Teatros Verdes

Biblioteca

Seja um dos 20 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Dissertação

Teatros Verdes

Ano

2021

Faculdade/Universidade

Escola de Humanidades, Universidade do Vale do Rio dos Sinos

Tema

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em História

Cidade

São Leopoldo

Páginas

119

Arquivos

Resumo

A presente dissertação analisa, através das imagens das construções dos Estádios Olímpico (1954) e José Pinheiro Borda – Beira Rio (1969), em conjunto com os periódicos Jornal do Dia e Diário de Notícias, como o futebol participou da construção da imagem da cidade. As fotografias aqui utilizadas são as mais expostas por ambos os acervos dos clubes, bem como as matérias dos jornais contribuem para compreender o enredo que conduziu essas obras arquitetônicas. Dessa maneira, abordamos essa temática através do olhar conceitual de John Bale (2003), historiador e geográfo inglês que desenvolveu o termo de paisagem esportiva. Esse conceito procura compreender os espaços que se encontram nos arredores dos estádios e se constituem em peças participantes do próprio momento esportivo. Assim, captamos a cidade de Porto Alegre e suas transformações urbanas nas décadas de 1950 e 1960, período de um crescimento urbano que proporcionaria a imagem que a cidade hoje possui. Entre disputas sociais, moradia urbana e poder político, os estádios de futebol se entrecruzam com as dinâmicas sociais da urbe, construindo um imaginário próprio e mudando para sempre a face da cidade. Se integrando ao traçado da cidade, a paixão pelo futebol motivou duas obras arquitetônicas de grande envergadura, modificando os espaços da urbe, seja na remoção de uma vila no caso do Grêmio ou na alteração de uma paisagem ambiental, como no caso do Internacional. Assim, a cidade e seu imaginário se relacionam com o advento dos estádios e provocam um olhar sobre a cidade do futebol e seus teatros verdes.

Palavras-chave: Cidade, Estádios de futebol, História do Futebol, História Urbana, Fotografia, Paisagem Esportiva.

Abstract

This dissertation analyzes through the images of the buildings of the Olympic Stadium (1954) and José Pinheiro Borda – Beira Rio Stadium (1969) alongside with the newspapers Jornal do Dia e Diário de Notícias how football participated in this construction of the city’s image. The photographs used here are the most exposed by both collections of the clubs, as well as, the articles in the newspapers contribute to understand the plot that led to these architectural works. We will approach this theme through the conceptual look of John Bale (2003), English historian and geographer who developed the term sports landscape. This concept seeks to understand the spaces that are found around the stadiums and that are pieces that participate in the sporting moment itself. Thus, we can approach the city of Porto Alegre and its urban transformations, in the 1950s and 1960s, a period of urban growth that would provide the image that the city has nowadays. Between social disputes, urban housing and political power, football stadiums intertwine with the urban dynamics of the city, building their own imaginary and forever changing the face of the city. Integrating with the layout of the city, the passion for football motivated two architectural works of great scope, modifying the spaces of the city, either in the removal of a village in the case of Grêmio or in the alteration of an environmental landscape, as in the case of Internacional. Thus, the city and its imagery are related to the advent of stadiums and provoke a look at the city of football and its green theaters.
Keywords: City, Football stadiums, Football history, Urban history, Photography, Sports landscape

Observações

A Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS entende a introdução como o primeiro capítulo, ressalto este quesito por não haver consenso sobre o tema em outras universidades do país.

Referência

SILVA, Fabrício Cardoso da. Teatros Verdes. 2021. 119 f. Dissertação (Mestrado em História) - Escola de Humanidades, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2021.
Cadastre-se para receber novidades