Biblioteca

Seja um dos 21 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
ISSN 2175-2591

Sobre bebês e homens ou o radinho de pilha e as masculinidades futebolísticas

Periódico / Revista

Revista do NUFEN

Número

n. 2

Ano

2012

Volume

v. 4

Páginas

p. 3-10

Arquivos

Resumo

Ser homem na contemporaneidade tem sido uma tarefa complicada. A profusão de discursos sobre a masculinidade bem como as revoluções Feministas ao longo do ultimo século mexeram profundamente com as relações sociais de gêneros – e portanto com as masculinidades. O esporte, enquanto um fenômeno e um espaço social que promove constantemente a masculinidade hegemônica, não consegue se ver alheio as questões de gênero que diariamente se ‘apresentam’, se incorporam nos e nas atletas. O objetivo deste trabalho, portanto, foi o de analisar o que a mídia esportiva tem a dizer sobre as masculinidades esportivas. Particularmente, se analisou o discurso de um programa de radio que reúne nomes importantes da mídia esportiva do Sudeste brasileiro. Conclusões preliminares apontam que radialistas esportivos estão absolutamente presos a normas de gênero limitantes, estereotipadas e preconceituosas, que pretendem restringir os jeitos de ser dos atletas em pleno século XXI, a partir e com suas regras morais do século XIX.

Palavras-chave: masculinidades; rádio esportivo brasileiro; preconceito de gênero.

Abstract

Being a man nowadays has become a dificult task. The multitude of discourses around masculinities as well as the several Feminist revolutions that took place in the last century have shaken up the social gender relationships – therefore the masculinities. Sport, as a phenomenon and a social espace that constantly promotes hegemonic masculinity, must be aware of the gender issues that are incorporated by athletes in a daily basis. Though, the aim of this work was to analyse the talks of influential journalists from Brazilian Southeast who meet daily in a nationally broadcasted radio round-table. The preliminary findings of this paper demonstrate that these journalists are still prisoners of 19th century, stereotyped and restrictive gender rules which, in the 21st century, aim to put rigid boundaries on the athletes lifestyle.

Key words: masculinities; Brazilian sports press; gender prejudice.

Referência

KNIJNIK, Jorge Dorfman. Sobre bebês e homens ou o radinho de pilha e as masculinidades futebolísticas. Revista do NUFEN. São Paulo, v. 4, n. 2, p. 3-10, 2012.
Cadastre-se para receber novidades