Uma análise sobre aspectos raciais e mobilidade social no futebol carioca

Biblioteca

Seja um dos 25 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Congresso

De Jogo em Jogo: Uma análise sobre aspectos raciais e mobilidade social no futebol carioca

Tema

Congresso

Nome do congresso

27º Encontro Anual da ANPOCS

Cidade

Caxambu

Páginas

p. 1-16

Arquivos

Resumo

O objetivo do trabalho é analisar a presença do negro no futebol brasileiro, especialmente sob dois aspectos: o mito da inexistência de desigualdade e de discriminação racial e o mito da ascensão social dos negros no futebol. A partir tanto da análise da participação dos negros na história do futebol nacional, como de um trabalho de campo com os jogadores profissionais do estado do Rio de Janeiro, percebeu-se que: primeiro, o jogador negro é peça fundamental no processo de profissionalização; segundo, os jogadores negros estão em uma situação de desvantagem em relação aos brancos e pardos quando observamos aspectos, como: porcentagem de jogadores, grau de escolaridade, escolaridade dos pais e atuais salários; terceiro, apesar de a maioria dos jogadores profissionais ter mobilidade de renda intrageracional ascendente, os negros têm, em sua maioria, imobilidade; quarto, a maioria dos jogadores de futebol tem uma mobilidade de renda intergeracional descendente. Conclui-se que, alguns valores e crenças relacionados à presença do negro no futebol, como, a ascensão social e a inexistência de desigualdade e discriminação são mitos que não encontram evidências na realidade dos jogadores profissionais.

Cadastre-se para receber novidades