Biblioteca

Seja um dos 26 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Congressso

Publicidade, Esporte e Nacionalidade na Grã-Bretanha: representações sociais na publicidade dos Jogos Olímpicos de Sydney

Ano

2002

Tema

Congressso

Área de concentração

Antropologia

Nome do congresso

RBA

Edição do Congresso

23

Cidade

Gramado

Entidade Organizadora

ABA - Associação Brasileira de Antropologia

Arquivos

Resumo

Neste trabalho, investigo a relação entre esporte, publicidade e identidade nacional na Grã-Bretanha, a partir de um referencial teórico etnometodológico. Utilizando a metodologia conhecida como Membership Categorisation Analysis (Análise da Categorização de Pertencimento), criada por Harvey Sacks (1974), analiso anúncios publicitários veiculados em jornais britânicos durante o período dos Jogos Olímpicos de Sydney, em setembro de 2000. A partir da análise das representações sociais veiculadas nos anúncios, são ressaltadas duas temáticas recorrentes: a representação da nacionalidade e dos “valores nacionais” britânicos em tom de zombaria e o primado dos patrocinadores dos atletas e dos Jogos como detentores “legítimos” da alusão aos Jogos e às vitórias dos “seus” atletas, apontando um deslocamento na apropriação social dos fatos esportivos: do Estado para o capital.

Referência

GASTALDO, Édison. Publicidade, Esporte e Nacionalidade na Grã-Bretanha: representações sociais na publicidade dos Jogos Olímpicos de Sydney. In: ABA - Associação Brasileira de Antropologia, 23, 2002, Gramado. RBA, ABA - Associação Brasileira de Antropologia. Congressso, ABA - Associação Brasileira de Antropologia, 2002.
Cadastre-se para receber novidades