Biblioteca

Seja um dos 26 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Tese

Futebol e Ideologia

A língua e a tatuagem no discurso de sujeitos torcedores da dupla Bra-Pel
Ano

2019

Faculdade/Universidade

Universidade Federal de Pelotas

Orientador(a)

Aracy Graça Ernst

Tema

Tese

Área de concentração

Doutorado em Letras

Páginas

328

Arquivos

Resumo

Na presente pesquisa, a partir do referencial teórico da Análise de Discurso de tradição pecheuxtiana, questiona-se o funcionamento do futebol em nossa sociedade, seus mecanismos ideológicos e seu papel na (re)produção de determinados sentidos e estereótipos, ao mesmo tempo em que se busca compreender o modo como ele interpela os sujeitos torcedores. No trabalho, assume-se o entendimento de que o futebol excede a prática esportiva e a forma de entretenimento, funcionando como um processo que pode forjar tensões entre instâncias distintas, capaz de instaurar discursos que fazem funcionar o motor da ideologia. Trata-se, em especial, dos dois clubes predominantes que compõem o clássico da cidade de Pelotas, situada no interior sul do estado do Rio Grande do Sul (RS), nominados Esporte Clube Pelotas e Grêmio Esportivo Brasil. Nesse viés, o tema do estudo refere-se ao futebol enquanto um potente dispositivo de interpelação, podendo até funcionar similarmente como um aparelho de estado conforme preceitos althusserianos dado seu caráter ideológico na reprodução das condições de produção. Assim, a problemática que fomenta a presente investigação diz respeito à relação existente entre futebol e ideologia, e como tal relação constitui os sujeitos tatuados torcedores dos dois clubes futebolísticos pelotenses. Objetivase, nesse caso, analisar os discursos, materializados na/pela língua e na/pela tatuagem, (re)produzidos por esses sujeitos na tentativa de se compreender o funcionamento da ideologia e do inconsciente no contexto futebolístico da cidade. O arquivo da pesquisa abrange, portanto, depoimentos de sujeitos tatuados torcedores, homens e mulheres, a respeito da sua relação com seu time, e também, de sua relação com o time adversário, somado a fotografias de tatuagens que esses sujeitos materializaram em seus corpos, alusivas a um dos dois times em questão. Trabalha-se, precisamente, com a língua e com o corpo-tatuado como formas materiais de subjetivação e textualização discursiva e, dessa forma, entende-se que se o sujeito se identifica com a língua para poder dizer, ele também se identifica com o seu corpo para significar no espaço em que vive. Logo, compreende-se que é na materialização do discurso, por meio de sua formulação e textualização que a memória se atualiza. Materializado, o discurso circula e movimenta-se, e nesse trajeto dos dizeres, é preciso observar o funcionamento do que é produzido, repetido, apagado e/ou renovado. Em outras palavras, ao analisar as entrevistas dos sujeitos tatuados torcedores áureo-cerúleo e rubro-negro e as tatuagens futebolísticas, deseja-se entender o que foi dito, o que se repete, o que se apaga, o que rompe, o que renova. Para tanto, observam-se dois funcionamentos discursivos selecionados na leitura do arquivo, sejam eles: o funcionamento da formação discursiva e o funcionamento de sobredeterminação. Observada a identificação dos sujeitos torcedores com seu clube, acredita-se que o estudo dos processos de subjetivação que os mesmos se utilizam para significar possibilita a compreensão do funcionamento ideológico da própria sociedade.

Palavras-chave: Futebol. Ideologia. Língua. Tatuagem. Sentidos.

Abstract

In this present study, based on Michel Pêcheux’s Discourse Analysis tradition, the role of football in society, its ideological mechanisms and its role in the (re) production of certain meanings and stereotypes are examined. It also attempts to comprehend, at the same time as if it tries to understand the way in which the football interpellates the subjects. This thesis adopts the theory that football exceeds sporting practice and the entertainment format, acting as a process that can forge tensions between distinct entities, capable of instituting discourses that make working the engine of ideology work. These entities in particular are the two football clubs that constitute the derby of the city of Pelotas, located in the south of the State of Rio Grande do Sul (RS). They are called Esporte Clube Pelotas and Grêmio Esportivo Brasil. With this bias, the subject of study is of soccer as a powerful device of interpellation, being able to function similarly as a state apparatus according to Althusserian notions given its ideological character in the reproduction of the conditions of production. The question that has therefore prompted this study relates to the current relationship between soccer and ideology and how this relationship constitutes itself through the tattooed supporters/subjects of the two soccer clubs. In this case, the objective is to analyze the discourses that are materialised in/by the language and in/by the tattoo, (re)produced by these subjects in an attempt to understand the functioning of the ideology and the unconscious within the context of soccer in the city. The research portfolio was therefore gathered using testimonials of tattooed subjects, both men and women, regarding their relationship with their soccer team, as well as their relationship with the opposing team, and photographs of that tattoos that the subjects materialized on their bodies relating to one of the two teams. The language and the tattooed bodies are material forms of subjectivation and discursive textualization, and in this way, it is understood that if the subjects identify themselves with the language to be able to say, they also identify their body as a place in which this language can signify them in the space that they live. Therefore, it is understood that in the materialization of discourse, through its formulation and textualization, memory is updated. Once materialised, the discourse circulates and moves and what needs to be observed is the function of what is produced, repeated, erased and/or renewed. In other words, when analyzing the interviews of the tattooed subjects of supporters of both teams and their soccer tattoos, the focus was on understanding what was said, what is repeated, what is erased, what is broken and what is renewed. In order to do so, we observe two discursive functions selected from the reading the research portfolio, these being: discursive formation’s function and overdetermination. By observing the identification of the supporters with their clubs, it is believed that the study of the processes of subjectivation that they use to signify makes possible the understanding of the ideological functioning of society itself.

Keywords: Football. Ideology. Language. Tattoo. Sense.

Sumário

PRIMEIRAS PALAVRAS, 16

1 FUTEBOL, 28
1.1 O panorama científico sobre o futebol, 29
1.2 A história do futebol, 39
1.3 A relação com a política, 50

2 FUTEBOL E IDEOLOGIA, 79
2.1 O futebol na cidade de Pelotas, 81
2.2 A dupla Bra-Pel, 88
2.3 A ideologia da bola, 116

3 DELIMITAÇÕES METODOLÓGICAS, 134
3.1 O arquivo, o corpus e a construção da metodologia, 136
3.2 A interpretação na Análise de Discurso, 145

4 PRODUÇÃO DE UM GESTO ANALÍTICO, 153
4.1 Uma leitura sobre os processos de subjetivação, 153
4.1.1 Recorte 1: O discurso materializado na/pela língua, 182
4.1.2 Recorte 2: O discurso materializado na/pela tatuagem, 213

PALAVRAS FINAIS, 246
REFERÊNCIAS, 256
ANEXOS, 273

Referência

SILVA, Naiara Souza da. Futebol e Ideologia: A língua e a tatuagem no discurso de sujeitos torcedores da dupla Bra-Pel. 2019. 328 f. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2019.
Cadastre-se para receber novidades