Biblioteca

Seja um dos 26 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
ISSN 0104-754X

Os jogos que os acadêmicos jogam: uma conversa com Michael Burawoy

Periódico / Revista

Movimento

Número

n. esp

Ano

2014

Volume

v.20

Área de concentração

Educação Física

Páginas

p. 21-32

Arquivos

Resumo

Michael Burawoy, ex-presidente da American Sociological Association e da International Sociological Association, é um dos cientistas sociais mais destacados do início do século XXI. Depois de ter realizado trabalho de campo em pesquisa etnográ­fica durante boa parte de sua carreira acadêmica, Burawoy recentemente direcionou sua atenção às divisões do trabalho internas à sua disciplina, produzindo uma análise instigante que culminou em sua defesa da sociologia pública. Na conversa a seguir, Burawoy usa exemplos de sua pesquisa etnográfica para abordar temas predominantes na sociologia do esporte. Ele formula suas visões sobre os movimentos sociais que eclodiram recentemente em várias partes do mundo e apresenta uma crítica incisiva à mercantilização do esporte e do lazer.

Resumen

Michael Burawoy, expresidente de la American Sociological Association y de la International Sociological Association, es uno de los científicos sociales más destaca­dos de inicios del siglo XXI. Después de hacer trabajo de campo en etnografía durante buena parte de su carrera académica, Burawoy recientemente centró su atención en las divisiones del trabajo internas a su disciplina, generando un análisis provocador que culminó en su defensa de la sociología pública. En la conversación que sigue, Burawoy usa ejemplos de su investigación etnográfica para abordar temas predominantes en la sociología del deporte. Formula sus visiones sobre los movimientos sociales que es­tallaron recientemente en varias partes del mundo y presenta una crítica incisiva a la mercantilización del deporte y del ocio.

Abstract

Michael Burawoy, former president of the American Sociological Association and the International Sociological Association, is one of the most distinguished social scientists of the early 21st century. Having been engaged in ethnographic fieldwork for a great deal of his academic career, Burawoy has lately turned his attention to the internal divisions of labour in his discipline, engendering a compelling analysis which culminat­ed in his case for public sociology. In the following conversation, Burawoy draws upon examples from his ethnographic research to address prevalent themes in the sociology of sport. He articulates his views on the social movements that have recently erupted in various parts of the world, and provides an incisive critique of the commodification of sports and leisure.

Acesse o site da revista Movimento

Referência

BURAWOY, Michael; NOTHEN, Guilherme. Os jogos que os acadêmicos jogam: uma conversa com Michael Burawoy. Movimento. Porto Alegre, v.20, n. esp, p. 21-32, 2014.
Cadastre-se para receber novidades