Biblioteca

Seja um dos 25 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Monografia

O papel do futebol na promoção dos regimes militares do Brasil e da Argentina

Ano

2005

Faculdade/Universidade

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Orientador(a)

Manoel Neto

Tema

Monografia

Área de concentração

Relações Internacionais

Páginas

90

Arquivos

Resumo

O objetivo deste trabalho é tentar demonstrar que, além de vários outros instrumentos de promoção política, os regimes autoritários também dispõem dos esportes para fazer valer seus interesses. Dessa maneira foi abordada a forma como os regimes militares do Brasil (1964-1985) e da Argentina (1976-1983) - através de símbolos, canções, textos e discursos de autoridades - transformaram o futebol nas Copas do Mundo de 1970 e 1978, respectivamente, em uma ferramenta para se manterem no poder.

Abstract

The goal of this work is try to bring into evidence that besides having many instruments for political promotion, authoritarian regimes also have sports to support and contribute with their interests. In this way, the work deals how, beyond symbols, jingles, texts and speeches of authorities, the Military governments from Brazil (1964-1985) and Argentina (1976-1983) potentially used sports and specifically football in the World Cup Finals of 1970 and 1978, respectively, as a tool to remain in power.

Sumário

1 INTRODUÇÃO, 7

2 ESPORTE E POLÍTICA: EXEMPLOS HISTÓRICOS, 9
2.1 Análise Geral, 9
2.2 Estados Unidos versus União Soviética: a Guerra Fria no Plano Esportivo, 10
2.3 Uma Nação, Dois Países, Dois Sistemas: a Disputa entre as Alemanhas Federal e Democrática, 12
2.4 O Esporte nos Regimes Nazista e Fascista, 14
2.5 O Futebol e o Regime de Franco, 18
2.6 Futebol e o Salazarismo em Portugal, 21
2.7 Brasil e Argentina: uma Introdução ao Estudo dos Casos, 22

3 OS REGIMES MILITARES NO BRASIL E NA ARGENTINA, 25
3.1 O Golpe Militar de 1964 no Brasil, 25
3.2 Os Preparativos para a Copa do Mundo do México, 31
3.3 O Período Posterior à Copa de 1970, 32
3.4 A Argentina e o Golpe Militar de 1976, 33
3.5 A Copa do Mundo como Política de Estado, 37
3.6 Os Preparativos e a Militarização da Seleção Argentina, 38
3.7 A Copa de 1978, 40

4 FUTEBOL, NACIONALISMO E IDENTIDADE NACIONAL, 42
4.1 Identidade Nacional, 42
4.2 Futebol e Identidade Nacional na Argentina, 45
4.3 Futebol e Identidade Nacional no Brasil, 47
4.4 O Futebol e as Multidões, 49

5 O FUTEBOL COMO INSTRUMENTO POLÍTICO: ABORDAGEM TEÓRICA, ANÁLISE DE SÍMBOLOS E DISCURSOS, 54
5.1 O Construtivismo e as Relações Internacionais, 54
5.2 Estado Nacional, Nacionalismo e Identidade, 57
5.3 O Futebol como Instrumento Político na Argentina e a Copa de 1978, 61
5.4 O Futebol como Instrumento Político no Brasil e a Copa de 1970, 73

6 CONCLUSÃO, 80

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS, 83
ANEXOS, 88

 

Referência

FRANCESCHI NETO, Virgílio. O papel do futebol na promoção dos regimes militares do Brasil e da Argentina. 2005. 90 f. Monografia (Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2005.
Cadastre-se para receber novidades