Biblioteca

Seja um dos 10 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Dissertação

Antigeopoítica em campo

Futebol, geopolítica e a construção de conhecimento poderoso na educação básica
Ano

2022

Faculdade/Universidade

Pós-graduação em Geografia, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

Tema

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Geografia

Páginas

104

Arquivos

Resumo

Diversos trabalhos apontam a relevância do futebol como objeto de estudo da geografia. Defendemos em nosso trabalho que o futebol, enquanto importante elemento da vida cotidiana dos alunos, oferece possibilidades de novas abordagens pela educação geográfica. Uma delas se refere às análises geopolíticas, presentes nos currículos da geografia escolar, com as quais se pode observar uma estreita relação com o esporte. Observamos que os materiais didáticos enfatizam uma abordagem clássica da geopolítica, apesar do desenvolvimento da mesma. No âmbito deste trabalho, analisamos a relação estabelecida entre o futebol e a geopolítica buscando identificar a existência ou as possibilidades para tal de outras correntes da geopolítica, como a antigeopolítica, e seus contributos para a construção de conhecimentos geográficos poderosos, tipo de conhecimento que busca tornar os alunos agentes transformadores de suas realidades sociais. Buscamos realizar o diálogo teórico entre as diversas temáticas aqui abordadas: futebol, antigeopolítica e conhecimento poderoso. Analisamos eventos do mundo do futebol a partir dos quais fosse possível apontar a relação entre futebol e antigeopolítica e analisamos o conteúdo de livros didáticos para discutirmos a importância da inserção de abordagens como a antigeopolítica. Tomamos estas discussões como base para o desenvolvimento de uma atividade pedagógica com o objetivo de avaliar a utilização do futebol como ferramenta para a compreensão da antigeopolítica e, a partir desta perspectiva, promover a construção de conhecimentos poderosos. A análise dos resultados da atividade apontam que a utilização do futebol pode favorecer o engajamento dos alunos, contribuir para a compreensão do conceito de antigeopolítica e para a construção de um conhecimento apoiado em leituras antigeopolíticas que os permitam vislumbrar outras possibilidades de interpretação e de intervenção no real.

Palavras-chave: Geopolítica crítica, Futebol, Geografia do futebol, Educação geográfica, Aprendizagem significativa.

Resumen

Varias obras señalan la relevancia del fútbol como objeto de estudio de la geografía. Defendemos en nuestro trabajo que el fútbol, mientras un elemento importante en la vida cotidiana de los alumnos, ofrece posibilidades de nuevos enfoques por la educación geográfica. Una de ellas se refiere al análisis geopolíticas, presentes en los currículums de la geografía escolar, con el que puedes observar una estrecha relación con el deporte. Observamos que los materiales didácticos enfatizan un enfoque clásico de la geopolítica, pese a su desarrollo. En el ámbito de este trabajo, analizamos la relación que se establece entre el fútbol y la geopolítica buscando identificar la existencia o posibilidades de otras vertientes, como la antigeopolítica, y sus aportes para la construcción de conocimientos geográficos poderosos, tipo de conocimiento que busca hacer los alumnos agentes transformadores de sus realidades sociales. Buscamos realizar el diálogo teórico entre los diferentes temas tratados aquí: fútbol, antigeopolítica y conocimiento poderoso. Analizamos acontecimientos en el mundo del fútbol en que fue posible señalar la relación entre el fútbol y la antigeopolítica y analizamos el contenido de libros didácticos para discutir la importancia de la inserción de enfoques como de la antigeopolítica. Tomamos estas discusiones como base para el desarrollo de una actividad pedagógica con el objetivo de evaluar el uso del fútbol como herramienta de comprensión de la antigeopolítica y, desde esta perspectiva, promover la construcción de conocimientos poderosos. El análisis de los resultados indica que el uso del fútbol puede favorecer la participación de los alumnos, contribuir a la comprensión del concepto de antigeopolítica y para la construcción de conocimientos apoyado por lecturas antigeopolíticas que les permitan imaginar otras posibilidades de interpretación e intervención en lo real.

Palabras clave: Geopolítica crítica, Fútbol, Geografía del fútbol, Educación Geográfica, Aprendizaje significativa.

Sumário

Introdução – Os times entram em campo, 9

1. Primeiro tempo – A geografia do futebol, 15
1.1. Futebol pelo mundo: a difusão do esporte, 17
1.2. Futebol citadino: da cidade colonial a cidade-mercadoria, 20
1.3. As diferentes vias do futebol na Geografia, 27
1.4. Entre as quatro linhas da sala de aula: futebol e ensino, 31

2. Segundo tempo – Antigeopolítica nos campos e livros didáticos, 35
2.1 A tradição geopolítica e a geopolítica crítica, 35
2.2 Antigeopolítica e suas manifestações no contexto do futebol, 40
2.3 A geografia escolar e a (ausência da) antigeopolítica, 47

3. Prorrogação – Da aprendizagem significativa ao conhecimento geográfico poderoso: a contribuição da antigeopolítica do futebol, 52
3.1. Aprendizagem significativa, 53
3.2. Conhecimento poderoso, 56
3.3. Conhecimento geográfico poderoso e sua construção através do futebol, 62

4. Disputa de pênaltis – Proposta de atividade, 69

Fim de jogo – Considerações Finais, 83
Referências bibliográficas, 88
Anexo 1, 94
Anexo 2, 97
Anexo 3, 98

Referência

MEIRELLES, Guilherme Pereira. Antigeopoítica em campo: Futebol, geopolítica e a construção de conhecimento poderoso na educação básica. 2022. 104 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Pós-graduação em Geografia, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2022.
Cadastre-se para receber novidades