Biblioteca

Seja um dos 27 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Dissertação

Franquias em campo

uma leitura geográfica da mercantilização do futebol
Ano

2015

Faculdade/Universidade

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo

Tema

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Geografia

Páginas

89

Arquivos

Resumo

A pesquisa busca refletir sobre a produção do espaço urbano, e suas contradições a partir do estudo das Franquias Oficiais de Mercadorias Esportivas em espaços do comércio e do consumo no Estado de São Paulo, que a nosso ver, contribuem para reprodução do urbano. Historicamente, o futebol realizava-se em espaços públicos e abertos, enquanto momento de sociabilidade. Contemporaneamente, embora a presença nesses espaços não tenha desaparecido, estão subjulgados pelo crescente processo de urbanização; ao mesmo tempo, verifica-se que o futebol vem se reproduzindo fora do âmbito jogo, por meio da estratégia de grandes clubes paulistas que buscam um aumento de suas receitas através da expansão de lojas franqueadas, o que revela a transformação dos clubes e do próprio futebol, em signos do consumo. Dessa maneira, a sociabilidade a partir do futebol se torna tanto mediada por mercadorias quanto realizada em espaços-mercadoria como shopping-center, por exemplo. O atual estágio em que o capitalismo se encontra amplia a produção de espaços para consumo massificado, como consequência da vitória do valor de troca sobre o valor de uso.

PALAVRAS-CHAVE: produção do espaço, reprodução do urbano, Franquias Oficiais de Mercadorias Esportivas, signos do consumo, clubes-marca.

Abstract

The research aims to reflect on the production of urban space and its contradictions from the study of Official Franchising of Sports Goods in spaces of trade and consumption in the State of São Paulo. Historically, soccer was realized in public or open spaces, while moment of sociability. Contemporaneously, although the presence of these spaces has not disappeared, they are overwhelmed by the increasing urbanization process; the same time, it appears that soccer has been reproducing outside the game, through the strategy of top clubs from São Paulo who seek an increase of its revenues through the expansion of franchised stores, which shows the transformation of the clubs and their own soccer, in signs of consumption. Thus, sociability from soccer becomes as mediated by commodity as realized in commodity-spaces like shopping mall, for example. The current stage in which capitalism is expands production of spaces for mass consumption, as a result of the victory of exchange value over use value.

KEYWORDS: production of urban space, reproduction of urban, Official Franchising of Sports Goods, signs of consumption, brand-clubs.

Sumário

INTRODUÇÃO, 1

CAPÍTULO 1. As Franquias Oficiais de Mercadorias Esportivas no processo de produção e reprodução geral, 6

  1. 1.1.  Definição e gênese espacial das FOMES: centralidade na periferia, 9
  2. 1.2.  As FOMES revelando caminhos para a valorização do capital, 13

CAPÍTULO 2. Condições para o surgimento das FOMES, 34

  1. 2.1.  Considerações sobre o franchising e sua expansão no Brasil, 38
  2. 2.2.  Transformação dos clubes futebolísticos brasileiros em clubes-marca: em direção ao futebol-negócio, 45

2.2.1. A evolução dos clubes brasileiros: transformações sob um Estado ausente, 46 2.2.1.1. As intervenções políticas na tentativa de alteração do modelo de gestão e organização dos clubes brasileiros, 47

  1. 2.2.2.  Queda do público nos estádios e a intensificação do êxodo de jogadores49
  2. 2.2.3.  Marketing Esportivo e mercantilização/elitização do futebol, 54

2.2.4. Um importante produto do clube-marca: licenciamento esportivo e a produção da pirataria, 56

CAPÍTULO 3. A reprodução do capital no futebol, 60

  1. 3.1.  A expansão do mundo da mercadoria: produção do futebol-negócio, 63
  2. 3.2.  Considerações sobre a produção do espaço e futebol, 66
  3. 3.3.  Renda monopólio e signos do consumo: o clube-marca, 69

CONCLUSÃO, 75 BIBLIOGRAFIA, 80 ANEXOS, 88

Referência

SANTOS, William Jorge Ferreira. Franquias em campo: uma leitura geográfica da mercantilização do futebol. 2015. 89 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.
Cadastre-se para receber novidades