Biblioteca

Seja um dos 26 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Tese

Cultura desviante e juventude

A torcida organizada como instrumento de domínio territorial
Ano

2018

Faculdade/Universidade

Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais

Tema

Tese

Área de concentração

Doutorado em Sociologia

Páginas

153

Arquivos

Resumo

O presente trabalho procurou demonstrar o processo de formação de uma torcida organizada da capital mineira e, por conseguinte, as suas divisões a partir de um caráter territorializado. Através da observação participante e de entrevistas em profundidade foi possível desvelar que o agrupamento possuía como objetivo dominar o território, impedindo que outros agrupamentos das demais torcidas organizadas se consolidassem na localidade. Para tanto, os jovens constituíram o lema “juntos somos mais” e os seus próprios símbolos, constituíram uma estrutura hierárquica, construíram uma sede e passaram a desenvolver atividades, tais como: reuniões, ações beneficentes, festas e treinamentos em artes marciais. Isto possibilitou serem reconhecidos como grupo de referência no interior da torcida organizada. Para além disso, foi possível desvelar uma rede peculiar de rivalidades entre os jovens, pertencentes às torcidas organizadas de Belo Horizonte, dos quais compartilham o mesmo estilo de vida voltado para a construção de masculinidades através do uso da força física como atributo de poder. Por último, destaca-se que as marcas atribuídas aos jovens como “marginais” ou “vagabundos” foram o resultado da internalização de um rótulo esperado enquanto torcedor organizado.

PALAVRAS-CHAVE: Torcida Organizada; território; jovens; masculinidade.

Abstract

This thesis sought to demonstrate the settling process of a group of organized soccer fans in the capital of Minas Gerais state and, consequently, its divisions from a territorialized perspective. Through participant observation and in-depth interviews, it was possible to unravel that the group had as its objective of dominate the territory, preventing other groups of other organized fans from consolidating in the locality. To this end, young fans created the motto “together we are more” and their own symbols, forming a hierarchical structure, building the club’s headquarters and developing activities such as meetings, charities, parties, and martial arts training. These made it possible to be recognized as a reference group within the organized crowd. In addition, it was possible to unveil a peculiar network of rivalries among young people belonging to the organized cheerleaders of Belo Horizonte, who share the same lifestyle oriented toward the construction of masculinities through the use of physical strength as an attribute of power. Lastly, it is highlighted that the traits conferred to the young organized fans as “criminals” or “rowdy” resulted from a well-succeeded transfer of stereotypes since the younger fans began to internalize what was expected from an organized supporter.

KEY WORDS: Organized Fans; territory; young people; masculinity.

Sumário

INTRODUÇÃO, 16

1 ENTRE OS ESTÁDIOS DE FUTEBOL E AS TORCIDAS ORGANIZADAS: UMA PESQUISA COM OS TATUS07, 21
1.1 ALGUNS PASSOS DA PESQUISA DE CAMPO, 22
1.2 OS TATUS07 INSPIRADOS NO HOOLIGANISMO INGLÊS, 30
1.3 DA FORMAÇÃO DAS TORCIDAS BRASILEIRAS À TORCIDA ORGANIZADA TATUDOMINADO, 34

2 DA TATUDOMINADO AOS TATUS07: HIERARQUIA, SEDE E SUBSEDE, 40
2.1 O SURGIMENTO DA TORCIDA ORGANIZADA TATUDOMINADO E SUAS DIVISÕES EM “DOMÍNIOS”, 41
2.2 OS PRIMÓRDIOS DA FORMAÇÃO DA “SÉ7IMA” PELOS TATUS07, 48
2.3 ESTRUTURAS HIERÁRQUICAS, 51
2.4 AS SEDES DA TATUDOMINADO E A SUBSEDE DOS TATUS07, 55

3 AS ATIVIDADES REALIZADAS PELOS TATUS07, 61
3.1 RITUAL DE BATISMO, 62
3.2 AS AÇÕES BENEFICENTES DOS TATUS07, 66
3.3 AS REUNIÕES DOS TATUS07, 72
3.4 AS FESTAS REALIZADAS PELOS TATUS07, 78

4 OS TATUS07 COMO GRUPO DE REFERÊNCIA, 85
4.1 OS TREINAMENTOS EM ARTES MARCIAIS, 86
4.2 O USO DA FORÇA FÍSICA COMO CONSTRUÇÃO DE MASCULINIDADES, 91
4.3 AS REGRAS INSTITUÍDAS PELOS TATUS07, 93
4.4 O GRUPO DE REFERÊNCIA, 100

5 OS CLÁSSICOS DE FUTEBOL NA CAPITAL MINEIRA, 105
5.1 OS PREPARATIVOS PARA OS CLÁSSICOS DE FUTEBOL PELA TATUDOMINADO, 106
5.2 OS MOMENTOS VIVENCIADOS PELOS TATUS07 ANTES DOS CLÁSSICOS, 110
5.3 A ATUAÇÃO DOS TATUS07 NAS ARQUIBANCADAS, 116
5.4 OS TATUS07 COMO “MARGINAIS” OU “VAGABUNDOS” MORAL?, 119

6 AS INTERVENÇÕES DO PODER ESTATAL, 124
6.1 ESTATUTO DE DEFESA DO TORCEDOR, 125
6.2 A REFORMA DO MINEIRÃO E A IMPLANTAÇÃO DO JECRIM NO INTERIOR DOS ESTÁDIOS, 132

CONSIDERAÇÕES FINAIS, 141
REFERÊNCIAS BIBLIGRÁFICAS, 143
APÊNDICE, 150

Referência

SOARES, Flávia Cristina. Cultura desviante e juventude: A torcida organizada como instrumento de domínio territorial. 2018. 153 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2018.
Cadastre-se para receber novidades