Curadoria da Exposição Drible no Sesc Itaquera

Quem nunca esteve num lugar onde o assunto era futebol? Seja numa corrida de táxi, num boteco ou numa barbearia, o esporte sempre aparece, porque está enraízado na cultura do brasileiro, fazendo parte do nosso cotidiano. Mas o quanto nossos costumes também influenciam a maneira como jogamos? Esse é o ponto de partida da exposição Drible – A Arte de Criar Espaços.

O jeitinho brasileiro de enfrentar a falta de espaço no transporte público, ou o jogo de cintura que mantém o trabalhador no mercado de trabalho, também estão presentes no futebol. Criando dribles incríveis – que fazem a bola voar por um espaço minúsculo ou adotar uma trajetória inesperada – o brasileiro criou seu estilo próprio e se estabeleceu como referência no esporte.

Contando com uma cenografia que leva os visitantes aos lugares onde se discute futebol, a exposição traz galeria de fotos, quadros, pôsteres, ilustrações, palestras e vídeos que contam as histórias da relação cultural entre o futebol e o brasileiro.

Clique aqui para conhecer a programação paralela da exposição, com debates, palestras e exibição de vídeos sobre o tema.

Curadoria e textos Ludopédio
Projeto Cenográfico André Cañada
Adereços Natasha Faria
Ação Educativa Percebe
Vídeos e Trilha Sonora Gargântua Produções
Ilustrações Xico de Viamão
Fotografia, Conteúdos e Acervos Especiais Anna Carolina Negri, Apu Gomes, Caio Vilela, César Ricardo Palmeira, Gutemberg Ostemberg, Max Filipe Nigro Rocha, Pedro Kirilos, Vitor Coelho Nicida, Victor Moriyama, Garibaldi Dantas, Liráucio Girardi Junior e Sérgio Settani Giglio
Cenotecnia Cenotech Comunicação Visual Palazzo & Cremon
Audiovisual Images
Iluminação Armazém da Luz
Sonorização Tukasom
Apoio: Organização Social de Cultura – IDBrasil Cultura Educação e Esporte, Centro de Referência do Futebol Brasileiro, Museu do Futebol, Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo.

Comissão Drible Sesc Itaquera Mario Augusto Silveira (coordenação geral), Ana Cristina de Barros, André Venancio, Clarisse Martins, Diego Mattioli, Marcelo Macera, Mário Antonio Pereira, Odirlei Vieira, Robson Mariano, Susana Albino, Thaís Heinisch, Tina Cassie, Valéria Taveiros.

Local: Sala de Múltiplo Uso 2 – Ginásio

Fonte: Sesc

Enrico Spaggiari

Mestre e doutor em Antropologia Social pela USP. Fundador e editor do Ludopédio.

Marco Antunes de Lima

Graduado em História pela USP e editor do Ludopédio.

Marco Lourenço

Professor, Mestre em História (USP), Divulgador Científico (Ludopédio) e Produtor de Conteúdo (@gema.io). Desde 2011, um dos editores e criadores de conteúdo do Ludopédio. Atualmente, trabalha na comunicação dos canais digitais, ativando campanhas da Editora Ludopédio e do Ludopédio EDUCA, e produzindo conteúdos para as diferentes plataformas do Ludo.

Max Filipe Nigro Rocha

É graduado e mestre em História pela Universidade de São Paulo (USP). Atualmente, realiza pesquisa de doutorado sobre futebol e política pela USP. Editor do site Ludopédio (www.ludopedio.com.br)e pesquisador do LUDENS (Núcleo Interdisciplinar de Estudos Sobre Futebol e Modalidades Lúdicas) que integra pesquisadores da USP, Unicamp, Unesp e Unifesp.

Sérgio Settani Giglio

Professor da Faculdade de Educação Física da UNICAMP. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Esporte e Humanidades (GEPEH). Integrante do Núcleo Interdisicplinar de Pesquisas sobre futebol e modalidades lúdicas (LUDENS/USP). É um dos editores do Ludopédio.
Veja também:
  • 25 de agosto de 2021

    Ludopédio Educa – Clássicos vs Clássicos: revisitando estudos sobre esportes

    Luiz Henrique de Toledo
  • 22 de julho de 2021

    Ludopédio Educa – Futebol e Democracia: práticas de liberdade no esporte brasileiro

    José Paulo Florenzano, Mariana Zuaneti Martins, Max Filipe Nigro Rocha
  • 24 de junho de 2021

    Ludopédio Educa – Futebol e racismo: uma introdução

    Marcel Diego Tonini, Marcelo Medeiros Carvalho, Marina de Mattos Dantas, Roberta Pereira da Silva