Biblioteca

Seja um dos 26 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Dissertação

Futebol se aprende na escola

novas práticas de sociabilidade esportiva no contexto urbano
Ano

2007

Faculdade/Universidade

Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos

Tema

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Ciências Sociais

Páginas

131

Arquivos

Resumo

Nesta dissertação procuramos investigar o complexo processo de aprendizagem do futebol no Brasil, focando uma cidade média do interior de São Paulo. Geralmente, tal processo é atribuído aos fatores mais essencializados que permeiam as representações do jogar ‘à brasileira’ (dom, jeito inato), distanciando a apreensão do fenômeno como uma construção simbólica e material essencialmente constitutivas. Procuraremos retomar essa discussão, tendo como recorte empírico o fenômeno emergente das chamadas "escolinhas de futebol" (públicas e privadas) como co-partícipes desse processo. Por um lado, o surgimento dessas “escolinhas”, nas décadas de 70 e 80, trouxe à tona a contraposição entre diferentes concepções sobre as formas do jogar, aprender e representar o futebol no país e, por outro lado, fomentou os investimentos de políticas sociais de lazer mais voltadas à juventude. Compreender esse processo é possibilitar, a partir do instrumental teórico e metodológico das Ciências Sociais, a apreensão de uma importante faceta da sociabilidade esportiva disseminada em alguns centros urbanos brasileiros.

Palavras-chave: futebol, escolinhas de futebol, projetos sociais, antropologia.

Abstract

Our aim is to investigate the complex process of learning football in Brazil. The focus of our analysis will be an average size city in São Paulo countryside. Usually, this learning process is related to essential factors which are linked to the representations of playing typically brazilian football, that means a natural gift. Which is completely different from the process that is symbolically and materially built. We will focus our discussion in the phenomenon of the “football schools”, both the public and the private ones, as an example of co-participation in this process. The origin of these football schools in the seventies and eighties brought different conceptions about the way of playing, learning and representing football in the country. On the other hand, it increased the investments in social policies of leisure related to the youth. While we tried to understand this process, making use of theoretical instruments of Social Science, we could comprehend an important part of the sport sociability spread in some brazilian urban centers.

Key-words: football, football schools, social projects, Anthropology.

Sumário

INTRODUÇÃO, 9
 
PARTE I
As “escolinhas” e a prática social do futebol, 12
Projetos sociais e “escolinhas” de esportes, 23
Projeto “Saúde na Bola, Saúde na Escola” – Araraquara, 27
As “escolinhas” dos bairros Selmi-Dei e Yolanda Ópice, 40
Os treinos, 50
PARTE II
DETLA/AMODAB/SÃO CAETANO: o público, a sociedade civil e a iniciativa privada, 57
A Tríade, 61
Os que não buscam profissionalização, 72
Os significados do ensinar/aprender a jogar futebol, 76
O sistema simbólico dos boleiros: família/trabalho, 78
religiosidade-dom, 80
masculinidade, 84
A preeminência do pé direito, 93
Lógica da prática: a transmissão do conhecimento e a incorporação das técnicas, 100
Opostos e complementares: os dois lados da mesma moeda, 102
A formatação do corpo e a incorporação das técnicas, 107
CONSIDERAÇÕES FINAIS,120
REFERÊNCIAS,122

Futebol se aprende na escola – Por Claudemir José dos Santos

Referência

SANTOS, Claudemir José dos. Futebol se aprende na escola: novas práticas de sociabilidade esportiva no contexto urbano. 2007. 131 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2007.
Cadastre-se para receber novidades