Biblioteca

Seja um dos 16 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Congresso

Alteridades imaginadas. As narrativas da derrota e os vilões da seleção brasileira em Copas do Mundo. Mídia e identidade nacional

Ano

2011

Tema

Congresso

Nome do congresso

35º Encontro Anual da ANPOCS

Cidade

Caxambu

Páginas

p. 1-30

Arquivos

Resumo

Este trabalho tem como objetivo demonstrar que a representação dos vilões, ou seja, aqueles profissionais considerados responsáveis por uma derrota da seleção brasileira em Copas do Mundo cumpre a função de manter preservados a imagem da seleção brasileira e os valores positivos a ela anexados, muitos dos quais relacionados à identidade nacional. Os vilões da derrota reforçam pelas avessas o ideal identitário do futebol brasileiro. Para demonstrar tal hipótese serão analisadas as narrativas da derrota da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2010 que fez do técnico Dunga, vilão pela segunda vez. Será realizada uma análise comparativa entre os jornais Folha de São Paulo e O Globo, do Rio de Janeiro. Pretende-se desse modo possibilitar uma compreensão mais aprofundada do papel da mediatização do futebol e as definições da identidade nacional brasileira, sustentadas no discurso da imprensa. Palavras-chave: Copa do Mundo; identidade nacional; discurso da imprensa

Referência

COSTA, Leda. Alteridades imaginadas. As narrativas da derrota e os vilões da seleção brasileira em Copas do Mundo. Mídia e identidade nacional. 2011, Caxambu. 35º Encontro Anual da ANPOCS. Congresso 2011.
Ludopédio

Acompanhe nossa tabela do Campeonato Brasileiro - Série A