Biblioteca

Seja um dos 10 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
ISSN 1807-5509

A teoria dos jogos competitivos de Norbert Elias como alternativa à leitura das políticas públicas de esporte e lazer no Brasil

Número

n. 4

Ano

2012

Volume

v. 26

Área de concentração

Educação Física

Cidade

São Paulo

Páginas

p. 657-65

Arquivos

Resumo

O mapeamento da produção científica recente sobre políticas públicas de esporte e lazer no Brasil nos apresentou um conjunto de produções, que em sua maioria são trabalhos em andamento, com o predomínio de exposições empíricas, com procedimentos metodológicos bem definidos, mas que, não apresentam um diálogo consistente com a literatura. Nos trabalhos que apresentam uma maior consistência teórica, os autores normalmente adotam uma postura de crítica ao neoliberalismo, entendendo que este modelo, em função dos interesses do capital, leva o Estado a intervir cada vez menos no âmbito social, repassando esta função a setores organizados da sociedade civil. Diante desse quadro ligeiramente evocado e na tentativa de ampliá-lo, procuramos apresentar neste artigo uma possibilidade de leitura das políticas públicas de esporte e lazer, amparados nos pressupostos teórico-metodológicos da Teoria dos Jogos Competitivos de Norbert Elias. 

Resumen

La cartografía de la literatura científi ca reciente sobre la política pública del deporte y el ocio en Brasil ha presentado una serie de producciones, que son en su mayoría obras en curso, con el predominio de exposiciones empíricas, procedimientos metodológicos bien defi nidos, pero que no presentan un diálogo constante con la literatura. En los estudios que tienen una mayor consistencia teórica, los autores suelen adoptar una postura crítica al neoliberalismo, entendiendo que este modelo, basado en los intereses del capital, lleva al Estado a intervenir cada vez menos en la vida social, la transferencia de esta función a los sectores organizados sociedad civil. Ante esta situación ligeramente elevada y tratar de ampliar, presentamos en este artículo la posibilidad de leer la política pública del deporte y el ocio, con el apoyo de los supuestos teóricos y metodológicos de la Teoría de los Juegos Competitivos de Norbert Elias. 

Abstract

The mapping of recent scientifi c literature on public policy of sport and leisure in Brazil has presented a set of productions, which are mostly works in progress, with the predominance of empirical exhibitions, with well-defi ned methodological procedures, but they have not been presented a consistent dialogue with the literature. In studies showing greater theoretical consistency, the authors usually adopt a critical stance to neoliberalism, understanding that this model, based on the interests of capital, leads the State to intervene less in the social, transferring this function to civil society organized sectors. Given this situation slightly raised and trying to expand it, we present in this article a possibility of reading the public policy of sport and leisure, supported the theoretical and methodological assumptions of Norbert Elias’ Game Theory Competitive. 

Referência

STAREPRAVO, Fernando Augusto; SOUZA, Juliano de; MARCHI JúNIOR, Wanderley. A teoria dos jogos competitivos de Norbert Elias como alternativa à leitura das políticas públicas de esporte e lazer no Brasil. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. São Paulo, v. 26, n. 4, p. 657-65, 2012.
Cadastre-se para receber novidades