Desenvolvimento profissional de treinadores de futebol

Biblioteca

Seja um dos 20 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Dissertação

Desenvolvimento profissional de treinadores de futebol

Perspectiva de aprendizagem ao longo da vida
Ano

2016

Faculdade/Universidade

Centro de Desportos, Universidade Federal de Santa Catarina

Co-rientador

Michel Milistetd

Tema

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Educação Física

Cidade

Florianópolis

Páginas

147

Arquivos

Resumo

O objetivo da investigação foi analisar o desenvolvimento profissional ao longo da vida de treinadores de jovens que atuam em um clube de futebol de elite. O estudo pautado na teoria da Aprendizagem ao Longo da Vida (JARVIS, 2006, 2007, 2008) possui abordagem qualitativa e caracteriza-se como estudo descritivo. Fizeram parte do estudo 8 treinadores (dois graduados, seis pós-graduados e todos com diferentes experiências práticas e atuação profissional) com experiência mínima como treinadores do clube de 5 meses e máxima de 11 anos e 4 coordenadores técnicos com experiência mínima no clube de sete meses e máxima de 11 anos. Foram utilizados os instrumentos Rappaport Time Line, adaptado por Langley e Knight (1999), e entrevistas semiestruturadas para analisar a história de vida dos treinadores e entrevistas semiestruturadas com os coordenadores técnicos como complementaridade na investigação sobre a organização do clube. A classificação das aprendizagens foi organizada seguindo a história de vida pessoal e profissional dos treinadores. As informações coletadas por meio de entrevista semiestruturada foram analisadas por meio da análise de conteúdo após a categorização dos dados com a utilização do software Nvivo 9. Os resultados demonstram sete situações de aprendizagem ao longo da vida dos treinadores, a saber: aprendendo nas experiências com os familiares; aprendendo nas experiências enquanto atletas; aprendendo no período de certificação/formação e atualização profissional; aprendendo nos episódios de acompanhamento com outros profissionais/escolas do futebol; aprendendo nas experiências como treinadores; aprendendo pela prática reflexiva; aprendendo com a organização e como se tornar um treinador do clube. Dentre as situações de aprendizagem, formal, nãoformal e informal, a maior parte das experiências está atrelada a esta última. As situações de aprendizagem, formal e não-formal apresentaram deficiências como a falta de um maior incentivo a prática reflexiva. Prática reflexiva que se apresentou como possível ação potencializadora da aprendizagem. Por fim, foram citadas várias aprendizagens pelos oito treinadores ao longo da vida nas diferentes situações de aprendizagem. Portanto, as informações nos conduzem a reflexões sobre nosso atual sistema de ensino e a organização de aprendizagem, em que se verificaram determinadas estratégias (ação pedagógica, diários reflexivos, fóruns online, tutoria) com potencial para o desenvolvimento
profissional dos treinadores.

Palavras-chave: Treinador. Aprendizagem ao longo da vida. Desenvolvimento Profissional. Futebol.

Abstract

The purpose of research was to analyze the coach development over the life of young coaches working in an elite soccer club. In a second step, aimed to characterize the formative initiatives of the club to promote the coach development of these coaches. The study founded on the theory of Lifelong Learning (JARVIS, 2006, 2007, 2008) has a qualitative approach and is characterized as descriptive study. Study participants were 8 coaches (two graduates, six postgraduates and all with different practical experiences and professional practice) with minimum experience as club coaches of 5 months and a maximum of 11 years and 4 technical coordinators with minimal experience in the club of 7 months and maximum of 11 years. The Rappaport Time Line instruments were used, adapted by Langley and Knight (1999), and semi-structured interviews to examine the life history of coaches and semi-structured interviews with technical coordinators as research complementary about the club organization. Classification of learning was organized in the history of personal and professional life coaches. Information collected through semi-structured interviews were analyzed using content analysis after data categorization using the Nvivo 9 software. The results showed seven learning situations throughout life coaches, namely: learning the experiences with family members; learning in the experiences as athletes; learning in the certification period / training and professional development; learning in the episodes to follow up other professionals / “schools” soccer; learning in the experiences as coaches; learning by reflective practice; learning from the organization and how to become a club coach. Among the situations of learning, formal, nonformal and informal, most of the experiences is linked to the latter. Learning situations, formal and non-formal learning disabilities as the lack of a greater incentive reflective practice. Reflective practice that is presented as a possible potentiating learning action. At last, were cited several learning by the eight coaches in different situations lifelong learning. Therefore, the informations leads us to reflections on our current education system and the learning organization, where there have been certain strategies (pedagogical action, reflective journals, online forums, mentoring) with potential for professional development of coaches.

Keywords: Coach. Lifelong learning. Coach development. Soccer.

Sumário

CAPÍTULO 1, 23
1 INTRODUÇÃO, 23
1.1 CONTEXTUALIZAÇÃO DO PROBLEMA, 23
1.2 OBJETIVOS, 25
1.2.1 Objetivo geral, 25
1.2.2 Objetivos específicos, 25
1.3 JUSTIFICATIVA, 25
1.4 ESTRUTURA GERAL DO ESTUDO, 27

CAPÍTULO 2, 29
2 REVISÃO DE LITERATURA, 29
2.1 O TREINADOR ESPORTIVO: análise em periódicos nacionais, 29
2.2 APRENDIZAGEM DOS TREINADORES AO LONGO DA VIDA, 37
2.2.1 As situações de aprendizagem do treinador esportivo, 41
2.2.1.1 Situação de Aprendizagem Formal, 42
2.2.1.2 Situação de Aprendizagem Não-formal, 44
2.2.1.3 Situação de Aprendizagem Informal, 45
2.2.2 A prática reflexiva como componente da aprendizagem, 50

CAPÍTULO 3, 53
3 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS, 53
3.1 ASPECTOS ÉTICOS, 53
3.2 CARACTERIZAÇÃO DO ESTUDO, 53
3.3 AMOSTRA, 53
3.3.1 Treinadores, 53
3.3.2 Coordenadores técnicos, 54
3.4 INSTRUMENTOS PARA COLETA DE DADOS, 54
3.4.1 Rappaport Time Line, 54
3.4.2 Entrevista semiestruturada, 55
3.5 PROCEDIMENTOS PARA COLETA DOS DADOS, 56
3.5.1 Treinadores, 56
3.5.2 Coordenadores técnicos, 57
3.6 TRATAMENTO E ANÁLISE DOS DADOS, 57

CAPÍTULO 4, 59
4 RESULTADOS E DISCUSSÃO, 59
4.1 APRENDIZAGENS DOS TREINADORES NO DECORRER DA HISTÓRIA DE VIDA, 59
4.1.1 Aprendendo nas experiências com os familiares, 59
4.1.2 Aprendendo nas experiências enquanto atletas, 62
4.1.3 Aprendendo no período de certificação/formação e atualização profissional, 66
4.1.3.1 Formação acadêmica e a formação continuada, 66
4.1.3.2 Eventos – workshops, congressos, seminários, 68
4.1.4 Aprendendo nos episódios de acompanhamento com outros profissionais/escolas do futebol, 72
4.1.5 Aprendendo nas experiências como treinadores, 76
4.1.6 Aprendendo pela prática reflexiva, 81
4.1.7 Aprendendo com a organização e como se tornar um treinador do clube, 88

CAPÍTULO 5, 99
5 CONSIDERAÇÕES FINAIS, 99

REFERÊNCIAS, 103
APÊNDICES, 121
ANEXOS, 145

Referência

TOZETTO, Alexandre Vinícius Bobato. Desenvolvimento profissional de treinadores de futebol: Perspectiva de aprendizagem ao longo da vida. 2016. 147 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Centro de Desportos, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2016.
Cadastre-se para receber novidades