Biblioteca

Seja um dos 17 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Dissertação

O capital intelectual e a geração de valor no mercado de jogadores de futebol

Ano

2021

Faculdade/Universidade

Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, Universidade Federal da Paraíba

Tema

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Ciências Contábeis

Páginas

67

Arquivos

Resumo

O futebol é um desporto de renome mundial, que transborda as barreiras do entretenimento. Quando se trata de transações, o Brasil é um dos países mais participativos na transferência de jogadores internacionais. Em 2020, o futebol movimentou cerca de US$ 5,63 bilhões de dólares, dos quais US$ 734 milhões em transações de jogadores brasileiros (MUNDIM, 2021). Apesar das emoções que giram em torno desse mercado, os clubes são instituições tradicionais, cuja particularidade é o fato de os personagens principais de seus sucessos serem seus ativos intangíveis, ou seja, seus jogadores. Poucos clubes brasileiros têm condições financeiras de fazer grandes investimentos, porque a maior parte deles tem um grau de profissionalização de gestão baixo e ineficiente bem como dívidas altíssimas (GIOVANNETTI; ROCHA; SANCHES; SILVA, 2006). Em contrapartida, os ativos intangíveis desses clubes – os jogadores – têm um alto potencial de lucratividade com grande capacidade de gerar riqueza que podem ser usados como uma válvula de escape para melhorar sua situação financeira. O objetivo desta dissertação é de analisar os determinantes dos valores de mercado dos 500 jogadores de futebol brasileiros mais valorizados (ano 2019), tendo como variáveis explicativas os indicadores de capital intelectual. A base de dados advém do site Transfermarket (comumente utilizado em periódicos esportivos internacionais como fonte de informação dos valores de mercado dos jogadores). Nas análises, foram utilizadas estatísticas descritivas e estimações de modelos de dados em painel com controle dos efeitos fixos do jogador, dos efeitos fixos do clube e da interação clube-ano. Em resumo, os resultados encontrados possibilitaram inferir que as variáveis relacionadas ao capital humano (idade, jogos disputados no ano e gols e assistências) são determinantes para o valor de mercado do jogador e que o valor do clube (capital estrutural) é uma variável significativa, que indica que o fato de jogar em um clube de elevado valor agregado contribui para aumentar o valor de mercado do jogador. Conclui-se que, o valor de mercado dos jogadores de futebol é determinado por um conjunto de variáveis que podem ser explicadas por componentes do capital humano (habilidades do indivíduo), capital estrutural (infraestrutura que apoia o capital humano) e o capital relacional (habilidade do indivíduo de se relacionar). O entendimento da precificação pode auxiliar os clubes a melhorarem sua gestão e aumentarem a possibilidade de êxito financeiro, uma vez que as transferências de jogadores são a segunda principal fonte de renda dos clubes e só perdem para as cotas de transmissão.

Palavras-chave: Ativos intangíveis; capital humano; capital estrutural; capital relacional

Abstract

Football is a renowned sport in the world that overflows the barriers of entertainment. When it comes to transactions, Brazil was the most participatory country in the transfer of international players. Football generated about 5.63 billion dollars in 2020, of which 734 million in transactions by Brazilian players (MUNDIM, 2021). Despite the emotions that revolve around this market, clubs are traditional institutions that have as their particularity the main characters of their successes, their intangible assets, that is, their players. Few Brazilian clubs have the financial conditions to make large financial investments since most of them have a low and inefficient degree of management professionalization, as well as very high debts (GIOVANNETTI; ROCHA; SANCHES; SILVA, 2006). In contrast, the intangible assets of these clubs – the players – have a high profit potential with great capacity to generate wealth that can be used as an escape valve for clubs to improve their financial situation. The objective of this master’s dissertation is to analyze the determinants of the market values of the 500 most valued Brazilian soccer players using the intellectual capital indicators as explanatory variables. The database comes from the transfermarket website. The transfermarket is a British site, whose duties include determining the market values of athletes, and is constantly used in international sports journals. Descriptive statistics and panel data model estimates were used in the analyzes to control the player’s fixed effects, the club’s fixed effects and the effects of player-year and club-year interactions. The results found allow us to indicate that: (i) variables related to human capital (games played in the year, games for the selection and individual titles received by the player) contribute to increase the player’s market value; (ii) The value of the club (structural capital) indicates that playing in a high value-added club contributes to increasing the player’s market value. We concluded that the market value of soccer players is determined by a set of variables that can be explained by components of human capital (skills of the individual), structural capital (infrastructure that supports human capital) and relational capital ( ability of the individual to relate). Understanding pricing can help clubs improve their management and increase the possibility of financial success, since player transfers are the second main source of income for clubs and are second only to transmission quotas.

Key words: Intangible assets; human capital; structural capital; relational capital.

Sumário

1 INTRODUÇÃO, 14
1.1 Contextualização do tema, 14
1.2 Problema de pesquisa, 16
1.3 Objetivos, 18
1.3.1 Geral, 18
1.3.2 Específicos, 18
1.4 Justificativa, 18

2. APORTES TEÓRICOS SOBRE O CAPITAL INTELECTUAL E A REVISÃO DA LITERATURA, 22
2.1 Capital intelectual, 22
2.1.1 Capital humano, 26
2.1.2 Capital estrutural, 28
2.1.3 Capital relacional, 29
2.2 Estudos correlatos, 3

3 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS, 34
3.1 Metodologia econométrica, 34
3.2 Base de dados e variáveis, 39

4 RESULTADOS, 41
4.1 Análise descritiva, 41
4.2 Análise econométrica, 47

5 CONCLUSÃO, 54
REFERÊNCIAS, 57

Referência

LOPES FILHO, Leonardo Luiz. O capital intelectual e a geração de valor no mercado de jogadores de futebol. 2021. 67 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2021.
Cadastre-se para receber novidades