Biblioteca

Seja um dos 14 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
ISSN 1807-3026

A Seleção Brasileira vai à guerra: consumo, trabalho, nação na publicidade da Copa do Mundo de 2010

Número

n. 12

Ano

2011

Páginas

p. 78-88

Arquivos

Resumo

Este artigo analisa os discursos construídos sobre a seleção nacional de futebol, por ocasião da Copa do Mundo de 2010. Nosso objeto principal é os comerciais da marca de cerveja Brahma, patrocinadora oficial da seleção brasileira, que alimentou o conceito de “seleção guerreira”, identificado em narrativas sobre a equipe, nos entrecruzamentos entre o esporte, o consumo, os discursos nacionalistas e o mundo do trabalho.

PALAVRAS-CHAVE:COMUNICAÇÃO E CONSUMO; FUTEBOL; CULTURA; MUNDO DO TRABALHO.

Resumo (outro idioma)

Este artículo examina los discursos construidos sobre la selección nacional de fútbol, durante la Copa Mundial de 2010. Nuestro objetivo principal es la publicidad de la marca de cerveza Brahma, patrocinadora oficial de la selección brasilera, que alimentó el concepto de “selección guerrera”, identificado en las narraciones sobre el equipo, en las intersecciones entre el deporte, el consumo, los discursos nacionalistas y el mundo del trabajo.

PALABRAS CLAVE: COMUNICACIÓN Y CONSUMO; FÚTBOL; CULTURA; MUNDO DEL TRABAJO.

Abstract

This article examines the discourses raised about the national soccer team during the 2010 World Cup. Our main focus are the advertisements of Brahma beer, official sponsor of the Brazilian team, which nurtured the concept of a “warrior team”, identified in narratives about the team itself, at the intersections between the sport, consumption, nationalistic discourses and the world of work.

KEYWORDS: COMMUNICATION AND CONSUMPTION; SOCCER; CULTURE; WORLD OF WORK.

Referência

CASAQUI, Vander. A Seleção Brasileira vai à guerra: consumo, trabalho, nação na publicidade da Copa do Mundo de 2010. Revista Latinoamericana de Ciencias de La Comunicación. São Paulo, n. 12, p. 78-88, 2011.