Biblioteca

Seja um dos 14 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Dissertação

A produção de dissertações e teses sobre os “futs” de mulheres no Brasil (2010-2016)

Ano

2020

Faculdade/Universidade

Setor de Ciências Biológicas, Universidade Federal do Paraná

Tema

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Educação Física

Páginas

235

Arquivos

Resumo

O objetivo desta dissertação foi descrever o estado da arte das dissertações e teses que abordam os “futs” de mulheres nos Programas de Pós-graduação em Educação Física (PPGEF) entre 2010 e 2016. A pesquisa foi quanti-qualitativa, inspirada em procedimentos de estudos do tipo estado da arte e bibliometria. Tomamos como fonte de informação a base de dados construída pelo Projeto Inteligência Esportiva, que levantou a produção de conhecimentos relativos ao esporte e modalidades esportivas dos PPGEF. Esta base contém informações sobre 1.234 dissertações e teses. Selecionamos apenas as que abordaram uma ou mais das seguintes modalidades: futebol, futebol 7, futebol de 5, futebol de 7, futebol de areia, futebol para amputados, futevôlei e/ou futsal. Este processo nos levou a identificar 353 trabalhos. Após filtrá-los a partir de determinados descritores e critérios de inclusão e exclusão, chegamos a um total de 31 trabalhos que abordaram os futs de mulheres, sendo 23 dissertações e 8 teses. As pesquisas existentes trataram apenas do futebol e do futsal. Verificamos que a produção de dissertações e teses sobre estas modalidades partiu de 13 diferentes programas. Vinte e um diferentes pesquisadores orientaram as pesquisas levantadas, sendo que a maioria deles (13 no total) é do sexo masculino. Já no caso dos autores, a maioria (17) é do sexo feminino. A maior parte dos trabalhos se enquadrou na subárea de conhecimento sociocultural (22), seguida pela pedagógica (8) e biodinâmica (7). Os trabalhos possuem diferentes enfoques temáticos, a saber: Educação física escolar, Escolinhas e projetos que envolvem futs, Gênero, Lazer, Mídia, Mulher como atleta profissional, Performance, Produção do Conhecimento, Profissionais dos futs e Saúde. O maior número de pesquisas se enquadra no enfoque Gênero (12). Os trabalhos discutem problemáticas recorrentes no cotidiano de mulheres envolvidas com os futs, como as poucas ofertas de vivência destas modalidades ao longo da infância, o despreparo docente para trabalhar com estas modalidades na educação física escolar, a presença de estigmas que colocam em suspeição a feminilidade das atletas de futs, a erotização dos corpos das mulheres, a pouca visibilidade conferida à elas por parte da mídia, as adversidades de se assumir os futs como carreira profissional, a inferiorização da mulher que ocupa cargos de gestão ou de arbitragem. As críticas realizadas pelos autores que discutiram estas questões se fazem importantes para que determinadas situações não mais sejam negligenciadas. Concluímos que os futs de mulheres vêm demarcando seu território tanto no âmbito esportivo quanto no acadêmico e que a manutenção de pesquisas de mestrado e doutorado sobre a temática se fazem importante para contribuir com o fortalecimento das modalidades tanto na teoria, quanto na prática. Este trabalho oferece subsídios para a compreensão e reconhecimento do que vem sendo produzido sobre os futs de mulheres nos PPGEF no país, e com isto, orientar a produção de novas pesquisas sobre a temática.

Palavras-chave: Produção do conhecimento. Futebol de mulheres. Estado da arte.

Abstract

The aim of this dissertation was to describe the state of the art of dissertations and theses that address the “futs” of women in the Physical Education Graduate Programs (PPGEF) from 2010 to 2016. The research was quanti-qualitative, and inspired by procedures of studies of the state of the art and bibliometry. We took as a source of information database built by the Sports Intelligence Project, which has investigated the production of knowledge related to sports and sports disciplines produced by the PPGEF. This database contains information on 1,234 dissertations and theses. We selected only those that addressed one or more of the following sports: soccer, soccer 7, football 5-a-side, football 7-a-side, sand soccer, amputee soccer, footvolley and/or indoor soccer. This process led us to identify 353 works. After filtering them using certain descriptors and inclusion and exclusion criteria, we found a total of 31 papers that addressed women’s futs, from which 23 were dissertations and 8 were theses. These Works addressed only soccer and futsal. We found that the production of dissertations and theses about them came from 13 different programs. Twenty-one different advisors guided the research, most of them (13 in total) were male. In the case of the authors, the majority (17) were female. Most of the works were in the socio-cultural (22) subarea, followed by pedagogical (8) and biodynamic (7). The works have different thematic approaches, namely: Physical education, Schools and projects involving the futs, Gender, Leisure, Media, Women as a professional athlete, Performance, Knowledge production, Futs professionals, and Health. Most research fits within the Gender approach (12). The papers discuss recurring problems in the daily lives of women involved with the futs, such as the scarce offer of experiences with the futs throughout their childhood, the teacher’s lack of preparation to work with these sports in school physical education, the presence of stigmas that question the femininity of the futs’s athletes, the eroticization of women’s bodies, the poor visibility given to them by the media, the adversity of taking up the futs as a professional career, the inferiority of women in management or arbitration positions. The criticisms made by the authors who discussed these issues are important so that certain issues are no longer neglected. We conclude that women’s futs have been demarcating their territory in both sports and academia and that the maintenance of masters and doctoral research on the theme are important to contribute to the strengthening of these sports in both theory and practice. This work provides subsidies for the understanding and recognition of what has been produced about women’s futs in the PPGEF, and with this, guide the production of new research on this subject.

Keywords: Knowledge production. Women’s soccer. State of art.

Sumário

1 INTRODUÇÃO, 23
1.1 OBJETIVO GERAL, 26
1.1.1 Objetivos específicos, 26
1.2 JUSTIFICATIVA, 27

2 METODOLOGIA, 36
2.1 FONTES DOS DADOS E ESTRATÉGIAS DE ANÁLISE, 37
2.1.1 Descritores, 40
2.1.2 Critérios de inclusão e exclusão das dissertações e teses, 41
2.1.3 Temas emergentes: os enfoques temáticos, 45

3 CARACTERÍSTICAS GERAIS DA PRODUÇÃO, 47
3.1 INFORMAÇÕES GERAIS, 47
3.2 SOBRE OS FUTS DE MULHERES, 49
3.3 CENTROS DE PRODUÇÃO, 61
3.4 AUTORES E ORIENTADORES, 71
3.5 ENFOQUES TEMÁTICOS, 83

4 ENFOQUES TEMÁTICOS, 90
4.1 EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR, 91
4.2 ESCOLINHAS E PROJETOS QUE ENVOLVEM FUTS, 104
4.3 GÊNERO, 116
4.4 LAZER, 139
4.5 MÍDIA, 150
4.6 MULHER COMO ATLETA PROFISSIONAL, 155
4.7 PERFORMANCE, 168
4.8 PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO, 183
4.9 PROFISSIONAIS DOS FUTS, 187
4.10 SAÚDE, 201

5 CONSIDERAÇÕES FINAIS, 209

REFERÊNCIAS, 217

APÊNDICE 1 – TRABALHOS EXCLUÍDOS E INCLUÍDOS A PARTIR DOS CRITÉRIOS DE EXCLUSÃO E INCLUSÃO, 229
ANEXO 1 – METODOLOGIA DO PROJETO MAPEAMENTO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA RELATIVA AO ESPORTE, 231

Referência

CUNHA, Andressa Caroline Portes da. A produção de dissertações e teses sobre os “futs” de mulheres no Brasil (2010-2016). 2020. 235 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Setor de Ciências Biológicas, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2020.