Biblioteca

Seja um dos 27 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Congresso

A negra no futebol brasileiro

Ano

2018

Tema

Congresso

Nome do congresso

31ª Reunião Brasileira de Antropologia - RBA

Cidade

Brasília

Páginas

p. 1-10

Arquivos

Resumo

O livro do cronista e jornalista Mário Rodrigues Filho, intitulado “O negro no Futebol Brasileiro”, realizou na década de 1960 um resgate de histórias e relatos sobre a consolidação do homem negro nessa prática esportiva. Ainda que o conteúdo desse paper apresentado seja diferente daquele que nos traz o jornalista Mário Rodrigues Filho, o título desse trabalho busca resgatar algumas narrativas mulheres negras jogadoras de futebol. No Brasil, até meados da década de 1970, as mulheres não podiam participar de determinadas modalidades esportivas e a primeira pesquisa sobre mulheres e esporte é do início da década de 1990. Contudo, fala-se da mulher enquanto categoria essencializada, ou seja, não se pensa com especificidade no lugar da mulher negra dentro do ambiente esportivo. É preciso recorrer aos registros de algumas competições, para se ter uma ideia, mesmo que superficial, da trajetória de mulheres negras no esporte brasileiro. Esse paper, visa portanto, pensar o lugar dessa mulher negra no espaço esportivo brasileiro. Especificamente na prática futebolística. Para isso, recorremos à experiência etnográfica vivida durante a pesquisa de Doutorado em Antorpologia Social com mulheres jogadoras de futebol da cidade de São Paulo.

Referência

PISANI, Mariane da Silva. A negra no futebol brasileiro. 2018, Brasília. 31ª Reunião Brasileira de Antropologia - RBA. Congresso2018.
Cadastre-se para receber novidades