Biblioteca

Seja um dos 21 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Dissertação

Agressão no futebol

Ano

1986

Faculdade/Universidade

Instituto Superior de Estudos e Pesquisas Psicossociais, Fundação Getúlio Vargas

Orientador(a)

Eliezer Schneider

Tema

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Psicologia

Páginas

201

Arquivos

Resumo

O presente tema – “Agressão no jogo de futebol” – teve primeiramente como objetivo investigar o problema da agressão no esporte popular brasileiro. Assim sendo o trabalho oferece uma visão introdutória, exploratória e descritiva dos aspectos principais com relação ao problema. Desta forma a análise está ligada a várias opiniões e posições que já foram expressas por um número de autores, e esta nossa análise está intimamente ligada a tudo que já foi publicado sobre este tema. Contudo, apresentamos uma ligeira inovação, uma contribuição muito especial. Ao dissertarmos de uma maneira, a mais clara possível, nos limitamos num ponto especifico que é o de vivermos a realidade do jogo de futebol. Cuidadosamente, conduzimos o tema principal do trabalho em direção ao papel fundamental dos dirigentes, treinadores, médicos desportistas, juizes de campo, preparadores físicos, advogados desportistas e psicólogos. Em suma, nós conduzimos nossa atenção ,para as pessoas diretamente envolvidas com a prática do esporte em geral na sociedade contemporânea, assim como da luta para combater os problemas cria dos pela agressão, aspecto particularmente relevante para os jogadores de futebol em situações de forte competição. Na segunda parte do trabalho, nós tivemos a oportunidade de fazer alguns contatos diretos ‘e pessoais com vários jogadores conhecidos do futebol no Brasil, assim como outros tipos de profissionais que lidam com este esporte. Podemos dizer, que tal ordem de contatos foi desenvolvida através de, várias observações não só na hora dos treinos, mas também durante um número de jogos eliminatórios (finais), juntamente com algumas entrevistas individuais que depois eles concederam. Quando todas as peças foram colocadas nos próprios lugares é que o quadro ficou mais completo, expondo os fatores mútuos e interativos nos jogos. Falando de maneira geral, o modelo de melhor compreensão proposto para este trabalho foi detalhado de forma que pode ser baseado na observação direta da pesquisa de campo mas com um número especifico de dados para este tipo de· pesquisa, cujos principais objetivos foram as simples situações corriqueiras (significatiyas). Com este material, em nossas mãos, nós pudemos reformular algumas questões vitais que poderiam enriquecer o dia-a-dia da psicologia neste campo de conhecimento. Sem dúvida, essa ênfase atual da questão da agressão – e um problema crescente. O significado do combate a agressão não é fácil, digamos, de enquadrar numa simples elaboração de palavras. Na pesquisa que fizemos a conclusão é de que a agressão deve ser combatida desde muito cedo nos estágios das “escolas de futebol”.

Abstract

The subject under consideration -“Aggression in’ soccer games” -has as a primary goal to draw a broad overview of the problems that are brought about by aggression in this popular sport in Brazil. The work is structured in such a manner to be altogether of an introductory, exploratory and descriptive nature on all main aspects relating to the major problem. The overall analysis is thus closely linked to, the various opinions and positions that have already been expressed by a number of previous authors who have dwelled on the same theme. However, it carries a well-weighted intention of being innovative. In order to show our subject under the best light possible, we have narrowed its focus to a very specific point – the in-field soccer game. For the banefit of all participants in the present meeting, we carefully guide our main spotlight towards the leading role played by managers, coaches, sports physicians, field judges, physical trainers, sports lawyers and psychologists. In short, we drive our attention to people directly involved with the phenomenology of sports in general in our contemporary society, as well as with the means to fight the problems posed by aggression, a feature that is particularly relevant to soccer players under situations of strong competition. In the second part of our work, we had the opportunity of making some personnal and direct contacts with many well-known soccer players in Brazil, as well as with other kind of professionals who deal with the sport. It should be pointed out that such an array of contacts developped a series of close observations not only while training were being played but also in the course of a number of through games final cup games. Together with some live interviews they do provide, when all pieces fall in place, a most complete picture of mutually interactive factors in soccer games. Generally speaking, the best fit model for the proposed work was felt to have to be based upon a direct observation of the research field, undertaken with a view to togathering enough data, for one of its main objectives was to sample meaningful situations. With such material in our hands we could then reformulate some vital questions that could well enrich today’s psychology knowledge in this field. Undoubtedly the present emphasis on the question of aggression is an ever-growing preoccupation. The means to fight aggression are not easy to incase in one simply worded solution, but the research we have made seems to point to the conclusion that aggression is a phenomenon to be tackled already in the very early stages of all “soccer schools”.

Referência

BRITO, Josete Maria Cachenski. Agressão no futebol. 1986. 201 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Instituto Superior de Estudos e Pesquisas Psicossociais, Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 1986.
Cadastre-se para receber novidades