Biblioteca

Seja um dos 25 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Dissertação

Jornalismo esportivo na Copa de 1998

Uma tentativa de análise crítica das críticas
Ano

1999

Faculdade/Universidade

Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Tema

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Comunicação

Páginas

195

Arquivos

Resumo

Observando as várias apreciações e análises realizadas pelo jornalismo esportivo, referentes a jogadores e técnicos de futebol, notou-se um procedimento diferenciado em relação às críticas que os mesmos sofriam. Na maioria das vezes, técnicos e jogadores recebiam uma denominação que intencionou interpretar o seu comportamento técnico – tático. Sendo assim, a investigação concentra seu principal enfoque na apresentação das principais críticas jornalísticas feitas a jogadores e técnico da seleção brasileira durante a Copa Ouro e a Copa do Mundo de 1998. Descritos esses episódios, foi possível fazer uma análise dos aspectos que os fundamentaram, ou das questões que fundamentaram a crítica jornalística esportiva em curso. A exemplo, citam-se os episódios do corte do jogador Romário, a apreciação do árbitro no jogo entre Brasil e Noruega, as avaliações feitas do desempenho do jogador Bebeto durante a Copa, as apreciações dos adversários do Brasil, a interpretação das idéias do técnico brasileiro através das substituições realizadas nos jogos, o caso Ronaldinho e a derrota para a França, entre outros. Desta forma, foi possível relacionar as apreciações jornalísticas provenientes da descrição dos episódios com questões de entendimento técnico – tático, e valores e princípios que norteiam a atividade jornalística. Concluiu-se que as notícias e os comentários, na maioria dos casos descritos, não possuíam uma boa explicação, uma boa fundamentação de natureza tática. Predominantemente caracterizaram-se por serem de natureza pontual, ou seja, abrangiam na sua grande maioria aspectos isolados. Não foi possível perceber uma análise tática do jogo bem explicitada e fundamentada, foram sempre colocações que surgiam isoladamente conforme a posição do comentarista ou analista. Isso caracterizou uma ausência de fundamentação maior das críticas a jogadores e ao técnico. Sob o ponto de vista dos princípios do jornalismo, verificou-se uma regularidade de erros importantíssimos na elaboração e realização destas críticas, ou seja, em muitos casos o jornalista se apresentou como um torcedor ou como se estivesse assumindo a função de treinador. Notou-se, portanto, em relação às apreciações técnico – táticas dentro do jornalismo esportivo, um comportamento não compatível com os princípios da profissão e a conseqüente possibilidade de falsificação dos fatos.

Abstract

Observing the several apreciation and analysis made by sporting news, referring to football players and technicians, has observed a difference proceeding in respect to criticism to them. Many times players and technicians receveid a denomination that intended to interpret their tactics technical behaviour. This way, the investigation had aim to focalize the presentation of the principal sporting news criticism, referring to players and technicians, of Brazilian selection during the Gold Cup and World Cup 1998. After this occurence, it was possible to make a analyses of this aspects to justificate or subject that justificate this sporting news criticism. A exemple, mention the retirement of player named Romário, the arbiter’s apreciation in the game between Brazil and Norway, the evalvations made to performance of the player Bebeto during the Cup, the apreciation of opponents of Brazil, the interpretation of Brazilian’s technician through out the substituitions in the games, the Ronaldinho’s case and defeat to France and others. Then, it was possible to relate the sporting news apreciation deriving from description of occurences with tactics technical aggreement and values and origin that command the sporting news activity. Concluded that, news and commentaries in many cases mentioned, did not passess good explanations and justificatives in their tactics nature. Predominantly, they characterize by their punctual nature because they embranced in many times in a isolate aspects. It wasn’st possible to preceive the game tactics analysis, in order to foundament their mentions, were a consequence of isolate cases, in the point of view of analysts or commentators. This data characterized a fault of criticism basis to players and technician. In the point of view of journalism, verified a regularity of mistakes very important in na elaboration and realization of criticisms. So, in many cases the journalist presented like a rooter or like he assuming the trainer function. Observed, therefore in respecting to technical tactics apreciation, inside sporting news, a behaviour was not compatible to principles of profession, and the consequent possibility of adulteration of events.

Sumário

1. INTRODUÇÃO, 10

PARTE I
2. A CRÍTICA EM ANDAMENTO – DESCRIÇÃO DOS FATOS, 15
2.1 Copa Ouro, 15
2.1.1 Os ‘Bad – Boys’, 17
2.1.2 Futebol burocrático, 21
2.1.3 Futebol inventivo, 22
2.1.4 A campanha brasileira na Copa Ouro, 24
2.1.5 Zagallo e o auxiliar, 28
2.2 Copa do Mundo, 35
2.2.1 A apreciação da notícia em fatos relacionados com os jogadores, 35
2.2.1.1 O corte de Romário, 35
2.2.1.2 Bebeto expiatório, 42
2.2.1.3 Giovanni: o morfético, 50
2.2.1.4 Taffarel: o contestado, 52
2.2.1.5 Dunga e seu desempenho, 63
2.2.1.6 Emerson, o desconhecido, 69
2.2.2 Apreciação da arbitragem, 73
2.2.3 Comentários selecionados dos jogos da Seleção, 80
2.2.3.1 Apreciação dos adversários, 80
2.2.3.2 A revanche, 93
2.2.3.3 A vitória contra a Holanda: a conquista do penta, 99
2.2.3.4 Frustração da derrota e a busca de explicação, 102
2.2.3.5 Considerações sobre a PARTE I, 117
 
PARTE II
3. A TÁTICA, 135
3.1 Teoria da tática, 135
3.1.1 Conceitos, 135
3.1.2 Fatores influenciadores, 138
3.1.3 Considerações sobre os conceitos e os fatores que influenciam na tática, 140
3.1.4 O jogo e seus elementos, 143
3.1.4.1 Defesa, 143
3.1.4.2 Marcação, 144
3.1.4.3 Ataque, 145
3.1.4.4 Contra – ataque e equilíbrio defensivo, 146
3.1.4.5 Sistema, 147
3.1.5 Foucault e o histórico do futebol, 149
3.1.6 Considerações sobre a apreciação jornalística de tática em relação às críticas ao treinador, 161
3.2 Considerações sobre as análises críticas descritas na primeira parte, 167
 
4. CONSIDERAÇÕES FINAIS, 172
 
5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS, 175
 
6. BIBLIOGRAFIA DE REFERÊNCIA, 180
7. ANEXOS, 181

Referência

SCHMITZ FILHO, Antonio Guilherme. Jornalismo esportivo na Copa de 1998: Uma tentativa de análise crítica das críticas. 1999. 195 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1999.
Cadastre-se para receber novidades