Biblioteca

Seja um dos 10 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
Tese

A economia política do futebol e o “lugar” do Brasil no mercado-mundo da bola

Ano

2018

Faculdade/Universidade

Faculdade de Educação Física, Universidade de Brasília

Tema

Tese

Área de concentração

Doutorado em Educação Física

Páginas

510

Arquivos

Resumo

Este estudo analisa o processo de produção capitalista do Futebol de Espetáculo e o ―lugar do Brasil no mercado-mundo da bola. O trabalho busca contribuir com o entendimento do que é o Futebol de Espetáculo no contexto contemporâneo de transformações econômicas, políticas e culturais do modo de produção capitalista e sobre o papel exercido pelo Brasil na relação centro e periferia do mercado do espetáculo futebolístico e da Força Esportiva. Para tanto, realizou-se revisão de literatura e pesquisa documental. Nesse sentido, as discussões realizadas nos primeiros capítulos apresentam o processo de produção, circulação e consumo do Futebol de Espetáculo e da Força Esportiva, bem como as transformações nos diferentes complexos da vida humana e o processo de estruturação e organização do futebol à sua forma mercantil. Na sequência é exposto as tendências e contratendências da subsunção real do futebol, os aspectos relacionados a microeconomia dos clubes globais, a importância deste fenômeno para as economias do centro e da periferia do capitalismo e o papel exercido pela mídia, pelos grupos econômicos e pelo capital especulativo parasitário, pelos torcedores/clientes e a configuração do mercado internacional de Força Esportiva. Por fim, dedicamos a refletir sobre o desenvolvimento do futebol no Brasil, nas suas diferentes fases, apresentando uma radiografia da situação atual do mercado brasileiro. Registra-se que as análises realizadas nesta investigação demonstram o circuito do valor no processo de constituição do Futebol de Espetáculo e da Força Esportiva, a expansão e subsunção real do futebol, as consequências da mercantilização dos clubes nos países centrais, tendo um cenário de concentração de receitas, Força Esportiva e títulos, bem como de internacionalização dos clubes e de endividamento, déficits e com poucos clubes com superávits, seja no centro ou na periferia. Além disso, demonstra-se que, no cenário de mundialização do Futebol de Espetáculo, o Brasil ocupa um papel secundário de fornecimento de Força Esportiva e de consumo do espetáculo produzido pelos clubes globais das ligas dos países centrais.

Abstract

This study analyzes the capitalist production process of the Football of Show and the “place” of Brazil in the world market of the ball. This work seeks to contribute to the understanding of what spectacle football is in the contemporary context of economic, political and cultural transformations of the capitalist mode of production and the role played by Brazil in the relation between the center and the periphery of the soccer spectacle market and the Sports Force. For that, a review of literature and documentary research was done. In this sense, the discussions carried out in the first chapters present the process of production, circulation and consumption of spectacle soccer and sport, as well as the transformations in the different complexes of human life and the process of structuring and organizing football to its commercial form . Following is the trends and counter-tendencies of the real subsumption of football, aspects related to the microeconomics of global clubs, the importance of this phenomenon to the economies of the center and periphery of capitalism and the role played by the media, economic groups and capital speculative parasite, by the fans / customers and the configuration of the international market of Sports Force. Finally, we dedicated to reflect on the development of football in Brazil, in its different phases, presenting an x-ray of the current situation of the Brazilian market. It is recorded that the analysis carried out in this research demonstrates the value circuit in the process of constitution of the Sports Football and Sports Force, the real expansion and subsumption of football the consequences of the commercialization of the clubs in the central countries, having a scenario of concentration of revenues, sports and titles, as well as internationalization of clubs and debt, deficits and with few clubs with surpluses, either in the center or the periphery. In addition, it is demonstrated that in the scenario of globalization of the Football of Show, Brazil plays a secondary role of supply of Sports Force and consumption of spectacle produced by the global clubs of the leagues of the central countries.

Sumário

Introdução, 18

Capítulo 1: A teoria do valor e o futebol: um negócio espetacular, 30
1.1- Teoria do valor trabalho em Marx, 30
1.1.1- Lucro e a exploração da força de trabalho, 36
1.1.2- Trabalho produtivo e improdutivo, 39
1.1.3- Acumulação, rotação do capital e o exército de reserva, 44
1.1.4- A tendência decrescente da taxa de lucro e as crises do capitalismo, 48
1.2- O ciclo do capital no futebol, 51

Capítulo 2: Capitalismo Tardio e o Futebol de Espetáculo, 68
2.1- As transformações do Modo de Produção Capitalista, 68
2.2- Capitalismo Tardio, 72
2.2.1- Mundo do trabalho: a condição do trabalhador e o crescimento do setor de serviços, 74
2.2.2- A economia do capital fictício e o Futebol de Espetáculo, 82
2.2.3- Estado como agente econômico, 84
2.2.4- A cultura e a reprodução ampliada do capital, 104

Capítulo 3: Aspectos históricos e estruturais do Futebol de Espetáculo, 117
3.1- A gênese do futebol, 117
3.2- Internacionalização do Futebol, 121
3.3- A caminho do Futebol de Espetáculo, 129
3.4- Futebol de Espetáculo: As transformações da FIFA, 133
3.41- Receitas e despesas, 136
3.4.2- Dinheiro e poder: As relações entre FIFA e estados- nação, 143
3.5-As mudanças na base jurídica dos clubes e a constituição de ligas, 147

Capítulo 4: Aspectos econômicos do Futebol de Espetáculo, 160
4.1- Tendências e contratendências da organização dos clubes na era do Futebol de Espetáculo, 160
4.2- A microeconomia do Futebol de Espetáculo, 180
4.3- Aspectos da economia política do futebol de Espetáculo, 192
4.4- Macroeconomia do Futebol de Espetáculo, 202

Capítulo 5: Agentes e fluxos econômicos no Futebol de Espetáculo, 211
5.1- Grupos econômicos no futebol: As disputas para além dos gramados, 212
5.2-As relações entre televisão, sociedade e futebol, 227
5.2.1-Cotas de TV, 234
5.2.2- A importância do futebol para as emissoras de TV, 243
5.3-Pertencimento clubístico: do torcedor organizado ao cliente e Sócio-Torcedor, 248
5.3.1- O sentimento de pertencimento e as Torcidas Organizadas, 256
5.3.2- Arenização e Sócio-Torcedor: A era do torcedor cliente, 265
5.4- Força Esportiva, 282
5.4.1- A produção da Força Esportiva, 288
5.4.2- O fluxo internacional de Força Esportiva, 295

Capítulo 6: Aspectos históricos e legais do Futebol de Espetáculo no Brasil, 308
6.1- ―Via brasileira: Aspectos históricos da modernização do futebol no Brasil, 308
6.1.1- Primeira fase: o ―futebol das elites e ―falso amadorismo, 310
6.1.2- Segunda fase: Profissionalização e tutela estatal, 314
6.1.3- Terceira fase: da tutela a liberalização do futebol brasileiro, 320
6.1.4- Quarta fase: a era do Futebol de Espetáculo no Brasil, 323
6.2- ―Via brasileira: aspectos legais da modernização do futebol, 336

Capítulo 7: A estrutura e o “lugar” do Brasil no mercado-mundo do Futebol de Espetáculo, 345
7.1- CBD, CBF e a organização do futebol brasileiro, 346
7.2- O ―padrão de arrecadação e gastos da CBF, 354
7.3- As federações estaduais de futebol, 373
7.3.1- As finanças dos feudos futebolísticos, 374
7.3.2- Coronéis da bola, 390
7.3.3- As relações entre as entidades administrativas do futebol e o Estado, 405
7.4- Os clubes de futebol do Brasil, 413
7.4.1- Aspectos financeiros dos clubes brasileiros, 422
7.4.2- A gestão dos clubes de futebol do Brasil, 440
7.5- O lugar do Brasil no mercado-mundo da bola, 446
7.6- Centro e Periferia no Futebol de Espetáculo, 459

Considerações Finais, 474
Referências, 484

Referência

MATIAS, Wagner Barbosa. A economia política do futebol e o “lugar” do Brasil no mercado-mundo da bola. 2018. 510 f. Tese (Doutorado em Educação Física) - Faculdade de Educação Física, Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Cadastre-se para receber novidades