Biblioteca

Seja um dos 10 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Tese

A rua, a luta e o lúdico

Urbanização, trabalho e futebol na cidade de Santos (1892 - 1920)
Ano

2019

Faculdade/Universidade

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo

Orientador(a)

Flavio de Campos

Tema

Tese

Área de concentração

Doutorado em História Social

Páginas

169

Arquivos

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo central analisar o processo de transformação urbana ocorrido na cidade de Santos entre o final do século XIX e o início do século XX pelo mundo do trabalho e por um dos elementos culturais fundamentais da classe trabalhadora, o futebol. Pretendo ainda analisar os conflitos inerentes à formação de tais iniciativas voltadas predominantemente para o recreio, em parte resultantes do choque entre as propostas culturais formuladas para os trabalhadores por anarquistas e militantes sindicais e outras formas de lazer de classe rapidamente popularizadas. Por fim, a pesquisa procura compreender o espaço ocupado pelas agremiações dedicadas ao futebol nas tensões e contradições entre capital e trabalho e entre as diferentes nacionalidades (mitigando ou reforçando oposições e rivalidades) representadas na população de Santos do período citado.

Palavras-chave: Cidade; Futebol; Trabalho

Abstract

This doctoral research aims to analyze the process of urban transformation that occurred in the city of Santos between the end of the nineteenth century and the beginning of the twentieth century by the world of work and one of the fundamental cultural elements of the working class, football. I also want to analyze the conflicts inherent in the formation of such initiatives that are predominantly for recreation, partly as a result of the clash between the cultural proposals formulated for the workers by anarchists and trade union militants and other forms of class leisure that are rapidly popularized. Finally, the research tries to understand the space occupied by the associations dedicated to football in the tensions and contradictions between capital and labor and among the different nationalities (mitigating or reinforcing oppositions and rivalries) represented in the population of Santos in the mentioned period.

Keywords: City; Football; Labor.

Sumário

Introdução, 7

1 – Capítulo 1: Formação e transformação do espaço urbano santista: planos, práticas, limites e contradições, 11
1.1. Uma cidade, múltiplas dimensões, 13
1.2. Ferrovia, porto e a formação do espaço urbano santista, 13
1.3. O “inimigo traiçoeiro”: epidemias e as propostas de intervenção, 22
1.4. Planos urbanísticos e as disputas por um projeto de cidade, 24
1.5. A cidade em transformação: ampliação dos limites físicos e redefinição dos espaços urbanos, 29

2 – Capítulo 2: Da civilização idealizada ao trabalhador indesejado: demografia,
nacionalidade e formação da classe trabalhadora santista, 60
2.1. O Censo de 1913 e a população santista nos primeiros anos do século XX, 63
2.2. Imigração européia e o mundo do trabalho: a vida cotidiana da população pobre
na cidade de Santos, 65
2.3. Os trabalhadores da cidade de Santos: organização, luta e resistência, 69

3 – Capítulo 3: A bola rola nos caminhos da cidade: o futebol santista no alvorecer do
século XX, 91
3.1. As elites e os sports: práticas e espaços de distinção, 93
3.2. O futebol na cidade de Santos: gênese e intersecções, 98
3.3. Santos Football Club: rivalidades e a construção da hegemonia do “time da cidade”, 102
3.4. Os tentáculos do grande capital e o mundo do trabalho: da luta ao lúdico, 108
3.5. A classe trabalhadora entra em campo, 114
3.6. Hespanha e Portuguesa: canteiros, jornaleros e os “times de colônia”, 117
3.7. A bola rola nos caminhos da cidade: capital, trabalho e futebol na Santos dos anos 1910, 122

4 – Considerações Finais, 150

5 – Referências, 152

6 – Lista de Imagens, 159

7 – Fontes Impressas, 164

Referência

CARREIRA, André Luiz Rodrigues. A rua, a luta e o lúdico: Urbanização, trabalho e futebol na cidade de Santos (1892 - 1920). 2019. 169 f. Tese (Doutorado em História Social) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2019.
Cadastre-se para receber novidades