Biblioteca

Seja um dos 26 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Dissertação

‘Cego é aquele que só vê a bola’

o futebol em São Paulo e a formação das principais equipes paulistanas: S. C. Corinthians Paulista, S. E. Palmeiras e São Paulo F. C. (1894-1942)
Ano

2010

Faculdade/Universidade

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo

Orientador(a)

Raquel Glezer

Tema

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em História

Páginas

227

Arquivos

Resumo

Nos últimos anos, os estudos sobre a prática do futebol no Brasil se avolumaram em diversas áreas do saber. Compreendido como um fenômeno de largo alcance social, o futebol que antes era desprezado pela intelectualidade, tornou-se espaço privilegiado para a compreensão de diversos fenômenos sociais correlatos. Não obstante ao desenvolvimento dessas pesquisas, diversas fontes documentais produzidas pelo universo futebolístico ao longo do século XX, ainda não tinham sido analisadas com rigor sistemático. Assim, esse trabalho ao se inserir em um contexto de renovação historiográfica denominada Nova História Cultural, busca compreender algumas facetas da sociedade paulistana que estiveram presentes em seus principais campos, equipes e estádios de futebol no período estudado (1894-1942). A formação de um circuito de praticantes e simpatizantes, a intervenção do poder público, a construção de campos e estádios, o surgimento dos três principais clubes de futebol da cidade, as disputas pelo controle das rendas geradas pelo espetáculo e sua profissionalização, mostraram-se como excelentes fontes documentais para a compreensão da complexidade do processo de modernização ocorrido em São Paulo e suas consequências para seus habitantes, no período abarcado pela pesquisa.

Palavras chaves: Cidade de São Paulo, identidade, futebol, invenção das tradições e cultura popular.

Abstract

In recent years, many studies on the practice of football in Brazil have been carried out in different areas of knowledge. Understood as a broad-ranging social phenomenon, football – which was once despised by intellectuals and academia – has become a privileged source for the study of many interconnected social phenomena. Despite the development of said studies, many documentary sources produced in the world of football throughout the twentieth century still have not been systematically assessed. Hence, because this study is part of context of historiographical renewal referred to as New Cultural History, its objective is to further understand certain aspects of the São Paulo society present in the main football fields, teams and stadiums with respect to the period subject matter hereof (1894 – 1942). The establishment of a group of practitioners and supporters, together with government intervention, the construction of fields and stadiums, the emergence of three major football clubs in the city, disputes over control of revenues generated by the sport itself and its gradual pathway towards becoming increasingly professional reveal to be excellent documentary sources for better understanding the complexity of the modernization process that took pplace in São Paulo and the consequences thereof for its citizens during the period covered in this study.

Key words: City of São Paulo, identity, football, invention of traditions and popular culture.

Sumário

Introdução, 7

Parte I. Os donos da história do futebol em São Paulo, 11
1. Entre os campos, praças desportivas e estádios. Alguns dos espaços utilizados para o futebol na cidade de São Paulo, 12
1.1 A formação dos múltiplos espaços dedicados ao futebol na cidade de São Paulo e a atuação do poder público, 12
1.2 Improviso, colaboração e segregação. As relações entre futebol de várzea e o futebol oficial, 33
2. Polissemia. O futebol e seus múltiplos significados na sociedade paulistana, 47
2.1 Além do elitismo das primeiras ligas, 47
2.2 O papel dos negros e descendentes de imigrantes no processo de ressignificação do futebol paulistano, 66
2.3 Profissionalização e ritualização do futebol em São Paulo, 83

Parte II. Formou-se o eixo do futebol paulistano, 92
3. São Paulo Futebol Clube. O time herdeiro do futebol elitista do início do século XX? 93
3.1 O desaparecimento dos clubes de elite dos campeonatos de futebol e o imaginário Tricolor, 93
3.2 São Paulo da Floresta e São Paulo Futebol Clube. A mesma equipe ou equipes diferentes? 107
3.3 A década de ouro do Pacaembu e a formação do trio de ferro, 118
4. Sociedade Esportiva Palmeiras. O time unificador da colônia italiana em São Paulo? 128
4.1 As relações do Palestra Itália com outras equipes da comunidade italiana de São Paulo, 128
4.2 As relações com a família Matarazzo e outros industriais italianos, 145
4.3 Da Sociedade Esportiva Palestra Itália à Sociedade Esportiva Palmeiras, 157
5. Sport Club Corinthians Paulista. O único time das massas? 169
5.1 A abertura do Corinthians à comunidade negra de São Paulo, 169
5.2 O time que popularizou o futebol? 180
5.3 Mais do que a caminho da zona leste, às margens do rio Tietê, 194

Considerações finais, 206

Fontes, 213

Bibliografia, 216

Referência

STREAPCO, João Paulo. ‘Cego é aquele que só vê a bola’: o futebol em São Paulo e a formação das principais equipes paulistanas: S. C. Corinthians Paulista, S. E. Palmeiras e São Paulo F. C. (1894-1942). 2010. 227 f. Dissertação (Mestrado em História) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.
Cadastre-se para receber novidades