O ‘coming out’ compulsório de atletas olímpicas lésbicas

Biblioteca

Seja um dos 18 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
ISSN 1678-1813
Dossiê Olhares Cruzados sobre a Normalização

O ‘coming out’ compulsório de atletas olímpicas lésbicas

Periódico / Revista

Enfoques

Número

n. 2

Ano

2021

Volume

v. 18

Tema

Dossiê Olhares Cruzados sobre a Normalização

Cidade

Rio de Janeiro

Páginas

p. 247-261

Arquivos

Resumo

O coming out (“saída do armário”) como escolha particular deveria dar-se no tempo determinado pelos sujeitos que optam por tal decisão. Porém, quando se trata de pessoas públicas, muitas vezes não tem sido essa a prática. Atletas olímpicas lésbicas têm experimentado um modo compulsório de coming out que se dá a partir dos meios de comunicação. Entendendo os Jogos Olímpicos como um cenário arranjado e receptivo aos mesmos conflitos da vida ordinária, este artigo discute a estrutura heterossexista que ainda cerca o esporte e, para atestar essa ocorrência, analisa as narrativas das próprias atletas olímpicas. Como argumento para explicar o coming out compulsório, mobiliza-se o conceito de vontade de saber de Michel Foucault, isto é, a ideia de um controle social que submete o sujeito à explanação de sua sexualidade, objetivando capturar os “desviantes” para adequá-los à norma dominante.

Palavras-chave: lésbicas, coming out, homossexualidade, estudos olímpicos, esporte e sexualidades

Abstract

Coming out as a private choice should be take place at the time determined by the subjects who choose to do so. However, when it comes to public people, this has often not been the practice. Lesbian Olympic athletes have experienced a compulsory mode of coming out that occurs through the media. Understanding the Olympic Games as an arranged scenario receptive to the same conflicts as ordinary life, The Compulsory Coming Out of Lesbian Olympic Athletes discusses the heterosexist structure that still surrounds the sport and, to attest this occurrence, analyzes the narratives of the Olympic athletes. As na argument to explain compulsory coming out, Michel Foucault’s concept of the will to knowledge is mobilized, that is, the idea of a social control that incites the subject to talk about his sexuality, aiming to capture the “deviants” and fit them to the dominant norm.

Keywords: lesbians, coming out, homosexuality, olympic studies, sports and sexualities

Referência

FRANCISCO, Waleska Vigo. O ‘coming out’ compulsório de atletas olímpicas lésbicas. Enfoques. Rio de Janeiro, v. 18, n. 2, p. 247-261, 2021.
Cadastre-se para receber novidades