Biblioteca

Seja um dos 17 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Dissertação

Da solidão das traves à rede do aplicativo de aluguel

Representações sociais de goleiro em meio à uberização da pelada de futebol
Ano

2021

Faculdade/Universidade

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Tema

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Ciências do Movimento Humano

Páginas

126

Arquivos

Resumo

O objetivo principal do estudo foi compreender de que modo os goleiros que atuam na plataforma Goleiros de Aluguel (GDA) vão construindo representações sociais acerca dessa função singular no futebol, por meio da mediação dessa tecnologia. O marco teórico do trabalho sustentou-se, principalmente, na Teoria das Representações Sociais (MOSCOVICI, 2007; JODELET, 2001; SÁ, 1998), e, de forma complementar, nos estudos de Rifkin (2001) sobre a Era do Acesso, e nos de Abílio (2020), sobre “uberização”. Metodologicamente, a pesquisa caracterizou-se como qualitativa e se vale de entrevistas semiestruturadas com 17 goleiros que estavam cadastrados na plataforma há pelo menos um ano e haviam completado pelo menos 50 partidas, à época do recrutamento. Em função do período pandêmico, todas as entrevistas foram realizadas de modo remoto, gravadas e, posteriormente, transcritas. A operação analítica empreendida sobre a materialidade empírica produzida foi baseada nos seis passos propostos pela Análise Temática (BRAUN; CLARKE, 2006). Três grandes categorias emergiram, ao longo do processo de escrita: (1) “diversão remunerada: uma forma de diminuir os custos de jogar no gol”, que reúne manifestações dos goleiros entrevistados sobre o fato de serem pagos para fazer algo que já faziam antes, por gosto; (2) “renda extra/fonte de sustento: uma forma de render como goleiro”, que reúne as manifestações dos goleiros que têm uma fonte de renda e utilizam os recursos obtidos na plataforma para despesas extras ou investimento, e também aqueles que, em decorrência da deterioração da economia e precarização das relações de trabalho, passaram a depender da plataforma como principal fonte de sustento; (3) “vestindo a mesma camisa: a formação de um time só de goleiros”, que reúne o conjunto de manifestações dos entrevistados que permite visualizar um aspecto que diferencia os goleiros. Além de demonstrarem compromisso e fidelidade à plataforma, os goleiros também se percebem como um grupo solidário, que se apoia mutuamente, e, principalmente, sentem-se valorizados por pertencerem a esse coletivo. Independentemente de estarem defendendo um lado, ou outro, da quadra, os goleiros de aluguel formam um time só. Vestem, portanto, a mesma camisa. Em conclusão, é possível afirmar, com base nos dados que, mediadas pela plataforma do GDA, são construídas diferentes representações sociais sobre a função do goleiro. O goleiro passa a ser mais valorizado, por ser o único que recebe para jogar, além de desmistificar a imagem do jogador como um sujeito solitário, pois, no GDA, o goleiro passa a fazer parte de uma rede de goleiros que são solidários entre eles.

Palavras-chave: Goleiro de futebol. Representações sociais. Precarização do trabalho.

Abstract

This dissertation aimed to understand by which means the goalkeepers in the GDA (“Goleiros de Aluguel”, Goalkeeper Rental) platform build up social representation in regards to this unique soccer role, by using this technology. The theoretical framework of this study is based mainly on the Social Representation Theory (MOSCOVICI, 2007, JODELET, 2001, SÁ, 1998), and additionally, in the studies of Rifkin (2001) about the “Age of Access”, and Abílio (2020) about “uberization”. Methodologically, this research is characterized as qualitative, and it was constituted by semi-structured interviews with 17 goalkeepers, which were registered in the GDA platform for at least one year, and had completed at least 50 soccer matches by the recruiting period. Because of the pandemic, all interviews were conducted remotely, recorded, and transcribed. The analytical operation about empirical materiality was based in the six steps suggested by the Thematic Analysis (BRAUN; CLARKE, 2006). Three main categories emerged during the writing process: (1) “gainful fun: decreasing the costs of playing as goalkeeper”, which collects thoughts from interviewees about getting paid for something they already did for joy only; (2) “extra income/source of livelihood: revenues as goalkeeper”, which collects thoughts from goalkeepers that have an income, and use the income from the platform for extra expenses or investments, and also those that due to the economy’s deterioration and precariousness of working relationships, started to rely on the platform as their main source of income; (3) “wearing the same shirt: formation of a team of goalkeepers”, which collects the thoughts of interviewees that show an aspect that differentiates goalkeepers rental from not only other workers in platforms, but also from other goalkeeper’s. Besides demonstrating fidelity and commitment to the platform, these goalkeepers are also a solidary group, which supports each other, and, more importantly, they feel appreciated for belonging to this group. Independently of playing in differing sides of the soccer field, the goalkeeper’s rental are a team. They dress, therefore, the same shirt. In conclusion, it is possible to say based on data that, mediated by the GDA platform, different social representations are build up about the goalkeeper’s role. The goalkeeper gets more appreciated, being the only one that gets paid to play, and it also demystifies the image of the goalkeeper as a lonely role, because with GDA the goalkeeper is now part of a network of goalkeepers, which are solidary amongst each other.

Key-words: Soccer Goalkeeper. Social Representations. Employment, Precarious

Sumário

1 INTRODUÇÃO, 10

2 MARCO TEÓRICO, 20
2.1 TEORIA DAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS, 20
2.1.1 No futebol, 32
2.1.2 Do Goleiro, 34
2.2 A ERA DAS PLATAFORMAS NAS RELAÇÕES DE TRABALHO, 38
2.2.1 As mudanças no mundo do trabalho, 38
2.2.2 A Era do Acesso, 41
2.2.3 Uberização, 46

3 O GOLEIRO DE ALUGUEL, 52

4 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS, 59
4.1 TIPO DE PESQUISA, 59
4.2 CONTEXTO E SUJEITOS DA PESQUISA, 60
4.3 INSTRUMENTOS PARA OBTENÇÃO DE DADOS, 64
4.4 CUIDADOS ÉTICOS, 66
4.5 TIPO DE ANÁLISE ADOTADA, 66

5 ANÁLISE E INTERPRETAÇÃO DOS DADOS, 69
5.1 DIVERSÃO REMUNERADA: UMA FORMA DE DIMINUIR OS CUSTOS DE JOGAR NO GOL, 69
5.2 RENDA EXTRA/FONTE DE SUSTENTO: UMA FORMA DE RENDER COMO GOLEIRO, 73
5.3 VESTINDO A MESMA CAMISA: A FORMAÇÃO DE UM TIME SÓ DE GOLEIROS, 80

6 CONSIDERAÇÕES FINAIS, 92

7 REFERÊNCIAS, 98
APÊNDICE A, 104
APÊNDICE B, 111
APÊNDICE C, 115
APÊNDICE D, 116
APÊNDICE E, 118
ANEXO A, 120
ANEXO B, 124
ANEXO C,  125

Referência

OLIVEIRA, Douglas Meyer. Da solidão das traves à rede do aplicativo de aluguel: Representações sociais de goleiro em meio à uberização da pelada de futebol. 2021. 126 f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Movimento Humano) - Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2021.
Cadastre-se para receber novidades