Biblioteca

Seja um dos 13 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Dissertação

Futebol e identidade nacional no Uruguai (2010-2013)

ressurgimento, consolidação e rupturas
Ano

2015

Faculdade/Universidade

Departamento de Ciências Humanas, Universidade Federal do Paraná

Tema

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Sociologia

Páginas

152

Arquivos

Resumo

Ao longo das últimas décadas do Século XX, o futebol tem se tornado um fenômeno cultural global que transcende o aspecto esportivo, ligando-se com outras áreas da vida social, mobilizando interesses econômicos, políticos e midiáticos, bem como despertando o interesse acadêmico no seu estudo. Uma das questões mais abordadas academicamente diz respeito à importância simbólica do futebol para promover e reforçar sentimentos de pertença e de união entre os membros de uma nação. Nesta perspectiva, a dissertação analisa o caso do Uruguai, onde o futebol tem historicamente se estabelecido como um elemento central para expressar a identidade nacional. O objetivo geral da dissertação é, portanto, analisar as possibilidades de expressão e reprodução da identidade nacional uruguaia, através da contribuição específica dos elementos mobilizados pela imprensa esportiva uruguaia e pelos organismos reguladores (FIFA e CONMEBOL), sobre o desempenho da seleção uruguaia de futebol entre os anos de 2010 e 2013. Para tal, os objetivos específicos concentraram-se em: a) contextualizar historicamente a importância do futebol na expressão e reprodução das autoimagens identitárias uruguaias; b) descrever os discursos transmitidos pela imprensa esportiva uruguaia e os organismos reguladores sobre o desempenho da seleção uruguaia no período 2010-2013, apontando as possíveis continuidades e rupturas em relação às representações coletivas tradicionais; e c) identificar os processos de construção discursiva de heróis esportivos neste período. Para atingir estes objetivos, desenvolveu-se um quadro teórico baseado em três conceitos chaves: Identidade Nacional, Representações Coletivas e Construção midiática de heróis esportivos. Adotou-se uma metodologia de corte qualitativo, tendo como principal técnica de pesquisa empregada a análise de conteúdo e tomando como fontes as matérias da imprensa nacional e os organismos reguladores dentro do período de estudo. A dissertação identifica nos discursos internos e externos do período analisado, instâncias de ressurgimento, consolidação e rupturas nas quais se mobilizam aspetos identitários. Também foi possível perceber os mecanismos de construção dos heróis esportivos e as instâncias de vilanização desses heróis. Conclui-se apontando quais são e como foram atualizadas as representações coletivas tradicionais, quais delas perderam centralidade e quais elementos identitários aparecem como inéditos na autoimagem nacional, sendo específicos do período de estudo.

Abstract

Over the past decades of the twentieth century, football has become a global cultural phenomenon that transcends its sportive characteristics, connecting with other areas of social life, mobilizing economic, political and media interest, as well as raising academic approaches. In this regard, one of the most discussed aspects concerns the symbolic importance of football to promote and reinforce feelings of belonging and unity among the members of a nation. Within this view, the dissertation analyzes the case of Uruguay. Being a country where football has historically been established as a central element for expressing national identity. The general objective of the dissertation is to analyze the possibilities of expression and reproduction of Uruguayan national identity through the specific contribution of the elements mobilized by Uruguayan sports press and governing bodies (FIFA and CONMEBOL) on the performance of the Uruguayan national football team between the years 2010- 2013, being specific objectives a) historically situate the importance of football for the expression and reproduction of Uruguayan identity. b) Describe the discourses passed by Uruguayan sports press and governing bodies on the performance of the Uruguayan national team between 2010-2013, pointing out possible lines of continuities and ruptures with traditional collective representations and c) Identify the discursive construction processes of sports heroes during this period. To achieve these objectives it is developed a theoretical framework based on three key concepts: National Identity, Collective Representations and media construction of sports heroes, while it is adopted a qualitative methodology being content analysis the main technique used and taking as data sources the pieces of news from national press and governing bodies within the period of study. The dissertation identifies within internal and external discourses instances of resurgence, consolidation and ruptures in which identity aspects are mobilized, identifying also the mechanisms of discursive construction of sports heroes and instances of vilification of these heroes. The work concludes pointing out which and how traditional collective representations have been updated, which have been abandoned and which specific identity elements appear as novelties in the national self-image for the period studied.

Sumário

1 INTRODUÇÃO, 9

2 FUTEBOL E IDENTIDADE NACIONAL: PERSPECTIVAS TEÓRICAS, 24
2.1 IDENTIDADE NACIONAL, 24
2.2 REPRESENTAÇÕES COLETIVAS, 43
2.3 OS HERÓIS ESPORTIVOS ATRAVÉS DA MÍDIA, 49

3 TRAÇOS CULTURAIS E INSTITUCIONAIS DO URUGUAI: UMA CONTEXTUALIZAÇÃO , 61
3.1 HISTÓRIA DO FUTEBOL NO URUGUAI, 71
3.1.1 Primeiros anos de sucesso: a “Viveza Criolla”, 72
3.1.2 O Maracanaço, a “Garra Charrúa” e Obdulio, 76
3.1.3 O ostracismo e a fama de “time catimbado”, 83

4 RESSURGIMENTO: CONSOLIDAÇÃO E RUPTURAS, 87
4.1 RESSURGIMENTO: COPA DO MUNDO ÁFRICA DO SUL, 2010, 88
4.2 CONSOLIDAÇÃO: COPA AMÉRICA ARGENTINA 2011, 99
4.3 RUPTURAS: ELIMINATÓRIAS COPA DO MUNDO BRASIL 2014, 109
4.4 OS “HERÓIS” CELESTES, 118
4.4.1 Diego Forlán: Modelo de comportamento, 119
4.4.2 Diego Lugano: A liderança herdada, 123
4.4.3 Luis Suárez: A superação das provas, 129
4.4.4 Oscar Tabárez: O equilíbrio do “maestro”, 135

5 CONSIDERAÇÕES FINAIS, 142

6 REFERÊNCIAS, 146

Referência

MANEIRO, Cristian. Futebol e identidade nacional no Uruguai (2010-2013): ressurgimento, consolidação e rupturas. 2015. 152 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Departamento de Ciências Humanas, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2015.
Ludopédio

Acompanhe nossa tabela do Campeonato Brasileiro - Série A