ-Sport) and performed the Continous Performance Task (CPT). There was a high score (up to 5 points) in the PSQI in two moments. This result suggests a poor sleep quality. When comparing the pre and posttrip, of each variable, there were significant differences only in the General Recovery scales and Specific Recovery. There was a moderate and inverse association between sleep quality and chronotype scores in the pre-trip condition. In the post-trip condition, there was a proportional inversely and moderate correlation between sleep quality and correct response percentage of selective attention. Furthermore, there was also a directly proportional and moderate correlation between the chronotype and the percentage of correct answers of phasic alert. Therefore, these results contradict our hypothesis, especially about the stress levels that were higher after the trip and impaired attentional performance. Future studies with larger samples and using a control group are relevant to try to confirm the evidence of a possible travel effect.

Key words: sleep; recovery-stress; attention; football; travel.

Sumário

Lista de figuras, vii
Lista de Tabelas, ix
Lista de Abreviaturas, x
Resumo, xi
Abstract, xii

1. Introdução, 13
1.1. O Sistema de Temporização Circadiano e o Ciclo Sono e Vigília, 18
1.2. Sono e “Efeito Viagem”, 22
1.3. Sono no Esporte, 25
1.4. Estresse, 29
1.5. Estresse e Recuperação no Esporte, 35
1.6. Atenção, 39
1.7. Estudos sobre Atenção no Esporte, 46
1.8. A relação entre Sono, Estresse e Atenção, 49
1.9. Justificativa, 55

2. Objetivos, 58
2.1. Objetivo Geral, 58
2.2. Objetivos Específicos, 58

3. Hipóteses, 59

4. Aspectos Metodológicos, 60
4.1 Delineamento Geral, 60
4.2 Caracterização da Amostra, 60
4.3 Materiais, 62
4.4 A viagem, 67
4.5 A competição, 68
4.6 Procedimentos e Aspectos Éticos, 69
4.7 Análise de Dados, 73

5. Resultados, 74
5.1 Análise dos Resultados Pré Viagem, 75
5.1.1 Variáveis de Sono, 75
5.1.2 Avaliação dos índices de Estresse e Recuperação, 78
5.1.3 Avaliação dos índices de Atenção, 81
5.2 Análise dos Resultados Pós-Viagem, 84
5.2.1 Variáveis de Sono, 84
5.2.2 Avaliação do Estresse e Recuperação, 86
5.2.3 Avaliação dos índices de Atenção, 90
5.3 Análises Comparativas Pré e Pós Viagem, 92
5.4 Correlações, 97
5.4.1 Correlações entre as variáveis pré viagem, 97
5.4.2 Correlações entre as variáveis pós viagem, 99

6. Discussão, 102

7. Conclusões, 122

8. Referências, 124

9. Apêndices, 144

10. Anexos, 152

Referência

CUNHA, George Klinger Barbalho da. A influência da viagem na qualidade do sono, estresse-recuperação e atenção em atletas de futebol universitário. 2016. 176 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Cadastre-se para receber novidades