Biblioteca

Seja um dos 14 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
ISSN 2526-4494
Dossiê Futebóis e modernismos: 100 anos da Semana de 22

Capital futebolístico e memória: o futebol amador na trajetória social do jogador ‘Russo’ em Ponta Grossa/PR

Periódico / Revista

FuLiA / UFMG

Número

n. 3

Ano

2022

Volume

v. 7

Tema

Dossiê Futebóis e modernismos: 100 anos da Semana de 22

Páginas

p. 147-167

Arquivos

Resumo

O objetivo do estudo foi analisar a influência do capital futebolístico na trajetória do Russo para além dos campos onde eram disputados os campeonatos amadores de futebol de Ponta Grossa. Para efetivar tal ação, foi necessário acessar as memórias deste agente, assim recorreu-se a história oral, que tem como principal alicerce a narrativa e busca aprofundar os conhecimentos sobre acontecimentos e conjunturas do passado através das experiências e versões particulares. No decorrer de sua trajetória, Russo vivenciou a prática do futebol em diferentes interfases, entretanto foi no campo futebolístico amador de Ponta Grossa que ele acumulou o capital simbólico necessário para ocupar uma posição de destaque. Deste modo, em longo prazo, Russo foi instituído como um veterano do campo, reconhecimento fundamentalmente simbólico, mas por vezes objetivado, através de homenagens, como a que abre o estudo, denominada honra ao mérito futebolístico amador.

Palavras-chave:Futebol amador, História oral, Campo, Herança cultural

Abstract

The objective of the study was to analyze how the relational dimension between the amateur football field in Ponta Grossa and society made it possible to convert the football capital of the player known as Russo into other types of capital. To carry out such an action, resorting to an oral history, which seeks to deepen knowledge about events and conjunctures of the past through experiences and particular versions. In the course of his Russian trajectory, he experienced football in different stages, however it was the amateur football that he accumulated the symbolic capital necessary to occupy a prominent position, that of a veteran. In the long term, football football so that it converts this capital into other social fields. The recognition of this specific capital, the recognition of recognition as what footballopens amateur, the recognition of merit to be seen as an athlete indicator of recognition in this field.

KEYWORDS: Amateur Football; Oral History; Field; Cultural Heritage.

Referência

FREITAS JUNIOR, Miguel Archanjo de; OLIVEIRA, Edilson de. Capital futebolístico e memória: o futebol amador na trajetória social do jogador ‘Russo’ em Ponta Grossa/PR. FuLiA / UFMG. Belo Horizonte, v. 7, n. 3, p. 147-167, 2022.