Biblioteca

Seja um dos 14 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Congresso

O declínio da pátria de chuteiras: futebol e identidade nacional na Copa do Mundo de 2002

Ano

2003

Tema

Congresso

Área de concentração

Coumincação

Nome do congresso

Compós

Edição do Congresso

XII

Cidade

Recife

Entidade Organizadora

Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação

Arquivos

Resumo

O artigo realiza uma análise sobre a narrativa da imprensa na cobertura da seleção brasileira de futebol durante a Copa do Mundo de 2002. O material concentra-se nos suplementos esportivos do Jornal do Brasil durante a Copa do Mundo de 2002 – iniciando-se dois dias antes e terminando dois dias após, totalizando 32 exemplares. Parte-se da hipótese que o epíteto “Brasil: país do futebol”, que possui uma dimensão mais intensa e singular em época de Copa do Mundo, vem declinando e as narrativas jornalísticas em torno da seleção brasileira de futebol já não tratam de forma homogênea o futebol como metonímia da nação. A reflexão sobre o papel da imprensa esportiva como formadora de cultura é fundamental para que possamos observar como os jornais ratificam e constroem mitologias e discursos identitários, apesar da objetividade jornalística que se constitui num dos pilares da profissão.

Referência

HELAL, Ronaldo; SOARES, Antonio Jorge Gonçalves. O declínio da pátria de chuteiras: futebol e identidade nacional na Copa do Mundo de 2002. In: Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação, XII, 2003, Recife. Compós, Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação. Congresso , Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação, 2003.
Cadastre-se para receber novidades