Biblioteca

Seja um dos 30 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Dissertação

O jogo de forças no futebol midiatizado

A nova relação entre clubes e repórteres setoristas Silva
Ano

2017

Faculdade/Universidade

Unidade Acadêmica de Pesquisa e Pós-graduação, Universidade do Vale do Rio dos Sinos

Tema

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Ciências da Comunicação

Páginas

164

Arquivos

Resumo

Esta pesquisa trata das novas relações entre os clubes de futebol e os veículos tradicionais de comunicação a partir dos processos de midiatização que permearam a sociedade. Parte-se do pressuposto de que, favorecidos pelos os novos dispositivos de comunicação e pelo domínio das lógicas de mídia, os clubes de futebol constituíram seus departamentos de imprensa e passaram eles próprios a produzir seus conteúdos. Deixaram de ser apenas fontes e viraram integrantes ativos do tecido comunicacional. Essa mudança fez com que alterassem a forma de conviver com os veículos tradicionais, deflagrando uma disputa entre o campo midiático e o campo esportivo. Como conceito de campo, utilizamos o formulado por Bourdieu (2004), segundo o qual se tratam de espaços autônomos, com leis próprias e integrantes de um macrocosmo. Acreditamos que essa passagem dos clubes de futebol, em relação à mídia, de uma postura reativa para posição ativa provocou o que Fausto Neto (2008) definiu como zonas de afetação entre setores de uma sociedade midiatizada. Entendemos, assim como José Luiz Braga (2012), que estão nesses novos modos de se relacionar dessa sociedade o alvo para o qual devemos direcionar nossas pesquisas. Para estudar esse novo modelo de relacionamento entre clubes de futebol e repórteres setoristas e as afetações que causam na produção jornalística, nos debruçamos sobre os casos do Sport Club Internacional e do jornal Zero Hora, ambos de Porto Alegre, usando a análise de conteúdo como principal metodologia de estudo, conjugada com pesquisa exploratória e entrevistas. A partir de observação do material publicado pelo site oficial do clube e pelo ColoradoZH, entendemos que as alterações nas relações entre fonte e repórter estão mudando a cobertura esportiva nos veículos tradicionais de comunicação e colocando no cenário midiático um novo integrante, a mídia oficial dos clubes de futebol.

Palavras-chave: Jornalismo esportivo. Clubes de futebol. Repórteres setoristas. Disputa de campo. Midiatização.

Abstract

This research deals with the new relationship between football clubs and traditional media outlets, after the mainstream media processes have been a part of society. You start with the assumption that, favoured by the new communication devices and by knowing how to handle this new kind of media, football clubs have assembled their press offices and started, themselves, to produce new content. The clubs have stopped being only sources of information and became active members of the communicational world. That change made the whole relationship with mainstream media different, which created a dispute bewtween the media field and the sports field. By field, we use the concept formulated by Bordieu (2004), in which he claims they’re autonomous spaces, with their own laws, both integrating a macrocosmos. We believe that this shift in football clubs and their relation to the media, from being a reactive to an active agent, provoked what Fausto Neto (2008) has defined as “zones of affectation” among sectors of a mediated society. We understand, as José Luiz Braga (2012) does, that the targets in which we must point our researches are in this new relations with society. To study this new relationship way involving football clubs, specialized reporters and the affectations that they cause in the journalistic process, we looked onto the cases of Sport Club Internacional and the newspaper Zero Hora, both from Porto Alegre, using content analysis as the main study methodology, along with exploratory research and interviews. From observing the material published at the club’s official website and at ColoradoZH, we understand that the alterations in the relations between source and reporter are shifting the sports coverage at the traditional media outlets, and puting at the media scene a new member: the offical media of the football clubs.

Key-words: Sports journalism; Football clubs; Especialized reporter; Field dispute; Mediatization.

Sumário

1 APRESENTAÇÃO DE TEMA E ESTRUTURAÇÃO DA INVESTIGAÇÀO, 15
1.1 JUSTIFICATIVA E ESTADO DA ARTE, 19
1.2 O CAMINHO DOS CLUBES ATÉ SUAS MÍDIAS, 27
1.3 A FONTE VIRA UMA MÍDIA, 30
1.4 O ESPORTE COMO PRODUTO, 31
1.5 A ARQUITETURA DA DISSERTAÇÃO, 33

2 O CAMINHO METODOLÓGICO, 35
2.1 A ENTREVISTA E A VISÃO DOS CHEFES DE EQUIPE, 37
2.1.1 Numa sala exígua na Zero Hora, 38
2.1.2 Na nova redação ao lado do vestiário, 39
2.2 ETNOGRAFIA PARA CONHECER OS AMBIENTES DE TRABALHO, 41
2.3 A ANÁLISE DE CONTEÚDO PARA OLHAR O COLORADO ZH E O SITE OFICIAL, 43
2.3.1 O universo analisado e suas categorias, 44

3 INTERAÇÕES EM TEMPOS DE MIDIATIZAÇÃO, 47
3.1 OS CAMPOS E AS ZONAS DE ATRITO, 52
3.2 MÍDIA DAS FONTES, 59

4 JORNALISMO ESPORTIVO, ESPETÁCULO E MIDIATIZAÇÃO, 68
4.1 OS CLUBES MIDIATIZADOS, 74

5 UMA SEMANA DE NOTÍCIAS E DOIS LADOS, 86
5.1 O INTER E SUA MÍDIA, 86
5.1.1 O site oficial, 89
5.1.2 A revista do inter, 90
5.1.3 A TV Inter, 91
5.1.4 Nas redes sociais, 95
5.2 A EDITORIA DE ESPORTES QUE É QUASE UM JORNAL, 98
5.3 O INTERNACIONAL VISTO POR DOIS ÂNGULOS, 103
5.3.1 Analítico, 105
5.3.2 Serviço, 109
5.3.3 Cobertura, 112
5.3.4 Instituição, 119
5.3.5 Base, 122
5.3.6 Terceiros, 124

6 CONSIDERAÇÕES FINAIS, 130

REFERÊNCIAS, 136
APËNDICE A – ENTREVISTA 1, 143
APËNDICE B – ENTREVISTA 2, 157

Referência

SILVA, Leonardo Oliveira da. O jogo de forças no futebol midiatizado: A nova relação entre clubes e repórteres setoristas Silva. 2017. 164 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Comunicação) - Unidade Acadêmica de Pesquisa e Pós-graduação, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2017.
Cadastre-se para receber novidades