Biblioteca

Seja um dos 26 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
ISSN 1806-9584
Seção temática Gênero, tecnologias e (novas) formas de subjetivação nas práticas esportivas

Ethos militar e masculinidades nos esportes olímpicos

Periódico / Revista

Revista Estudos Feministas

Número

n. 2

Ano

2021

Volume

v. 29

Tema

Seção temática Gênero, tecnologias e (novas) formas de subjetivação nas práticas esportivas

Arquivos

Resumo

O artigo em tela tem como objetivo central produzir uma reflexão crítica, a partir da categoria atletas militares, sobre os novos processos e formas de subjetivação esportiva. No limite, este texto pretende indicar aproximações e dissonâncias, tensões e distensões, entre os regimes esportivo e militar. Para tanto, buscamos produzir uma revisão bibliográfica e documental, somada a alguns estudos de caso e dados etnográficos, partindo da análise interseccional de três concepções centrais para esta investigação: a) ethos militar, b) olimpismo e c) masculinidade. Nesse sentido, o corpo do atleta militar é pensado como ponto de convergência que ajuda a compreender os processos de subjetivação endógenos aos círculos militares e às práticas esportivas, assim como possíveis fraturas no edifício da masculinidade hegemônica contemporânea.

Palavras-chave: corporeidade; esportes; gênero; masculinidades; militares

Resumen

El artículo en cuestión tiene como objetivo central producir una reflexión crítica, desde la categoría de deportistas militares, sobre los nuevos procesos y formas de subjetividad deportiva. En el límite, este texto pretende señalar aproximaciones y disonancias, tensiones y distensiones, entre los regímenes deportivo y militar. Para ello, buscamos realizar una revisión bibliográfica y documental, sumada a algunos estudios de caso y datos etnográficos, partiendo del análisis interseccional de tres conceptos centrales para esta investigación: a) ethos militar, b) olimpismo y c) masculinidad. En este sentido, el cuerpo del deportista militar se concibe como un punto de convergencia que ayuda a comprender tanto los procesos de subjetivación endógenos a los círculos militares como a las prácticas deportivas, así como posibles fracturas en el edificio de la masculinidad hegemónica contemporánea.

Palabras clave: corporeidad; deportes; género; masculinidades; militares

Abstract

The article in question has as its central objective to produce a critical reflection, based on the category of military athletes, about the new processes and forms of sports subjectivity. At the limit, this text intends to indicate approximations and dissonances, tensions and distensions, between the sports and military regimes. To this end, we seek to produce a bibliographical and documentary review, added to some case studies and ethnographic data, starting from the intersectional analysis of three central concepts for this investigation: a) military ethos, b) Olympism and c) masculinity. In this sense, the body of the military athlete is thought of as a point of convergence that helps to understand the process of subjectivation endogenous both to military circles and sports practices, as well as possible fractures in the building of contemporary hegemonic masculinity.

Keywords: Corporeality; Sports; Gender; Masculinities; Military

Referência

THOMAZ, Diego Wander; SANTOS, Dionys Melo dos; TOLEDO, Luiz Henrique de. Ethos militar e masculinidades nos esportes olímpicos. Revista Estudos Feministas. Florianópolis, v. 29, n. 2, 2021.
Cadastre-se para receber novidades