Biblioteca

Seja um dos 13 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
ISSN 2526-4494

Elas, as boas de bola futebol: no sertão norte-mineiro entre a prática e a resistência

Periódico / Revista

FuLiA / UFMG

Número

n. 3

Ano

2023

Volume

v. 8

Páginas

p. 132-154

Arquivos

Resumo

O futebol de campo feminino, em Montes Claros, cidade localizada na região norte de Minas Gerais, emerge, de uma forma oficial, por volta do ano de 1973, com esforços dos dois times da cidade, Cassimiro e Ateneu, que se dispuseram a criar plantéis de atletas. No Brasil, a deliberação nº 7, de 1965, do Conselho Nacional de Desportos (CND), proibia a prática de futebol de campo e de salão para as mulheres, reservando-os como práticas esportivas masculinas. Assim, o presente trabalho utilizou a narrativa de uma ex-atleta e as reportagens publicadas no Jornal de Montes Claros, no início da década de 1980, para entender os discursos que permeavam a prática do futebol de campo feminino. Inferimos que o futebol feminino foi abarcado pela população montes-clarense. No entanto, havia a permanência dos sistemas coercitivos e do discurso de fragilidade feminina para a manutenção do espaço esportivo como masculino; em contrapartida, a prática do futebol também era espaço de transgressão feminina.

PALAVRAS-CHAVES: Futebol; Gênero; Análise de Discurso; História Regional.

Abstract

Women’s field footballin Montes Claros, a city located in the northern region of Minas Gerais, emerged, in an official way, around the year 1973, with the efforts of the two city teams, Cassimiro and Ateneu, which were willing to create squads of athletes. In Brazil, deliberation no. 7, from 1965, of the National Sports Council (CND), prohibited the practice of field and indoor footballfor women, reserving them as male sports practices. Thus, the present work used the narrative of a former athlete and the reports published in Jornal de Montes Claros, in the early 1980s, to understand the discourses that permeate the practice of women’s field football. We infer that women’s footballwas embraced by the Montes Claros population. However, there was the permanence of coercive systems and the discourse of feminine fragility for the maintenance of the sportive space as masculine; on the other hand, the practice of footballwas also a space of feminine transgression.

KEYWORDS:Football; Gender; Discourse Analysis; Regional History. 

Referência

FREITAS, Andréia Luciana Ribeiro de; FREITAS, Alex Sander; PEREIRA, Ester Liberato. Elas, as boas de bola futebol: no sertão norte-mineiro entre a prática e a resistência. FuLiA / UFMG. Belo Horizonte, v. 8, n. 3, p. 132-154, 2023.
Ludopédio

Acompanhe nossa tabela do Campeonato Brasileiro - Série A