Biblioteca

Seja um dos 14 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Dissertação

Análise do comportamento aplicada à análise de jogo no futebol

Ano

2016

Faculdade/Universidade

Centro de Ciências Biológicas, Universidade Estadual de Londrina

Tema

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Análise do Comportamento

Páginas

99

Arquivos

Resumo

A Análise do Comportamento aplicada ao esporte pode oferecer uma gama relativamente diversificada de recursos com vistas a aperfeiçoar o desempenho esportivo e contribuir para o aperfeiçoamento do recurso de análise de jogo. O presente trabalho, estruturado em dois artigos, apresenta uma análise de jogo, o pênalti, sob a ótica do goleiro e do cobrador da penalidade, com base nos princípios da Análise do Comportamento (Artigo 1) e apresenta dados sobre os procedimentos empregados por um treinador de futebol para o ensino das jogadas ensaiadas de escanteio ofensivo, sobre como as jogadas ensaiadas foram executadas pelos atletas durante treinos e jogos competitivos, comparando se estavam de acordo com o modelo fornecido pelo treinador e sobre os resultados obtidos nos escanteios (Artigo 2). No Artigo 1 foram apresentados alguns princípios básicos da Análise do Comportamento e discutidas as contribuições da análise funcional do comportamento aos profissionais que analisam jogos, como treinadores e psicólogos do esporte, no que diz respeito à análise e interpretação dos comportamentos de acordo com suas respectivas relações de controle, com a finalidade de contribuir para o planejamento de intervenções mais eficazes para aperfeiçoar o desempenho dos jogadores e das equipes. Quanto ao Artigo 2 participaram um treinador e 71 jogadores de futebol profissional. As jogadas ensaiadas foram descritas em modelos gráficos e comparadas com a sua execução durante os treinamentos e jogos. Os treinos e jogos foram filmados e as verbalizações do treinador, durante os treinos, gravadas. Quanto aos resultados, destaca-se que: (a) os escanteios foram trabalhados apenas em situação de jogo coletivo; (b) quanto mais próximo do período competitivo maior a porcentagem de treinos conduzidos pelo treinador, maior a quantidade de treinos com escanteio e mais tempo do treino foi dedicado às situações de escanteio; (c) os titulares executaram mais jogadas que os reservas e obtiveram maior aproveitamento do escanteio em finalização. Quanto ao ensino das jogadas, ele se deu predominantemente por meio de instruções técnicas parciais. Não houve descrição de um sinal antes da cobrança e, em todas as sessões, dentre as Jogadas A, B, C e D, a Jogada A foi a mais treinada. Houve aumento do número de jogadas Improvisadas à medida que a competição se aproximava e indícios da manutenção do padrão de realização das jogadas ensaiadas em treino, nos amistosos e jogos. Para a equipe titular, a Jogada Improvisada teve melhores índices em finalizações no gol e gols. Para a equipe reserva a Jogada A obteve os melhores índices. O desempenho nos amistosos foi superior ao dos treinos e jogos. Os dados obtidos corroboram os de outras pesquisas e apontam a necessidade de intervenções que contribuam tanto para marcar gols nesses lances, quanto para não sofrê-los.

Abstract

The Behavior Analysis applied to the sport can offer a relatively diverse range of resources in order to enhance sports performance and contribute to the improvement of the match analysis. This work, divided into two articles, presents an analysis of a game situation, the penalty, from the perspective of the goalkeeper and the penalty taker, based on the principles of behavior analysis (Article 1) and presents data on the procedures employed by a football coach for the teaching of set pieces in offensive corner, how these set pieces were performed by athletes during training and competitive play; comparing whether they agreed with the model provided by the coach and the results obtained in the corners (Article 2). In Article 1 were presented the some basic principles of behavior analysis and discussed the contributions of functional behavior analysis to professionals who analyze games such as coaches and sports psychologists, with regard to the analysis and interpretation of behavior in accordance with their respective relations control, in order to contribute to the planning of more effective interventions to improve the performance of players and teams. In the Article 2 participated a coach and 71 players in professional football. The set pieces were described in graphic models and compared with their implementation during training and games. Practices and games were filmed and coach verbalization during training, recorded. As for the results, it is emphasized that: (a) the corners were trained only in collective game situation; (b) as closer the most competitive period, were greater the percentage of training conducted by the coach, were greater the amount of training with corner and more training time was devoted to the corner situations; (c) the starting lineup players performed more set pieces that the reserves and obtained better results in corners. For the set pieces teaching, he was given predominantly through partial technical instructions. There was no description of a signal prior to corner taking, and all sessions, among A, B, C and D, the set piece A was the most trained. There was an increase of Improvised set pieces number as the competition approached and evidence of maintenance in friendly matches and games of the set pieces standard in training. For the starting lineup, the set piece Improvised had better indices finishing in goal and goals. For the reserve team, the set piece A had the best results. The performance in the friendlies was superior to the practices and games. The obtained data corroborate those of other studies and highlight the need for interventions that contribute as much to score goals in these bids as not to suffer them.

Sumário

APRESENTAÇÃO, 1

ARTIGO 1 – PRINCÍPIOS DA ANÁLISE DO COMPORTAMENTO APLICADOS À ANÁLISE DE JOGO: DESCRIÇÃO DO PÊNALTI, 4

Resumo, 5

Abstract, 5

Introdução, 6

Alguns princípios da Análise do Comportamento, 8

Análise Funcional do Comportamento: uma descrição de cobrança de pênalti, 10

Discussão, 17

Considerações Finais, 21

Referências, 24

ARTIGO 2 – ANÁLISE DO COMPORTAMENTO APLICADA À ANÁLISE DE JOGO NO FUTEBOL, 28

Resumo, 29

Abstract , 30

Introdução, 31

Método, 34

Participantes, 34

Local, 35

Materiais e Instrumentos, 35

Procedimento,  39

Resultados , 42

Discussão, 55

Considerações Finais, 64

Referências, 68

Apêndices, 74

Apêndice A – Folha para Descrição de Jogada Ensaiada de Escanteio Ofensivo, 75

Apêndice B – Folha de Registro de Sessão de Treino, 76

Apêndice C – Folha de Registro de Cobrança de Escanteio em Sessão de Treino, 77

Apêndice D – Folha de Transcrição e Categorização das Verbalizações do Treinador, 79

Apêndice E – TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO (Versão treinador), 80

Apêndice F – TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO (Versão jogador), 81

Apêndice G – MODELO GRÁFICO BLAND ALTMAN DA CONCORDÂNCIA ENTRE MEDIDAS, 82

Referências, 84

Referência

MOREIRA, Gustavo Damasceno. Análise do comportamento aplicada à análise de jogo no futebol. 2016. 99 f. Dissertação (Mestrado em Análise do Comportamento) - Centro de Ciências Biológicas, Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2016.