Relações entre esporte e colonialismo nos séculos XX e XXI

Data início: 20/04/2024Data de encerramento: 11/05/2024Horário de início: 09:00Horário de encerramento: 12:00Local: PUC/SPData limite inscrição: 20/04/2024

Curso de Extensão – PUC/SP
Formato: online/síncrone
Horário: sábados, das 9h às 12h
Dias: 20/04, 27/04, 04/05 e 11/05/2024

Apresentação
O curso tem como principal objetivo relacionar o esporte com formas de colonialismo praticadas, principalmente pela Europa, nos séculos XX e XXI. Extremamente popular e tido como um fenômeno sociocultural do mundo moderno, o esporte também foi uma importante área de atuação para o colonialismo, método de dominação de uma nação a base da força. Exemplos desta relação podem ser vistos através de diferentes figuras da estrutura esportiva, como federações, governos, dirigentes, atletas e eventos internacionais, como a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos. O curso focará tanto no século XX, período em que começa a ruir o colonialismo, quanto no século XXI através das novas formas de colonização, também conhecidas como neocolonialismo.

Objetivos
Discutir e analisar os efeitos e ações coloniais na sociedade através da ótica do esporte; compreender o esporte como campo de estudo para questões históricas, políticas e sociais; relacionar o esporte com momentos históricos do mundo moderno; incentivar novos estudos interdisciplinares que dialogam com o tema do curso.

Público-alvo
Profissionais e estudantes das áreas das Ciências Humanas, Ciências Sociais, História, Sociologia, Comunicação, Relações Internacionais, Estudos do Esporte, Direito, além de que pessoas que queiram conhecer o assunto e os temas pesquisados.

Diferenciais
Este curso tem como diferencial estudar o colonialismo através da perspectiva do esporte. Elemento bastante presente na sociedade moderna, o esporte também foi um campo que sofreu e sentiu os efeitos do colonialismo ocidental durante o século XX e XXI, tanto em sua estrutura política e administrativa, quanto através de seus personagens e eventos internacionais. Desta forma se oferece uma oportunidade de análise diferenciada sobre esses períodos históricos e sociais.

Estrutura Didática
Aula 1: Introdução e colonialismo. Inicialmente na primeira aula será feita uma introdução e apresentação do tema de estudo deste curso de extensão. Em seguida a aula terá como objetivo discutir a questão e conceito do colonialismo, detalhando suas características políticas e históricas, os exemplos e modelos de colonialismo praticados e os impactos que ele causou nas populações onde foi implantado. A aula buscará ainda trazer exemplos das ações coloniais impostas no decorrer do século XX pelas potências ocidentais, principalmente na África e Ásia e mostrar como ele foi praticado em vários campos, dando um gancho para a próxima aula que abordará o esporte.

Aula 2: Esporte. Esta aula terá como objetivo estudar e analisar o campo do esporte, fenômeno sociocultural e parte da cultura de massas desde o século XX. Será explicado aqui o processo de popularização das práticas esportivas, o surgimento das entidades esportivas que ajudaram a fortalecer identidades nacionais, os impactos da globalização no esporte e o procedimento de espetacularização das modalidades na sociedade moderna. A aula também vai relacionar o campo do esporte com as áreas de estudo da sociologia e relações internacionais.

Aula 3: Relações entre esporte e colonialismo no século XX. Esta aula terá como objetivo relacionar os dois elementos principais do curso, o colonialismo e o esporte. A aula mostrará como ambos sempre caminharam próximos no decorrer do século XX. Grandes eventos internacionais como a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos foram algumas das vitrines para a ideologia colonial pode se exibir ao mundo. Dirigentes e entidades esportivas reforçaram comportamentos de opressão dentro do ambiente esportivos e exemplos de histórias de lutas anticoloniais por parte de atletas também serão trazidas aos alunos.

Aula 4: O neocolonialismo, o esporte no século XXI e encerramento. Após o fim dos impérios e das ocupações territoriais, os antigos algozes continuaram reproduzindo ações opressivas através do chamado neocolonialismo. Essa prática imposta pelas potências econômicas segue ocorrendo no século XXI em diferentes campos, como no caso do esporte. Seja nas controversas relações entre entidades esportivas e governos ou no mercado de transferência de jogadores de futebol do sul global para a Europa, por exemplo. Algumas histórias sobre esses gatos serão trazidas aos alunos e haverá um encerramento para sanar as últimas questões.

Valores
Valor da parcela para matrículas até 22/12/2023: Matrícula de R$ 216,67 + 2 mensalidades de R$ 216,67 (Abril a Maio)

Com o desconto de 25% até 22/12/2023: Matrícula de R$ 162,50 + 2 mensalidades de R$ 162,50 (Abril a Maio)

Com o desconto de 20% até 22/12/2023: Matrícula de R$ 173,33 + 2 mensalidades de R$ 173,33 (Abril a Maio)

Link para inscrição: https://www.pucsp.br/pos-graduacao/especializacao-e-mba/relacoes-entre-esporte-e-colonialismo-nos-seculos-xx-e-xxi

Professor Responsável
Prof. Me. Guilherme Silva Pires de Freitas: Doutorando em Mudança Social e Participação Política e Mestre em Estudos Culturais ambos pela Escolas de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH/USP), especialista em Globalização e Cultura pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESP-SP) e bacharel em comunicação social/jornalismo pelo Centro Universitário FIAMFAAM.

Veja também:
    • 21 de fevereiro de 2024

      34ª Reunião de Antropologia – GTs sobre Esporte

      • 19 de fevereiro de 2024

        Lançamento do livro: “O jogo das ruas: movimento de atletas contra o racismo”

        • 19 de fevereiro de 2024

          V DIÁLOGOS URBANOS – Megaeventos como estratégia para o desenvolvimento urbano