Biblioteca

Seja um dos 12 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
ISSN 1807-5509

Análise da carreira esportiva de jovens atletas de futebol na transição da fase amadora para a fase profissional: escolaridade, iniciação, contexto sócio-familiar e planejamento da carreira

Número

n.2

Ano

2009

Volume

v.23

Área de concentração

Educação Física

Cidade

São Paulo

Páginas

p.103-119

Arquivos

Resumo

Este estudo analisou a carreira de jovens atletas de equipes de alto nível esportivo do futebol brasileiro que se deparam com a transição do esporte amador para o esporte profissional. Os objetivos do estudo foram: a) levantar dados relativos à sua escolaridade; b) identificar fatores relevantes na sua formação esportiva inicial; c) caracterizar seu contexto familiar e social; d) identificar fatores que influenciam no planejamento de sua carreira esportiva. A amostra do estudo foi composta por 186 jogadores com média de idade de 18,46 anos (± 0,82). Os instrumentos de coleta utilizados foram: 1) entrevista estruturada composta de 46 questões desenvolvida a partir do Athletic and Postathletic Questionnaire (Questionário Atlético e pós-atlético) e do Sports Career Transitions Questionnaire (Questionário de Transições da Carreira Esportiva) e 2) entrevista semi-estruturada. Os resultados encontrados mostraram que a maioria dos atletas tem dificuldade de conciliar estudos e treinamento e que sua formação esportiva inicial se deu principalmente na prática do futebol de rua. Quanto ao contexto familiar e social, descobriu-se que a maioria das famílias é de classe socioeconômica média baixa e baixa, indicando ainda mudanças drásticas quanto aos seus círculos sociais. A maioria dos atletas afirma planejar aspectos específicos de sua carreira esportiva, exceto com relação aos estudos.

Abstract

This study analyzed the career of athletes in early adulthood that are facing the transition from amateur to professional sport. The aims of this study were: a) raise data related to their formal education; b) identify relevant factors in the sport initiation phase of the athletes; c) characterize their family and social context; d) identify factors that interfere in their career planning actions. A sample of 186 athletes with an average age of 18.46 years old (± 0.82) participated on the study. Two instruments were used for data collection: 1) a 46 question interview based on the Athletic and Post-athletic Questionnaire and the Sports Career Transitions Questionnaire and 2) a semi structured interview. The results indicated that the majority of the players had difficulty to combine studies and training and showed that the sports initiation of these athletes occured on the streets. Their families lie at lower social economic levels and the social relationships of these players have undergone major changes along their careers. The athletes have shown a reasonable level of previous career planning, except for issues related to studies. 

Referência

SAMULSKI, Dietmar Martin. Análise da carreira esportiva de jovens atletas de futebol na transição da fase amadora para a fase profissional: escolaridade, iniciação, contexto sócio-familiar e planejamento da carreira. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. São Paulo, v.23, n.2, p.103-119, 2009.
Cadastre-se para receber novidades