A relação Rio Claro Futebol Clube e companhia de estradas de ferro

Biblioteca

Seja um dos 25 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
ISSN 2358-1239

Futebol, ferrovia e paternalismo: A relação Rio Claro Futebol Clube e companhia paulista de estradas de ferro, 1909-1931

Número

n. 3

Ano

2018

Volume

v. 5

Cidade

Belo Horizonte

Páginas

p. 67-88

Arquivos

Resumo

Este artigo analisa três pontos principais: i) o desenvolvimento do futebol operário em Rio Claro mediante a criação do Rio Claro Futebol Clube; ii) a influência do paternalismo da Companhia Paulista de Estradas de Ferro sobre a agremiação futebolística frequentada pelos trabalhadores ferroviários; iii) e os fatores que levaram ao declínio deste influxo. A adesão dos ferroviários ao futebol, além de possibilitar o distanciamento momentâneo da extenuante rotina de trabalho, contribuía para o fortalecimento dos laços do grupo. A direção da Paulista, disposta a vigiar as ações de seus funcionários fora do universo fabril, empenhou-se em intervir nos rumos do Rio Claro F. C.. Contudo, esse processo veio acompanhado de tensões, especialmente com os comerciantes e filhos de imigrantes italianos que passaram a adquirir maior relevância no cotidiano da agremiação.

Como citar

MINA, Renan Vidal; ALMEIDA, Marco Antonio Bettine de. Futebol, ferrovia e paternalismo: A relação Rio Claro Futebol Clube e companhia paulista de estradas de ferro, 1909-1931. Ludopédio, São Paulo, , 2021.
Cadastre-se para receber novidades