Publicado em Deixe um comentário

Max Rocha participou da Live Torcidas e Democracia

Live sobre Torcidas e Democracia

O protagonismo das torcidas organizadas de clubes de futebol na reação popular às manifestações fascistas e golpistas da extrema direita no Brasil. 

É com esse pano de fundo que batemos um papo com Max Rocha, mestre em história, integrante do LUDENS/USP (Núcleo de Interdisciplinar de Pesquisas sobre futebol e modalidades lúdicas) e editor do site Ludopédio. Também participaram da conversa: Eduardo Cerqueira, membro da Frente Esquadrão Popular, e João Sebadelhe, membro da Brigada Marighella.

Publicado em Deixe um comentário

Observatório do Futebol e do Torcer

observatoriofuteboltorcer

O “Observatório do Futebol e do Torcer” é um desdobramento do Ludens/Unimontes. A ideia é aglutinar pesquisadores, acadêmicos e pessoas que tem no horizonte do futebol o seu prisma de interesse. O grupo se debruçará sobre o futebol na perspectiva das ciências sociais e humanas, travando diálogos, estudos e debates a partir desta lógica, nos seus mais variados interesses e possibilidades: gênero, mercado, espetáculo esportivo, história do futebol e do torcer, grupos identitários, futebol e sua relação com os aspectos educativos, bem como sua relação com a cidade. Assim como a temática, o grupo será inter/multidisciplinar, portanto poderá ser constituído de pessoas com as mais diversas formações. Teremos em comum a paixão por este fenômeno social tão complexo e fascinante.

Coordenadores:

  • Prof. Dr. Ildenilson Meireles
  • Prof. Dr. Danilo Barcelos
  • Prof. Dr. Georgino Neto

 

PODCAST

https://soundcloud.com/observatoriopodcast/observatorio-01-futebol-e-homofobia
Observatório #01 Futebol e Homofobia
Publicado em Deixe um comentário

Futebol 2 x 0 Alzheimer

Líbero apresenta Memórias FM.

No dia 2 de Abril de 2016, antes do clássico Barça-Madrid, a Líbero lançou uma rádio online contra o Mal de Alzheimer.

A Líbero agradece a todos que apoiaram a causa, em especial a Universidade Autônoma de Barcelona (UAB), o FC Barcelona, a Associação de Futebolistas Veteranos, a Santi Duque e ao ex-jogador Juan Pablo Sorín pela ajuda no projeto.

Esperamos que a proposta da Líbero: Futebol x Alzheimer chegue a muitos apaixonados por futebol.

Clique aqui e sintonize a rádio!

Publicado em Deixe um comentário

Futebol 1 x 0 Alzheimer

futebolalzheimer
Clique na imagem e visite o site oficial.

 

Futebol x Alzheimer é um projeto da Líbero, criado para apoiar essa investigação e ajudar todas as pessoas que possuem essa enfermidade. As revistas criadas com dados do passado fazem com que os pacientes se lembrem de recordações sobre o futebol.

Fútbol vs Alzheimer es un proyecto de Líbero, creado para apoyar esta investigación y ayudar a todas las personas con esta enfermedad. Enviamos nuestras revistas al pasado para recuperar los recuerdos de los aficionados al fútbol.

Foram criadas quatro revistas:

Publicado em Deixe um comentário

O direito à cidade nos estádios de futebol

Palestra do professor Dr. Gilmar Mascarenhas (UERJ), organizada pelo Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Esporte e Humanidades (GEPEH) da UNICAMP, com apoio do Ludopédio.

palestra_gilmar_unicamp

Assista a palestra na íntegra:

Veja as fotos do evento:

Publicado em Deixe um comentário

Grupo Literatura e Memória do Futebol (MEMOFUT)

Memofut

logo_aprovado_memofut

O Memofut foi fundado em 31 de março de 2007 por 16 interessados em literatura e memória do futebol, com a missão de promover a difusão da literatura e outras formas de expressão cultural e artística e apoiar a preservação da memória do futebol.

Desde seu início, o grupo procurou ser uma referência na pesquisa, no estudo e no debate do futebol em todas as suas vertentes culturais e artísticas, promovendo a preservação da memória desse esporte em todas as suas manifestações. O Memofut é apartidário e sem fins comerciais, sendo extremamente rigoroso no respeito aos direitos autorais.

Atualmente, o grupo conta com cerca de 50 participantes que frequentam as reuniões (realizadas uma vez por mês, aos sábados pela manhã, no auditório do Museu do Futebol, no Estádio do Pacaembu), além de mais de 170 seguidores que fazem parte de uma lista de discussão na internet. São administradores, advogados, engenheiros, escritores, estudantes, historiadores, jornalistas, médicos, pesquisadores e professores, todos apaixonados pelo futebol.

Nas reuniões, que são abertas ao público, já foram realizadas mais de 200 apresentações, palestras, debates e depoimentos de diversas personalidades ligadas ao futebol, como jogadores, técnicos, dirigentes, árbitros, escritores, cineastas e jornalistas.

Os interessados em fazer parte do Memofut devem entrar em contato com a coordenação do grupo. Caso tenham interesse em consultar as agendas das reuniões, também podem acessar o site do Museu do Futebol: Agenda.

Publicado em Deixe um comentário

Grupo de Estudos em Comunicação Esportiva e Futebol (GECEF)

GecefO Grupo de Estudos em Comunicação Esportiva e Futebol (GECEF) é um grupo de estudos e pesquisa originado no Departamento de Ciências Humanas da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da UNESP (Universidade Estadual Paulista) – Câmpus de Bauru (SP). Desde 2010, está cadastrado no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq: Grupo de Estudos em Comunicação Esportiva e Futebol (GECEF).

Seus objetivos são investigar e debater as relações entre o esporte e a comunicação, de forma a melhor compreender os fenômenos esportivos em torno de sua interdisciplinaridade com as ciências humanas, a tecnologia e a comunicação. Também desde 2010, seus integrantes participam da produção e da apresentação do programa semanal “Observatório do Esporte”, veiculado pela Rádio UNESP FM.

O GECEF organizou na UNESP/Bauru (SP) quatro Seminários de Comunicação Esportiva (em 2006, 2007, 2008 e 2010). Em 2009, promoveu o curso de extensão “Cinema e Futebol”, e em 2011 definiu o tema central da XIII Jornada Interdisciplinar, “Futebol, Comunicação e Cultura” O GECEF realiza também reuniões quinzenais entre seus integrantes, com a apresentação de pesquisas e o debate de textos acadêmicos.

O grupo ainda organiza publicações temáticas, com a presença de textos de seus pesquisadores. A mais recente é o e-book “A Copa das Copas: Reflexões sobre o Mundial de 2014 no Brasil”, lançado em abril de 2015 pelo Selo Ludens Editorial.

Para maiores informações: http://gecef.blogspot.com.br/

Publicado em 1 comentário

Grupo de Estudos sobre Futebol e Torcidas (GEFuT)

O Grupo de Estudos sobre Futebol e Torcidas (GEFuT) da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional da UFMG tem, desde setembro de 2006, se debruçado sobre temas correlatos ao futebol e as torcidas, como: a relação do torcedor com Estatuto de Defesa do Torcedor; torcida e violência; o torcer no futebol profissional e amador; torcida e gênero; a história das torcidas em Belo Horizonte; o torcer pelos diferentes esportes e o futebol virtual. Ligado ao grupo é composto por professores, estudantes de graduação e pós-graduação, graduados, mestres e doutores, que para além de suas competências individuais têm em comum a paixão pelo futebol.

O GEFuT objetiva contribuir com a produção do conhecimento sobre futebol e o torcer, entendendo que essa produção é de fundamental importância na elaboração de políticas publicas para o campo do esporte e do lazer. Por uma série de fatores, como o significado do futebol na cultura brasileira, a realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil e a influência do futebol no cenário econômico mundial, é do nosso entendimento a urgência da interferência do campo acadêmico na elaboração e nos ajustes dessas referidas políticas.

ENSINO

Disciplina “Futebol e Cultura” nos cursos de Graduação em Educação Fisica e de Mestrado e Doutorado em Estudos do Lazer – EEFFTO/UFMG.

EXTENSÃO

Projeto: Educação para/pelo futebol enquanto uma manifestação do lazer: o torcer em Belo Horizonte

Entendendo o futebol como um fenômeno social presente no cotidiano de diversos grupos sociais, o projeto pretende realizar, em escolas públicas e privadas do ensino fundamental e médio de Belo Horizonte, uma série de intervenções que tenham como foco o processo de formação de alunos e professores na educação para e pelo torcer.

Objetivos:

1) Produzir materiais pedagógicos que auxiliem o diálogo com alunos e professores do ensino fundamental e médio de escolas públicas e privadas de Belo Horizonte sobre o tema futebol e torcer como forma de lazer.
2) Contribuir com o processo de formação contínua de professores da rede pública e privada do ensino fundamental e médio de Belo Horizonte.
3) Estabelecer um diálogo entre as instituições que se preocupam com o torcer como uma possibilidade de vivência do lazer em Belo Horizonte, como: a Escola, a Universidade, a Secretaria de Segurança do Estado de Minas Gerais, os clubes de futebol, a imprensa e as torcidas organizadas.
4) Elaborar e coordenar um evento acadêmico que possibilite um diálogo entre as diversas instituições sociais que se preocupam com o torcer como uma possibilidade de lazer, bem como possibilite uma formação mais ampla dos professores da rede pública e privada do ensino fundamental e médio de Belo Horizonte.
5) Ampliar o universo cultural dos alunos e professores participantes do projeto, sobretudo no que diz respeito ao papel de protagonista nas vivências de lazer e mais especificamente no torcer e seus temas correlatos.

Programa de rádio “Óbvio Ululante”: programa na Rádio UFMG Educativa sobre futebol.

radioufmgPartimos do pressuposto que não há verdade absoluta em nada no futebol. Assim, esse programa tem o intuito de discutir os acontecimentos do mundo da bola de forma crítica e questionadora. Queremos provocar a reflexão em todo boleiro, sem deixar de lado a alegria que é falar sobre futebol.

História dos clubes, das torcidas e de personalidades marcantes, política, estatuto de defesa do torcedor, preconceitos, a presença da mulher, as manifestações do torcer, a paixão clubística, o futebol nas artes são alguns dos temas que discutimos em nosso programa.

Ouça o Óbvio Ululante! Todas as 4as, de 18h às 19h na Rádio UFMG Educativa, 104.5 FM.

Publicado em Deixe um comentário

Núcleo de Estudos sobre Futebol, Linguagem e Artes (FULIA)

FULIA

FULIA MINEIRAO grena Wagner Silva 13062011

O Núcleo de Estudos sobre Futebol, Linguagem e Artes (FULIA) foi fundado em 05 de maio de 2010, na Faculdade de Letras da UFMG, a partir da capacidade docente instalada, que já refletia pesquisas individuais previas que contemplavam estudos sobre o futebol enquanto objeto de análise de estudos linguísticos e literários. Desde então, são inúmeras as atividades desenvolvidas por seus membros pesquisadores, tanto docentes quanto discentes. Atualmente, o FULIA conta com 17 membros pesquisadores registrados no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq, nos mais variados níveis.

Por sua vez, o Núcleo tem procurado atender ao projeto pedagógico que prevê atividades nos três âmbitos acadêmicos: ensino, pesquisa e extensão. Por oito semestres seguidos, temos oferecido disciplinas em nível de Graduação sobre a temática do futebol: “Futebol, Linguagem e Artes” (2011/1), “Futebol e Cinema” (2011/2), “Futebol em verso e prosa” (2012/1), “Futebol e Memória” (2012/2), “Futebol, Música e Poesia” (2013/1), “Futebol e Linguagem” (2013/2), “Futebol e Cultura” (2014/1) e “Imagem dos primórdios do futebol brasileiro: contos, crônicas, poemas” (2014/2).. Além disso, foram ministradas até o presente momento duas disciplinas em nível de Pós-Graduação: “Memória e Imagem do Futebol Brasileiro na Literatura, na Música e no Cinema” (2012/2), junto ao Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários (Póslit), da Faculdade de Letras da UFMG; “Futebol e Cinema no Brasil (2014/1), junto ao Programa Interdisciplinar de Pós-Graduação em Estudos do Lazer, da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional da UFMG.

Além das atividades de pesquisa e de ensino, procuramos também atuar no âmbito da extensão, sobretudo através da organização e realização de palestras, mini-cursos, mostras de cinema, participação em programas de rádio e de TV, publicações e participação em eventos no Brasil e no Exterior que visem à divulgação do conhecimento extramuros. Além disso, juntamente com o Grupo de Estudos sobre Futebol e Torcidas (GEFuT), da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional (EEFFTO), co-organizamos o I. Simpósio Internacional sobre Futebol, Linguagem, Artes, Cultura e Lazer, realizado de 18 a 20 de setembro de 2013 no Memorial Minas Gerais Vale, em Belo Horizonte. A proposta de realização de um Simpósio Internacional, cujo objetivo foi abordar as questões referentes à ampla relação entre futebol, linguagem, artes, cultura e lazer, resultou de uma série de projetos de pesquisa realizados, nos últimos anos, tanto na FALE quanto na EEFFTO, com destaque especial para o GEFuT, fundado em 2006 e coordenado pelo Prof. Dr. Silvio Ricardo da Silva, primeiro grupo de pesquisa da UFMG a abordar a temática do futebol. A organização conjunta do Simpósio foi fruto do profícuo diálogo existente entre pesquisadores das referidas unidades acadêmicas, diálogo este que nos últimos anos tem se concretizado em atividades como eventos, publicações e palestras. Além disso, a interlocução que ambas as unidades têm estabelecido com estudiosos de universidades brasileiras e estrangeiras em torno do tema proposto para o evento criou a possibilidade e a necessidade de reuni-los em um encontro, no intuito de contribuir para a consolidação desse campo de estudos em nossas universidades e de estimular o diálogo e a parceria com outras instituições.

Nossas atividades de pesquisa, ensino e extensão têm se pautado por essa postura transdisciplinar, algo que o próprio objeto – o futebol – demanda, pois, como nos lembra o sociólogo português António da Silva Costa, o futebol é “um fenômeno social total”. Falar sobre as manifestações históricas, memorialísticas, ou mesmo artísticas em torno do futebol desde os seus primórdios no Brasil, possibilita também traçar um perfil da própria sociedade brasileira ao longo de décadas.

Por sua vez, pesquisadores do FULIA co-organizaram o dossiê “Esporte, Literatura e Cultura” da revista Aletria (Qualis A1), do Póslit UFMG, lançado em 2012 (v. 22, n.2), e também dossiê “Literatura e Futebol”, da revista Em Tese (Qualis B3), do Póslit UFMG, lançado em 2014 (v. 20, n. 1). Os referidos dossiês pautam-se também por uma abordagem transdisciplinar, em que se procura dar conta de fenômenos esportivos (não só do futebol) associados às artes e à linguagem.

Enfim, são inúmeras as atividades desenvolvidas pelos pesquisadores vinculados ao FULIA desde sua criação, em maio de 2010, e a esperança é a de que possamos consolidar ainda mais os trabalhos do Núcleo como um centro de referência para estudos sobre Futebol, Linguagem e Artes. Cabe lembrar que, conforme estudo realizado no Diretório de Grupos do CNPq, o FULIA é o único grupo de pesquisa da área de Letras em todo o país, que contempla a temática do futebol em suas pesquisas. Para maiores informações, acesse o site do FULIA (atualmente em reforma e atualização).

Publicado em Deixe um comentário

Grupo Interdisciplinar de Estudos sobre Futebol (GIEF)

logo_gief

No segundo semestre de 2005, no departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, foi ministrada, no curso de Pós-Graduação em História Social, em sua terceira edição, a disciplina “História Sociocultural do Futebol”, pelos Professores Doutores Flávio de Campos e Hilário Franco Júnior. Naquela ocasião, reuniram-se alunos de diversas áreas do conhecimento, com diferentes abordagens teórico-conceituais sobre o futebol. Na avaliação final do curso, surgiu a ideia de constituir um Grupo Interdisciplinar de Estudos sobre Futebol (GIEF), para que pesquisadores, estudantes e interessados continuassem a debater e descobrir novas perspectivas analíticas sobre o tema.

O grupo iniciou seus trabalhos em março de 2006 e já desenvolveu várias frentes de trabalho, a destacar: participação em Seminários e Congressos e organização de eventos similares; realização de entrevistas com profissionais da área futebolística e com pesquisadores interessados no tema, desenvolvimento de pesquisas acadêmicas em algumas das principais Universidades do Estado de São Paulo. Com isso buscam-se a possível criação de núcleos de pesquisa nestas Universidades, a constituição de um grupo virtual para discussões e sugestões bibliográficas, bem como a produção de artigos sobre as atividades do grupo.

No final de 2014, o GIEF cessou suas atividades.

Publicado em Deixe um comentário

Núcleo Interdisciplinar de Estudos sobre Futebol e Modalidades Lúdicas (LUDENS)

Ludens (23)

O Núcleo Interdisciplinar de Estudos sobre Futebol e Modalidades Lúdicas (LUDENS) é um núcleo de investigação científica, criado em 2010 na Universidade de São Paulo, que congrega pesquisadores dedicados aos estudos acerca dos jogos e esportes em geral e, do futebol, em particular.

Além de professores, pós-graduandos e graduandos da USP, o Ludens também é integrado por pesquisadores da Unicamp, UFSCAR, UNESP, Unifesp, Universidade de Bristol e Museu do Futebol.

Com apoio da Pró-Reitoria de Pesquisa da USP, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas e da Escola de Artes, Ciências e Humanidades, o Ludens vem desenvolvendo uma série de pesquisas e tem promovido vários seminários de estudos abertos a todos os interessados.

Para mais informações: LUDENS