Biblioteca

Seja um dos 14 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
ISSN 0101-3289

Futebol e “imaginário nacional” helvético (1920-1942): os jogos Suíça-Alemanha no entreguerras vistos pela imprensa suíça francófona

Número

n. 3

Ano

2010

Volume

v. 31

Área de concentração

Educação Física/Ciências do Esporte

Cidade

Campinas

Páginas

p. 11-22

Arquivos

Resumo

Nosso objetivo é procurar circunscrever o processo de construção de representações nacionais helvéticas por meio de uma sucessão de eventos esportivos: as partidas de futebol entre os times nacionais suíços e alemães entre 1920 e 1942. Os elementos destacados testemunham a celebração de um imaginário nacional helvético. Neutros, unidos, indomáveis, homogêneos, os jogadores de futebol suíços são a parte em movimento de um imaginário nacional, definindo-se diante de um Outro, alemão. E, se os resultados não são sempre favoráveis, a caracterização nacional, que se coloca igualmente nos relatos dos defeitos helvéticos, permite-nos afirmar o caráter perene dessas representações.

Resumo (outro idioma)

Nuestro objetivo es procurar circunscribir el proceso de construcción de representaciones nacionales helvéticas por medio de una serie de eventos deportivos: los partidos de fútbol entre los equipos nacionales suizos y alemanes entre 1920 y 1942. Los elementos destacados testimonian la celebración de un imaginario social helvético. Neutrales, unidos, indomables, homogéneos, los futbolistas suizos son la parte en movimiento de un imaginário nacional, definiéndose frente al Otro alemán. Si los resultados no siempre son favorables, la caracterización nacional, que se pone igualmente en los relatos de los defectos helvéticos, nos permite afirmar el carácter perenne de esas representaciones.

Abstract

Our ambition is to try to circumscribe the construction process of some Swiss national representations, through a succession of major sporting events: football matches between national teams Swiss and German between 1920 and 1942. The elements highlighted emphasize the celebration of a Swiss imagined communities. Neutral, united, fierce, homogeneous, the Swiss football players are the moving portion of an Imagined communities, constantly redefining itself toward an Other German. And if the results are not always favorable, national characterization operating also in the Swiss accounts of defeats, allows us to affirm the sustainable nature of these representations.

Referência

QUIN, Grégory Etienne. Futebol e “imaginário nacional” helvético (1920-1942): os jogos Suíça-Alemanha no entreguerras vistos pela imprensa suíça francófona. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Campinas, v. 31, n. 3, p. 11-22, 2010.
Ludopédio

Acompanhe nossa tabela do Campeonato Brasileiro - Série A