Publicado em Deixe um comentário

A diversidade de corpos negros no futebol

corpos negros no futebol

Inscreva-se no canal do Ludopédio!

Existe um corpo ideal para a prática esportiva? Uma forma física para ser chamada de saudável? Ou o que imaginamos como padrão carrega altas dose de gordofobia, xenofobia, lgbtfobia, racismo e sexismo?

No #PorOutroFutebol Antirracista deste mês, conversaremos com a Bárbara Mendes sobre os diversos corpos negros no esporte. Como dizem por aí: há muita diversidade entre nós! Quer conhecer a convidada?

Bárbara é psicóloga, doutoranda em Psicologia Social pela UFMG, pesquisadora no Grupo de Estudos sobre Futebol e Torcidas (GEFuT) e do Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania LGBT (NUH).

Publicado em Deixe um comentário

Trans masculinidades Negras no esporte

Trans Poroutrofutebol

Inscreva-se no canal do Ludopédio!

O programa #PorOutroFutebol abre a roda de conversa pra celebrar o lançamento do livro “Transmasculinidades Negras – Narrativas plurais em primeira pessoa”, organizado por Bruno Santana, Leonardo Peçanha e Vércio Conceição.

A live que vai ao ar nesta próxima segunda, a partir das 20h, recebe Bruno, poeta nordestino, pesquisador e transativista negro, e o multiartista, Tiely, o primeiro rapper transmasculino no país que também milita por meio da cultura e do esporte. A apresentação fica por conta de Leo Peçanha e Fidel Machado.

Saiba mais sobre a obra: “(…) O livro ‘Transmasculinidades Negras – Narrativas plurais em primeira pessoa’ mobiliza e problematiza duas categorias sociais centrais: a masculinidade e a negritude. As existências e as experiências transmasculinas são tomadas como referência para esta mobilização, trazendo discussões particulares ao amplo debate sobre gênero e masculinidades. Como ponto de partida, este livro traz o entendimento de que as transmasculinidades se configuram no contexto de masculinidades plurais. Por isso, os textos que estão aqui reunidos trazem reflexões acerca das transmasculinidades negras, a partir do ponto de vista dos autores, homens trans negros. Assim, essa temática é abordada através do olhar dos próprios sujeitos sociais que vivenciam cotidianamente a condição racial e de gênero que se diferencia das corporalidades transmasculinas brancas, como também das masculinidades cisgêneras, brancas ou negras. (…) Nesta produção, a pluralidade é vista como uma grande potência. Dessa forma, reunimos uma seleção de textos com diferentes gêneros acadêmicos e literários. Assim, as pessoas leitoras irão encontrar artigos que são frutos de pesquisas, como também narrativas memorialistas, poesias e histórias de vida, além de expressões artísticas-artivistas em forma de imagens e ilustrações. Assim, vemos emergir, ao longo do livro, diferentes olhares que surgem da diversidade de regionalidades, sexualidades, corporalidades e territorialidades, além de níveis distintos de escolaridade, o que torna essa produção-manifesto ainda mais potente. O fio que une e costura essas diversas escrevivências é o da experiência das transmasculinidades negras brasileiras.”

Bruno é licenciado em Educação Física pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Pós-Graduando em Gênero, Diversidade e Direitos Humanos pela Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB). Professor, pesquisador, poeta, escritor, nordestino e transativista negro pelos coletivos De Transs pra Frente e Transbatukada. Um dos organizadores e autores do livro transmasculinidades negras brasileiras: narrativas plurais em primeira pessoa.

Tiely é multi-artista e cria da Zona Leste de São Paulo, considerado o primeiro HomemTrans do rap nacional e vem desde o início da sua carreira em 1989 colecionando importantes atuações nas artes em geral. De poeta a rapper, de escritor a historiador, de animador de festa infantil a ator de teatro, musical, novela e cineata, atuando como arte-educador a mais de 20 anos com crianças, jovens e adultos. Tiely além da área artística e da educação é praticante desde sempre de esportes como futebol, rugby, boxe entre outros; e toda essa miscelânea de vivências e experiências vem somando à sua trajetória de maneira intensa!

Como escritor, Tiely é responsável pela publicação de artigos, romances e poesias em blogs, sites, coletâneas e publicações acadêmicas. Nos anos 90 iniciou seus estudos e trabalhos como ator e fotógrafo em cursos públicos, atuando em vários projetos culturais, sociais e esportivos, buscando sempre trabalhar com pautas culturais, LGBTQI+, gênero e direitos.

Atualmente coordena o Ponto de Cultura Hip Hop Mulher , é gestor cultural na H2M , em 2019 apresentou o Programa de web-rádio (@programasouhiphop), lançou em 2021 seu primeiro livro físico de poesia erótica trans preta o ( @transcorpoetico ) pela Ciclo Contínuo Editorial, e vem produzindo novos trabalhos artísticos ao mesmo tempo que amplia suas pautas de luta em seus projetos, firmando parcerias, trazendo ainda mais relevância e legitimidade na busca por respeito às diferenças.”

Publicado em Deixe um comentário

A volta dos torcedores aos estádios

Volta aos estádios

Inscreva-se no canal do Ludopédio!

A dupla de hosts #PorOutroFutebol Popular Fernanda Haag e João Malaia está de volta. Historiadores atentos aos processos de transformação no futebol brasileiro, a dupla investiga o retorno dos torcedores aos estádios de todo o país.

E uma série de questionamentos brotam deste momento: há um novo comportamento destes torcedores? como será essa nova realidade após um período traumático de privação social? de que forma a dinâmica social pandêmica afetará as formas de torcer e a relações ali construídas ao longo de décadas? Como as medidas sanitárias são aplicadas e fiscalizadas em estádios de porte diferente?

Pra desenvolver essa discussão com um mínima diversidade de cenários de arquibancada, os anfitriões #PorOutroFutebol recebem o sociólogo Yuri Bassichetto Tambucci, membro do coletivo Ocupa Palestra, e o geógrafo Thaimon Socoloski, frequentador da “Baixada Melancólica”, Estádio Presidente Vargas (Inter – Santa Maria).

Publicado em Deixe um comentário

Pioneiras do gol e os desafios da preparação

Pioneiras goleiras

Inscreva-se no canal do Ludopédio!

As goleiras Meg e Miriam Soares são as convidadas do #PorOutroFutebol. Com apresentação de Silvana Goellner e Juliana Cabral, o programa discutirá com as goleiras da seleção brasileira no mundial de 1991 os desafios da posição, as dificuldades na preparação e a memória das pioneiras do futebol feminino.

Publicado em Deixe um comentário

Feminismo Negro no Esporte

Feminismo negro

Inscreva-se no canal do Ludopédio!

A dupla Fidel Machado e Leonardo Peçanha recebe Dani Nunes (@daninunes.rj) e Ellen Scherrer (@ellenscherrer) pra discutir o tema da diversidade das mulheres negras cis e trans no universo do esporte.

Dani é um mulher trans negra moradora da Zona Oeste do município do Rio. Política, Turismóloga, atleta amadora de vôlei, ativista LGBTI+ Defensora dos Direitos Humanos, comunicadora popular, estudante de pós graduação nos curso de Gestão de Projetos e Programas Sociais e de Administração Esportiva.

Ellen é graduada em Educação Física, com Especialização em Pedagogia do Esporte e Psicologia do Esporte, membro do Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Esportes de Raquete. Mentora do Projeto Feminismo Negro no Esporte e Badminton em Rede e ex atleta de Handebol.

Publicado em Deixe um comentário

Transição e plano de carreira

Franzinha e Andreia Rosa

Inscreva-se no canal do Ludopédio!

Na décima edição do programa #PorOutroFutebol de mulheres, as anfitriãs Silvana Goellner e Juliana Cabral recebem Franzinha e Andreia Rosa, ícones de toda uma geração da seleção brasileira. A história de vida, a carreira no futebol e o futuro após pendurar as chuteiras estão na pauta.

Publicado em Deixe um comentário

Sexo, sexualidade e gênero nos Jogos Olímpicos de Tóquio

PorOutroFutebol Olímpico com Japa Mayumi e Wagner Camargo

Inscreva-se no canal do Ludopédio!

Se @s atletas LGBTs dos Jogos Olímpicos de Tóquio fossem um país, essa nação LGBT terminaria em sétimo lugar no ranking geral de medalhas. Mais de 50 atletas que somam 11 ouros, 12 pratas e 9 bronzes. Além do reconhecimento obtido pela alta performance, a exposição corajosa [email protected] atletas também foi um marco histórico dos jogos. Esse momento suscitou diversos debates e seus desdobramentos estão na pauta do dia. “Sexo, sexualidade e gênero nos Jogos de Tóquio” é o tema do #PorOutroFutebol desta segunda, aqui no canal do Ludo.

O anfitrião Bernardo Gonzales recebe o antropólogo Wagner Xavier de Camargo e a produtora de conteúdo Ana Cláudia Mayumi, aka Japa Mayumi.

Wagner, o nosso professor Xavier, é parceiro de longa data aqui do Ludo, Phd em ciências humanas, que estuda relações de gênero e sexualidade no esporte. Ele acaba de lançar a obra “Leituras de Gênero e Sexualidade nos Esportes” pela EdUFScar – e em breve estará no #LudopédioemCasa pra falar sobre a pesquisa.

Mayumi que estreia no nosso canal também já é conhecida na rede de divulgadores científicos do esporte, atuando em projetos que tem como objetivo empoderar mulheres através do esporte. Atualmente, é criadora de conteúdos sobre diversidade, mulheres no esporte e no futebol em seu próprio instagram @japa.mayumi e no @chapadinhasdeenfina.

Publicado em Deixe um comentário

#PorOutroFutebol com fotógrafo Fabio Soares e Luciano Araújo, criador do Botões Clássicos

#PorOutroFutebol com fotógrafo Fabio Soares e Luciano Araújo, criador do criador do Botões Clássicos

Inscreva-se no canal do Ludopédio!

O isolamento social trouxe um maior impacto econômico nos trabalhadores da bola das divisões inferiores do futebol brasileiro. Contudo, há uma série de categorias profissionais ligadas diretamente ao futebol que sofreram os efeitos da pandemia, invisibilizadas na infodemia do caos político e sanitário no Brasil.

Pra compreender as distintas realidades dos trabalhadores do futebol, a dupla de anfitriões historiadores do #PorOutroFutebol, Fernanda Haag e João Malaia, recebem um dos grandes talentos da fotografia das arquibancadas brasileiras, Fabio Soares, e o criador de um dos redutos de preservação da cultura e tradição futebolística, Botões Clássicos, Luciano Araújo.

Publicado em Deixe um comentário

Corpos e desafetos olímpicos

Corpos e desafetos olímpicos

Inscreva-se no canal do Ludopédio!

Em clima de aquecimento para os Jogos Olímpicos, a dupla do #PorOutroFutebol Aira Bonfim e Bernardo Gonzales está de volta nesta segunda pra discutir as expectativas do início dos Jogos, contextualizando os limites, exclusões e as desigualdades impostas pelo COI, e os problemas ligados ao ideal de atleta olímpico.

Para o programa a dupla recebe a antropóloga Barbara Pires (UERJ) e o doutorando em antropologia Mauricio Rodrigues Pinto (USP).

Saiba mais:

Barbara é antropóloga e pesquisadora de pós-doc no Instituto de Medicina Social (UERJ). Desenvolve pesquisas sobre experiências de intersexualidade, especialmente na interseção entre ciência, medicina, direitos humanos e esporte.

Maurício é é doutorando em Antropologia Social (PPGAS-USP) e estuda as relações de gênero, sexualidade e marcadores sociais da diferença com os futebóis. Também mantém uma coluna na Arquibancada do Ludopédio e fez parte da primeira coletânea de artigos da Editora: Uma Década de Ludopédio.