Biblioteca

Seja um dos 27 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Dissertação

Eficiência econômica em clubes de futebol

Um estudo com base na análise envoltória de dados
Ano

2017

Faculdade/Universidade

Unidade Acadêmica de Pesquisa e Pós-graduação, Universidade do Vale do Rio dos Sinos

Tema

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Ciências Contábeis

Páginas

71

Arquivos

Resumo

Nos últimos anos o futebol tem se fortalecido como uma relevante atividade econômica no Brasil. Porém, mesmo movimentando um grande montante de recursos os clubes muitas vezes não são economicamente eficientes nesse processo. A aprovação da Lei 13.155/2015, também chamada de lei do PROFUT, reforça a importância de que os clubes utilizem de forma eficiente seus recursos, exigindo tais práticas em contrapartida do parcelamento de dívidas federais. Assim, esta pesquisa analisa a eficiência econômica relativa em clubes brasileiros de futebol. Trata-se de uma pesquisa descritiva, com abordagem quantitativa. Os dados analisados pertencem aos anos de 2011 a 2015. Aplicando-se a metodologia da Análise Envoltória de Dados determinou-se a eficiência econômica relativa dos 26 clubes brasileiros de futebol que compõem a população. Na análise de eficiência econômica relativa comparando os clubes ano a ano, nove clubes atingiram o escore de 100% no ano de 2011, nove em 2012, 13 em 2013, 15 em 2014 e 12 em 2015. Analisando-se a eficiência econômica relativa dos clubes em todo o período, apenas 13 DMU’s foram consideradas economicamente eficientes. Em ambas as análises as variáveis que mais contribuíram para a obtenção dos escores foram receita operacional líquida, custos operacionais e ativo total (-) ativo imobilizado. Entre as melhorias necessárias destacam-se os aumentos da margem de lucro e do resultado financeiro líquido. Por meio dos resultados encontrados, destaca-se também a dificuldade de os clubes de futebol possuírem recursos estrategicamente relevantes como fonte de vantagem competitiva sustentável, indo de encontro a alguns estudos sobre o tema, assim como a ausência de evidências para afirmar que existe relação estatisticamente significante entre desempenho esportivo e eficiência econômica.

Palavras-chave: Eficiência Econômica. Análise Envoltória de Dados. Clubes de Futebol.

Abstract

In recent years football has strengthened as a relevant economic activity in Brazil. However, even with a large amount of resources, clubs are often not economically efficient in this process. The approval of Law 13.155/2015, also called the PROFUT law, reinforces the importance of clubs using their resources efficiently, requiring such practices in exchange for federal debt payments. Thus, this research analyzes the relative economic efficiency in Brazilian soccer clubs. It is a descriptive research, with a quantitative approach. The data analyzed belong to the years 2011 to 2015. Applying the Data Envelopment Analysis methodology, the relative economic efficiency of the 26 Brazilian soccer clubs that compose the population was determined. In the analysis of relative economic efficiency comparing clubs year by year, nine clubs reached the 100% score in 2011, nine in 2012, 13 in 2013, 15 in 2014 and 12 in 2015. Analyzing the relative economic efficiency of the clubs throughout the period, only 13 DMUs were considered economically efficient. In both analyzes, the variables that contributed the most to the scores were net operating revenue, operating costs and total assets(-) property, plant and equipment. Among the necessary improvements are the increases in the profit margin and the net financial result. Through the results found, it is also important to note that soccer clubs does not have a source of sustainable competitive advantage, as well as the lack of evidence to affirm that there is a statistically significant relationship between sports performance and economic efficiency.

Keywords: Economic Efficiency. Data Envelopment Analysis. Football Clubs.

Sumário

1 INTRODUÇÃO, 14
1.1 DEFINIÇÃO DO TEMA E PROBLEMA, 14
1.2 OBJETIVOS, 16
1.2.1 Objetivo Geral, 17
1.2.2 Objetivos Específicos, 17
1.3 JUSTIFICATIVA, 17
1.4 DELIMITAÇÕES DO TRABALHO, 18
1.5 ESTRUTURA DO TRABALHO, 19

2 REVISÃO DE LITERATURA, 20
2.1 VANTAGEM BASEADA EM RECURSOS, 20
2.2 O FUTEBOL NO BRASIL, 21
2.3 A EFICIÊNCIA NO FUTEBOL, 23
2.4 ESTUDOS RELACIONADOS, 27

3 METODOLOGIA, 30
3.1 DELINEAMENTO DA PESQUISA, 30
3.2 ANÁLISE ENVOLTÓRIA DE DADOS (DEA), 30
3.3 POPULAÇÃO, 31
3.4 DEFINIÇÃO DAS VARIÁVEIS, 32
3.5 COLETA E TRATAMENTO DOS DADOS, 33
3.6 CORRELAÇÃO ENTRE AS VARIÁVEIS, 34
3.7 APLICAÇÃO DO MÉTODO E PROCESSAMENTO DOS DADOS, 35
3.8 LIMITAÇÕES DA PESQUISA, 37

4 RESULTADOS E DISCUSSÃO, 38
4.1 CARACTERIZAÇÃO DA POPULAÇÃO, 38
4.2 ESCORES DE EFICIÊNCIA , 39
4.2.1 Análise Ano a Ano, 39
4.2.2 Análise Conjunta (2011-2015), 42
4.3 BENCHMARKS E MELHORIAS, 47
4.4 ANÁLISE DA RELAÇÃO ENTRE EFICIÊNCIA ECONÔMICA E DESEMPENHO ESPORTIVO, 51

5 CONSIDERAÇÕES FINAIS, 56

REFERÊNCIAS, 59
APÊNDICE A – CONTRIBUIÇÃO DAS VARIÁVEIS NA ANÁLISE ANO A ANO, 64
APÊNDICE B – CONTRIBUIÇÃO DAS VARIÁVEIS NA ANÁLISE CONJUNTA, 68

Referência

BENIN, Maicon Manoel. Eficiência econômica em clubes de futebol: Um estudo com base na análise envoltória de dados. 2017. 71 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) - Unidade Acadêmica de Pesquisa e Pós-graduação, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2017.
Cadastre-se para receber novidades