Ludopédio Educa – Futebol e racismo: uma introdução

As inscrições para o quinto curso do #LudopédioEDUCA estão abertas até 08 de julho de 2021.

Com o propósito de expandir e enriquecer a divulgação científica de estudos sobre esporte, o Ludopédio apresenta o curso Futebol e racismo: uma introdução em um conjunto de três aulas online.

Em uma sociedade marcada por profundas desigualdades, é necessário o debate sobre relações étnico-raciais para compreender nossas contradições. A quem interessa pensar que foi diferente no futebol? 

O curso irá discutir como se expressa o racismo estrutural no futebol brasileiro, enquanto uma prática de distinção social, e os muitos mecanismos de exclusão criados para afastar pessoas e grupos considerados indesejáveis, com a intenção de segregar também racialmente. 

Este curso é o primeiro, uma introdução, de um ciclo de cursos que abordará personagens, eventos e períodos do longo processo de construção de uma estrutura racista e elitista do futebol brasileiro antes e depois de seu advento no Brasil. A proposta deste e dos próximos cursos é colocar em debate como questão racial é uma variável que explica a relação entre futebol e sociedade no Brasil, bem como para entender as várias formas de desigualdade, preconceito e discriminação ainda observadas dentro e fora do futebol em pleno século XXI.

Docentes

Marcelo Carvalho, Roberta Pereira da Silva, Marina de Mattos Dantas, Marcel Diego Tonini

Programa

Minicurso com 3 aulas de 2h (carga horária: 6 horas)

Aula 1 – 10/07/21 (10h às 12h)
Negros e racismo no futebol profissional praticado por homens no Brasil
Professor: Marcel Tonini

A primeira aula trará um histórico dos negros no futebol profissional praticado por homens no Brasil e, em sequência, abordará outros agentes desse universo (treinadores, árbitros, dirigentes e jornalistas), a fim de mostrar como ele se estrutura e estipula papéis e limites aos negros no futebol.

Aula 2 – 17/07/21 (10h às 12h)
Observatório da Discriminação Racial no Futebol: um mapa para pensar o racismo e o antirracismo
Professor: Marcelo Carvalho

A terceira aula trará reflexões e discussões a partir das pesquisas e levantamentos, realizados pelo Observatório da Discriminação Racial no Futebol, de casos e episódios recentes de racismo no futebol brasileiro.

Aula 3 – 24/07/21 (10h às 12h)
Categorias de base e relações étnico-raciais
Professoras: Roberta Pereira da Silva e Marina de Mattos Dantas

A segunda aula abordará as contribuições do serviço social e da psicologia para compreender e combater o racismo, tomando como ponto central as relações étnico-raciais que produzem subjetividade e estão na base de como se educa, produz-se e forma-se modos de vida marcados pela (re)produção do racismo e da violência de gênero no futebol jogado por homens.

Informações gerais

Inscrições: até 08 de julho de 2021
Início: 10 de julho de 2021
Duração: 3 aulas (10/07, 17/07, 24/07)
Dias: Sábados
Horário: 10h

Público Alvo: Graduandos(as) e pós-graduandos(as) das áreas de Ciências Sociais, História, Psicologia, Serviço Social, Geografia, Comunicação, Educação Física e de outras áreas.; jornalistas esportivos; docentes da Rede Básica de Educação (pública e privada); estudantes de Ensino Médio; interessados(as) por esporte no geral.

Investimento: R$ 120,00 (integral) e R$ 60,00 (para estudantes, docentes da rede básica, pessoas vinculadas a coletivos antirracistas, negros, negras, indígenas e quilombolas).

Formato: aulas transmitidas ao vivo (plataforma Google Meet)

Entrega de Certificado Ludopédio.

Email para contato: [email protected] 

Faça já sua inscrição:

Para pagamento, acesse a página do Ludopédio Educa 

Formulário de inscrição: clique aqui

 

Valores

Valor integral: R$120,00
– Para profissionais e pesquisadores(as) de diversas áreas (Humanidades, Comunicação, Educação Física), e demais interessados(as).

Valor reduzido (50%): R$60,00
– Pessoas vinculadas a coletivos antirracistas
– Participantes autodeclarados negros, negras, indígenas e quilombolas.
– Para estudantes de Ensino Médio, Graduação e Pós-graduação  e docentes da Rede de Educação Básica (privada e pública)
No momento da inscrição, anexar comprovante (carteirinha, registro) de estudante ou docente. 

Política de cancelamento

– Se o cancelamento ocorrer até 5 dias antes da data de início do curso, o Ludopédio restitui o valor integral da inscrição.
– Se o cancelamento ocorrer menos de 5 dias antes da data de início do curso, o Ludopédio restitui 50% do valor da inscrição.
– Se o cancelamento ocorrer na data de início do curso ou depois, não há restituição.

Outras informações

– Curso online em tempo real na plataforma Google Meet. O link de acesso será enviado no dia anterior à aula e a sala abrirá com 10 minutos de antecedência.
– O programa completo, as referências bibliográficas e o material complementar serão enviados por e-mail para inscritas(os) confirmadas(os) e compartilhados por meio do Google Drive. 
– Cada estudante receberá do Ludopédio o Certificado do curso.
– Não serão aceitas falas e posturas de intolerância racial, sexual e de gênero. 

Ministrantes:

Marcelo Medeiros Carvalho
Idealizador e Diretor executivo do Observatório da Discriminação Racial no Futebol. MBA em Gestão Empresarial pela Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul – FADERGS (2015), graduado em Administração de Empresas também pela FADERGS (2015). Curso de Extensão em Gestão Esportiva pela Universidade de Santa Cruz do Sul – UNISC. Estudioso da questão étnico racial, com formação no curso “Cidadania e Reconstrução da Identidade Étnico-Racial”, da Universidade Livre, uma realização do Centro Ecumênico da Cultura Negra (CECUNE). Publicou textos sobre o racismo no futebol em diversos jornais, revistas e sites nacionais e internacionais.

Roberta Pereira da Silva
Mestre em Serviço Social pelo Programa de Pós Graduação em Serviço Social – PUC SP. Graduação em SERVIÇO SOCIAL pela Universidade Cruzeiro do Sul (2002), pesquisa com ênfase no futebol de várzea e o racismo no futebol. Atuou na atenção e defesa de crianças e adolescentes em conflito com a lei e em situação de risco, no Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente – CEDECA SAPOPEMBA. Implementação e coordenação do CREAS Ferraz de Vasconcelos. Coordenação de Projetos de Prevenção às DST/HIV/AIDS voltados ás crianças e adolescentes e homens que fazem sexo com homens no CTA Cidade Tiradentes e no SAE Cidade Líder. Assistente Social do Instituto Nacional do Seguro Social. Membro da equipe de formação do Observatório da Discriminação Racial no Futebol.

Marina de Mattos Dantas
Psicóloga (CRP 04/28.914). Doutora em Ciências Sociais pela PUC-SP (com estágio pós-doutoral em Estudos do Lazer na UFMG) e mestre em Psicologia Social pela UERJ. Professora substituta no Departamento de Fundamentos da Educação na Universidade Federal do Piauí e no Instituto de Educação Continuada da PUC Minas. Pesquisadora no Grupo de Estudos sobre Futebol e Torcidas (GEFuT/UFMG) e no Grupo de Estudos e Pesquisas em Psicologia Social do Esporte (GEPSE/UFMG). Produtora  no Programa Óbvio Ululante na Rádio UFMG Educativa.

Marcel Diego Tonini
Graduado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP – Campus de Araraquara), é mestre e doutor em História Social pela Universidade de São Paulo. Integra o Núcleo de Estudos em História Oral (NEHO-USP) e o Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas sobre Futebol e Modalidades Lúdicas (LUDENS-USP). É membro do site Ludopédio (www.ludopedio.com.br).

Marcel Diego Tonini

É doutor (2016) e mestre (2010) em História Social pela Universidade de São Paulo, sendo também bacharel (2006) e licenciado (2005) em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP - Campus de Araraquara). Integra o Núcleo de Estudos em História Oral (NEHO-USP) e o Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas sobre Futebol e Modalidades Lúdicas (LUDENS-USP). Tem experiência nas áreas de Ciências Sociais e História, com ênfase em Sociologia do Esporte, Relações Étnico-raciais, História Oral e História Sociocultural do Futebol, trabalhando principalmente com os seguintes temas: futebol, racismo, xenofobia, migração, memória e identidade.

Marina de Mattos Dantas

Psicóloga (CRP 04/28.914). Doutora em Ciências Sociais pela PUC-SP (com estágio pós-doutoral em Estudos do Lazer na UFMG) e mestre em Psicologia Social pela UERJ. Professora substituta no Departamento de Fundamentos da Educação na Universidade Federal do Piauí e no Instituto de Educação Continuada da PUC Minas. Pesquisadora no Grupo da Estudos sobre Futebol e Torcidas (GEFuT/UFMG) e no Grupo de Estudos e Pesquisas em Psicologia Social do Esporte (GEPSE/UFMG). Produtora  no Programa Óbvio Ululante na Rádio UFMG Educativa.

Roberta Pereira da Silva

Pesquisadora sobre futebol de várzea e racismo no futebol. Doutoranda pela PUC SP Santista e metida a poeta nas horas vagas.
Veja também:
  • 29 de outubro de 2021

    Esporte e Gênero: uma introdução

    Wagner Xavier de Camargo
  • 30 de setembro de 2021

    Ludopédio Educa – Futebol de mulheres: políticas esportivas e práticas de gestão

    Ana Lorena Marche, Camila Galimberti Gozzi, Júlia Barreira
  • 25 de agosto de 2021

    Ludopédio Educa – Clássicos vs Clássicos: revisitando estudos sobre esportes

    Luiz Henrique de Toledo